Padre Paulo – 30 anos de sacerdócio

Padre Paulo, um verdadeiro servo de Deus, completa hoje 30 anos de sacerdócio. Durante todo o dia foi alvo de significativas homenagens de milhares de fiéis e amigos.
Ele foi ordenado padre  pelo bispo Dom Luiz Soares Vieira na Igreja Nossa Senhora da Conceição, no dia 5 de julho de 1991.  
“Lembro a Igreja Nossa Senhora da Conceição totalmente lotada . O povo feliz e em festa. Recordo de meus pais Domingos e Maria, minha irmã Vera e o Mestre Sacaca que entrou todo de branco trazendo uma caixa de Marabaixo”, recorda. Lembrou também dos saudosos padres Jorge Basile, Lino Simonelli, Francisco Usai, Ângelo Consoni, Antônio Cocco, Rogério Alicino, Mario Rossetti, Luiz Carlini, João Gadda, João Sometti que estavam presentes naquele dia tão importante.

Padre Paulo é uma das pessoas mais amorosas e solidárias que conheço. Ele não apenas prega o amor. Ele pratica. É um exemplo de amor ao próximo. E é com esse amor que ele luta pelos negros, pelos pobres, pelos doentes. Além disso, é um grande defensor da cultura amapaense.

Neste dia em que ele completa 30 anos de sacerdócio ele enfatiza que é muito feliz e que nunca deixou nem deixará  de amar os pobres e defender os pecadores.
“Sou um cara muito feliz. Sem a minha família, a minha querida comunidade e os meus amigos, que são aos milhares não seria o que sou. Continuarei firme e até o fim da minha vida quero lutar para deixar esse plano melhor do que cheguei. Amar é o único meio para buscar DEUS”, ressalta.

Obrigada,Padre Paulo, por seus ensinamentos e exemplos. Saiba que para mim é uma bênção viver na mesma época e mesma cidade que o senhor e que a sua amizade é um presente divino.

Padre Paulo: “Ser negro é defender a sua essência”
  • Congratulo-me com o revendo Paulo Matias, por seus 30 Anos de Sacerdócio. Obrigada por existir e praticar o bem ao próximo. Sua jornada é nobre e sua essência é digna de reconhecimento. Agradeço a competente jornalista Alcinéa Cavalcante, por sintetizar com propriedade a história deste carismático servo de Deus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.