Urgente – Governador do Amapá decreta lockdown

Cresce o número de internações e de óbitos de jovens

O governador do Amapá, governador Waldez Góes, acaba de decretar lockdown.
O decreto foi assinado agora e passará a valer a partir das 6h de quinta-feira por 7 dias.

Ele tomou essa decisão após  apresentação do relatório epidemiológico que aponta o agravamento da pandemia no Amapá, que já não tem mais leito para tratar os pacientes de Covid.

Ontem mesmo, o secretário estadual de saúde, Juan Mendes, informou que sistema  colapsou. Todos os leitos clínicos e de UTI do Hospital Universitário estão ocupados.
Ontem à noite já havia uma fila de 21 pacientes aguardando internação em leitos de UTI e 13 aguardando leitos clínicos.

Nesta primeira quinzena de março já foram confirmados 4.700 novos casos de Covid (o que dá uma média de 313 novos casos por dia)  e 42 pessoas morreram.

O relatório epidemiológico mostra que o número de jovens acometidos por Covid cresceu bastante de fevereiro para cá. Em fevereiro os jovens (até 29 anos) ocupavam 8,5% dos leitos do Hospital Universitário; ontem este percentual já era de 14%.

52% dos leitos estão ocupados por pacientes na  faixa etária que vai dos 30 aos 59 anos.

Em relação ao número de óbitos, em janeiro o percentual de mortes de pacientes de 0 a 29 anos era 3,3%, hoje é de 7,1%. De 30 a 59 anos pulou de 23% para 28,6%.

Waldez Góes pediu que todos – médicos, imprensa, cientistas etc – tentem conscientizar os jovens. “Aquela ideia de que a juventude poderia ser acometida mas sem risco de ter sua vida ceifada caiu.”

Enquanto cresce o número de internações e de mortes de jovens, caiu o número de internações e mortes de pessoas com mais de 60 anos. Em janeiro 46% dos leitos eram ocupados por pacientes com mais de 60 anos, hoje são 33%. O número de mortes caiu de 73,6% para 64,4%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *