Amazônia dos brabos

O romance “Amazônia dos brabos”, do jornalista e escritor amapaense Archibaldo Antunes, já está disponível  no site do Clube de Autores (www.clubedeautores.com.br).
O livro foi publicado em 2007 pela gráfica do Senado Federal e distribuído gratuitamente no Acre. Foram cinco mil exemplares distribuídos em todo o estado. “Sou o autor mais lido no Acre”, brinca o escritor.

Archibaldo Antunes

Ele conta que colocar o romance à venda na Internet foi possível graças a uma iniciativa do site Clube de Autores, que imprime os livros sob demanda. Assim, não há despesas para o autor nem riscos financeiros para a editora.
“Amazônia dos brabos”, baseado em fatos e personagens reais,  narra a saga de João Gabriel de Carvalho e Melo, desbravador do Acre, e  conta ainda as histórias de Luiz Galvez e Plácido de Castro.
“Romanceei fatos, criei tipos, mas as referências históricas foram preservadas”, afirma Archibaldo – que em 1999 trocou o Amapá pelo Acre, mas não perde os laços com esta terra tucuju e diz que se mantem informado sobre o que acontece por aqui através da Internet, principalmente visitando os blogs. Aliás, Archibaldo também tem um blog que eu recomendo. O endereço é  www.acrebaldo.blogspot.com

  • Querido Archibaldo Antunes, estou muito Feliz por saber de vc, mesmo que seja pela internet. Eu me lembro da sua vontade imensa de conhecer as coisas e tb qdo vc comecou trabalhar no Jornal do Amapa(?).
    Faz tempo! Nos reuniamos na casa de um amigo chamado John Scott, lembra? A casa dele ficava perto da Escola GM. Me diga algo daquela epoca, vc ainda e amigo do John?
    Enfim, gostaria de saber como acessar o seu livro pela Internet?
    Abracos saudosos,
    Katia Vissers

  • Meu grande amigo Ark. Belíssima obra, recomendo. Faz parte do acervo dos livros que contam a trajetória dos primeiros exploradores da Amazônia, e que depois culminou com a criação dos estados que conhecemos, inclusive o Amapá. Claro, ele conta a história do próprio Acre. Mas o olhar é sempre o mesmo. Valeu Alcinéa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *