30% da população de Macapá sofre de hipertensão

Relatório da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), mostra que 30% da população de Macapá sofre de hipertensão.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) deu início nesta quarta-feira, 24, à programação alusiva ao Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. As atividades começaram pela UBS Carmo do Maruanum, onde foi oferecida orientação nutricional, palestras que abordaram a importância da prática de atividades físicas, aferição de pressão arterial, entre outros serviços. 

As atividades ocorrerão em mais duas unidades. Mas a coordenadora de Doenças Crônicas não Transmissíveis, Rielly Macedo, explica que em todas as UBS’s são ofertados em sua rotina serviços de tratamento e acompanhamento de portadores de hipertensão arterial. “A hipertensão é uma doença silenciosa. Por isso, a importância das consultas e exames de rotina e atenção a possíveis sintomas, como dores de cabeça, falta de ar, tontura, entre outros. Quando a pressão fica descontrolada, o coração é o órgão mais afetado. Portanto, não podemos brincar com os sintomas”.

Em Macapá, de acordo com o relatório da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), a hipertensão atinge 30% da população. Caso do agricultor Manoel Lima, que faz o controle da doença no posto de saúde do Maruanum, que atende cerca de 50 hipertensos. “Sentia um mal-estar constante. Em uma das consultas, o médico viu a pressão alterada e pediu exame, que apontou a hipertensão. De lá para cá, eu tomo os remédios e busco melhorar a alimentação”, comenta. 

A intensificação das atividades de rastreamento acontecerá até as primeiras semanas de maio, com aferição de pressão arterial, testes de glicemia, orientação nutricional e o incentivo à prática de atividades físicas, nas demais unidades de saúde da capital e distritos.

(Semsa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *