Um pouco sobre Pauxy Nunes, o ex-governador do Amapá que morreu há 42 anos

Pauxy Nunes e sua esposa Maria Emília Andrade Nunes

Há 42 anos morria no Rio de Janeiro o ex-governador do Amapá, Pauxy Gentil Nunes, conhecido como “Caudilho do Norte”.
Homem culto, grande desportista, Pauxy incentivou muito os movimentos culturais, o esporte e escreveu artigos e livros sobre o Amapá. Seu livro mais conhecido é “Mosaicos da Realidade Amapaense”, publicado em 1963. Criou colônias agrícolas e fazendas-modelo no interior.
Governou o Amapá de 14 de fevereiro de 1958 a fevereiro de 1961. Foi em seu governo que as ruas de Macapá receberam asfalto pela primeira vez.

O que pouca gente sabe é que Pauxy foi o grande responsável pela eleição de João Havelange para a presidência da CBD (Confederação Brasileira de Desportos). A eleição ocorreu em Macapá durante congresso nacional das federações de desporto.

Certa vez quando eu adoeci muito o Pauxy e o meu pai estavam brigados. Com a minha doença os dois fizeram as pazes. Mamãe contava que Pauxy gostava muito de mim e quando adoeci ele chegou em casa com uma bandeja de maçãs, uvas e peras (frutas que não existiam em Macapá e que vinham do Rio de Janeiro para o governador).
Quando ele morreu escrevi um artigo e nele dizia que aquele escrito era a homenagem não da jornalista Alcinéa, mas da garotinha que ganhou dele uma bandeja de frutas.
Por causa desse artigo, a família de Pauxy me mandou uma cartinha tão carinhosa, tão cheia de gratidão e ternura, que guardo até hoje.

  • Fico muito feliz, querida amiga Alcinea ler algo do tio Pauxy. Muito obrigada pelas lindas palavras…com sabor de frutas🥰

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.