Randolfe defende manutenção do Pacto pelo Desenvolvimento do Amapá

Da Agência Senado

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) defendeu nesta quinta-feira (28) a continuidade do Pacto pelo Desenvolvimento pelo Amapá, movimento suprapartidário lançado por ele há dois anos.

O senador amapaense lembrou que seu estado foi um dos mais atingidos pela recessão e atribuiu ao pacto algumas conquistas que têm ajudado a superar a crise, como a criação da Zona Franca Verde de Macapá e Santana.

— Ainda há obstáculos a serem superados, mas já temos duas empresas beneficiadas pelos incentivos da Zona Franca Verde. É ela a alternativa para o desenvolvimento do Amapá através do uso sustentável de suas riquezas.

Entre as medidas para dar continuidade ao pacto pelo desenvolvimento, Randolfe defendeu a transferência de servidores municipais do Amapá para o quadro da União; a pavimentação de trechos da rodovia BR-156; a criação de uma força-tarefa para as obras do porto de Santana; a regularização fundiária; e incentivos ao empreendedorismo. Citou ainda uma emenda de bancada que, segundo ele, garantirá as obras do aeroporto internacional de Macapá.

Randolfe disse não se opor à mineração, mas enfatizou a necessidade de um modelo sustentável, e não predatório, de desenvolvimento. Lembrou o caso da Zamin, empresa que explorava minério de ferro no Amapá e quebrou, deixando dívidas e milhares de desempregados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *