Alarmante!

Já chega a 50 o número de casos notificados de febre tifóide em Macapá só este ano.
No dia 23 de fevereiro este blog deu um alerta informando que havia 8 casos  confirmados e outros 20 sendo investigados.
Dois dias depois já eram 20 casos confirmados.
O número cresce numa velocidade estúpida e até agora não se vê uma campanha nem qualquer tipo de ação dos governos estadual e municipal.
Na semana passada senador Randolfe Rodrigues esteve no Ministério da Saúde e logo em seguida entrou em contato com o secretário de saúde do Estado se colocando à disposição para juntos buscarem o apoio do Ministério para combater as epidemias de dengue e febre tifóide.

O deputado Dalto Martins – que é médico – diz que é  preciso atenção, prevenção, de ambos os lados, Sociedade e Estado. Ao Estado cabe dar condições de existência, condições de vida, revendo e solucionando questões de infra-estrutura e saneamento básico adequado; investir na melhoria do sistema de armazenamento e distribuição de água tratada e redes de esgoto. À população, atenção na hora do preparo e na adequada higienização dos alimentos. A doença pode ser evitada a partir mesmo de práticas cotidianas de higiene simples, como lavar as mãos antes da manipulação dos alimentos, uso regular de sanitários, sempre lavar as mãos ao sair do sanitário, correto acondicionamento e despejo do lixo, etc.

  • Oi Alcinea, estou preocupada com esta situação, estou morando no jardim Felicidade I onde há meses não sabemos o que água da caesa, a água que conseguimos não é de qualidade, para beber e cozinhar estamos comprando é claro que temos todo o cuidado possível com a higiene mas vc há de concordar que não é a mesma coisa do que ter água nas torneiras de nossas casas.Fale por nós, não sabeomos mais o que fazer…

  • FALECEU ONTEM POR VOLTA DE 18:00HS ,A ENGENGENHEIRA AGRONOMA, MARIA AMELIA LOPES DO AMARAL, AMELIA MOROU MUITOS ANOS AQUI NO AMAPÁ, ONDE TRABALHOU NA ASTER, NO INCRA, FOI PROPRIETARIA DAS FARMACIAS SANTA RITA E NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO, AQUI TEVE E CRIOU SEUS FILHOS ERA CASADA COM O TAMBÉM AGRONOMO E ATUAMENTE PROFESSOR JOÃO BATISTA DO AMARAL, MOROU NO BAIRRO SANTA RITA ATRÁS DA SEVEL AMELIA DEIXA SAUDADE A TODOS QUE A CONHERAM.

  • Oh Alcinea, estas doenças estão se alastrando pelo estado e realmente não se vê nenhuma ação dos govenos, quantos casos será necessário para que se tome uma providencia? A desculpa de que pegou o estado falido não está colando mais, a população precisa de resposta, já estamos no terceiro mes, agora é trabalha, agir.

  • É uma doença fatal se não for rapidamente detectada. Àgua,alimentos estragados,ovo mal passado, e ratos servem como transmissores e transportadores da bactéria conhecida por salmonela, cujos estragos nos órgãos internos são terríveis, incluindo a medula! A febre atrapalha,mas diferencia-se da dengue por retornar a cada 3 horas enquanto da dengue a febre ocorre a cada 6 horas, com coceiras no 4º dia,encerrando a febre pelo 7º dia, enquanto a febre tifóide ultrapassa esses dias só reduzindo como tratamento da infecção! Nosso neto Marco Antonio conseguiu rápida recuperação após internaçãono São Camilo

  • É uma doença provinda da negligencia de infraestrutura basica. Outras enfermidades como esta mostram o descaso das administrações passadas que preferiam shows e feiras do que saneamento, educação e urbanização. Vão aparecer mais casos não só porque a coisa tá piorando, mas porque está sendo mais eficaz em diagnosticar e coragem de ser transparente. Amapá sempre escondeu seus numeros negativos,Assim mesmo reforço a necessidade de criar um departamento de saúde coletiva, envolvendo toda area da saude preventiva e as vigilancias e dotar de toda estrutura e meios para o funcionamento. Investir em prevenção é poupar na assistencia hospitalar no tratamento e recuperação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *