No Amapá tudo pode

ades1 A Anvisa suspendeu, semana passada,  a fabricação, distribuição, comercialização e consumo de todos os lotes dos alimentos com soja da marca AdeS.  A medida, válida para todo o território nacional, engloba todos os sabores do produto. 
Mas no Amapá o produto continua sendo comercializado nos supermercados, mercearias, mercantis, enfim, em todo lugar sem que os departamentos de vigilância sanitária – tanto do estado como dos municípios – tome qualquer providência.

A resolução da Anvisa é do dia 15 de março e foi publicada no Diário Oficial da União no dia 18.

 

Atualização – 18h13

O OUTRO LADO O supermercado Santa Lúcia informou que o suco Ades, fabricado pela Unilever na unidade de Pouso Alegre (MG), onde   a Anvisa detectou contaminação “nem veio para o Norte”, portanto os consumidores amapaenses não correm nenhum risco.

INSPEÇÃO
A Anvisa informou que  a fábrica da empresa em Pouso Alegre (MG) encontra-se em inspeção pela Vigilância Sanitária local e  que aguarda o relatório conclusivo da inspeção para análise detalhada do caso.
Em reunião esta semana no Ministério da Justiça, a Unilever se comprometeu a adotar todas as medidas necessárias para a prevenção de acidentes de consumo , além de oferecer atendimento médico gratuito a quem tenha consumido o produto alterado. A empresa também disponibilizou um serviço de atendimento para informações e esclarecimentos adicionais pelo telefone 08007070044 e e-mail sac@ades.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *