Faltou (de novo) Coronavac para os idosos em Macapá

Houve tumulto, confusão, aglomeração e troca de ofensas nos postos destinados a vacinação da segunda dose de Coronavac para os idosos em Macapá.
Centenas de idosos passaram horas nas filas na esperança de serem vacinados, mas a quantidade de doses foi insuficiente e a maioria voltou pra casa sem a vacina.
Prevista para encerrar as 17h, a vacinação foi suspensa por volta das 13 horas porque acabaram as doses. Eram pouco mais de mil doses.
Ainda não há previsão de quando o Ministério da Saúde enviará ao Amapá novo lote de Coronavac.
Esta não é a primeira vez que falta vacina para os idosos. A maioria deles deveria ter tomado a segunda dose semana passada e início desta semana. Mas não tinha. A grande preocupação deste público é se não se perde a eficácia ao deixar de receber a segunda dose no prazo, ou seja, 28 dias após a primeira, como recomenda o fabricante.

Deixe uma resposta para Zema Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *