Aos 81 anos pioneira do magistério amapaense morre em Belém

Aos 81 anos de idade, pioneira do magistério amapaense, morreu ontem em Belém a professora Nilce da Graça Lobato.
O corpo está sendo trasladado para Macapá e será velado na Capela Santa Maria (Rua Hamilton Silva, entre Mendonça Furtado e Presidente Vargas).

Professora Nilce foi um marco na educação do ex-território do Amapá, tendo contribuído para a formação de várias gerações, em sua trajetória iniciada na Escola Evangélica da Igreja dos Irmãos, então conhecida como “periquitinho verde” do bairro da Favela.

Mãe de oito filhos, entre eles o poeta Ruy da Graça Lobato, recentemente falecido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *