Armas, dinheiro e drogas

A Polícia Federal prendeu quatro pessoas por porte ilegal de arma de fogo e formação de quadrilha em Macapá. As prisões ocorreram sexta-feira à tarde pertinho da Feira do Produtor, no Buritizal.
De acordo com a PF, após um mês de investigação por conta da Operação Sentinela, os policias descobriram que dois homens de 22 anos, um de 35 anos e um de 18 anos,  planejavam realizar assaltos pela cidade. Perto da Feira do Produtor os policiais viram o quarteto em duas motos, em atitude suspeita, pelas ruas do Buritizal. Com os quatro a PF apreendeu armas e munição. Depois de prestarem depoimento na PF, os quatro foram encaminhados para o Iapem.

Drogas – No Oiapoque, com o apoio do Ministério Público Estadual, a Polícia Federal prendeu sete traficantes na sexta-feira. Sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos. Na operação a PF apreendeu 40g de crack e R$ 8.300,00.

  • Erick Boaventura disse:
    8 de novembro de 2010 às 22:31

    “Estamos precisando urgentimente de um maior investimento na Segurança Pública.”

    Me referi ao alarme, feito pelo amigo.

    E ratifico o que postei, não vivemos uma situação emergencial de segurança púlica.

    Eliana, moro em Macapá fazem 5 anos, nunca conheci ninguém que tenha sofrido violência urbana, não podemos julgar pelo seu azar amiga! Vai tomar um banho de sal grosso que o bicho tá pegando pro teu lado.

    • teu mundo deve ser outro, mora em Macapa e diz não conhecer ninguem que tenha sofrido violencia urbana, és privilegiado. Quem deve tomar banho de sal grosso é voce para continuar imune a violência.

      • Führerbunker! kkk Amigo moro em casa com quintal no bairro Universidade, já morei no Trem também. No Trem é um costume comum os moradores sentarem na porta e até mesmo fazer aniversários, prática que eu condeno, acho obstrução de calçada(festa), quanto sentar acho lindo e poético a cultura de sentir uma brisa e bater um papo.

        Beth Zhalouth, podias fazer uma obra dentro do contexto, acho muito bacana é um ponto alto da cultura. Sentar na porta final de tarde quando o sol baixa, é muito poetico, é humano.

        Amigo somos ricos e não sabemos. Temos a mania de apenas ver os defeitos, lembre-se de qualidades de Macapá, sua cidade é linda com os buracos sem saneamento, cheia de obras inacabadas mas tem um povo que compensa tudo. Viva sua cidade, pegue um amigo e vai beber uma cerveja no Norte das Águas,comer uma pizza no Francês,beber uma água de coco na Zagury,bater papo a hora que quiser no lugar bonito… Enfim a possibilidade de ser assaltado é quase nula, de voltar pra casa e tudo estar como deixou, grande. Acordar no dia seguinte e viver…

        Gente a seguramça tem de evoluir sim, mas, SAÚDE E EDUCAÇÃO estão muito mais em URGÊNCIA. Sem Educação não existe segurança está diretamente ligada.Saúde é a base nos mantém vivos.

        • Perguntei isso pra vc porque sou amapaense mas não moro em Macapá há quase 20 anos. Essa características que vc relata eram observadas na década de 80. Voltei várias vezes à cidade e, em todas as visitas, sentia o cheiro da insegurança e da violência, por isso desisti.

        • “Oh, que saudades que tenho da aurora da minha vida, da minha infância querida que os anos não trazem mais”. As portas e janelas da Macapá que me viu nascer não tinham grades e, às vezes, as casas dormiam abertas, para amenizar o calor amazônico. Hoje, noto construções-fortalezas que de longe lembram as casas de uma cidade outrora pacata.

          • Você chegou no ponto que eu queria, lembra de uma cidade que ficou lá em 80.

            Desenvolveu. É óbvio.

            Vai ter mazelas do desenvolvimento como toda cidade “desenvolvida”, lógica!

            É simples definir a causa, planejamento. Nossos governantes são desorganizados, não conseguem formar redes entre as secretarias e demais vertententes do poder público, exemplos comuns; Afaltamento de rua e logo em seguida a CAESA rasga pra fazer algo na rede sanitária. Deve achar que estou fugindo do contexto, né?! Pense em desemprego, a população cresceu, as necessidades aumentaram os crimes ocorrem.Como você não ser punido pelo desordenamento acelarado do progresso. Te levei do simples problema da CAESA ao Extremo da incompetência. Cidades brasileiras não desenvolvem elas crescem com uma política vagabunda que costuma rémediar, não temos planejamento, veja a capital federal,plano piloto, já observou o entorno que desordem.

            Ainda acham frescura os MPs intervirem na construção da usina hidrelétrica de Ferreira Gomes, tem um monte de gente falando bobagens no blog, falando que querem impedir o progresso, onde? Os impactos sociais não contam.

            “O RIMA informa ainda que o empreendimento resultará no aumento populacional da região. O estudo estima que a população terá um crescimento de 22% durante a fase de implantação da usina. O que, por sua vez, deve contribuir para o aumento da violência.”
            (texto do blog)

            NÃO SABEM LER?!SÃO ANALFABETOS FUNCIONAIS?

            A violência só vai ser contida, quando educar para progredir. Então, a raíz da segurança é prevenção. Agora olha os nossos representantes, analisem o nível de conhecimento… temos gente que foge do CQC.

            Acha que é pouco, lei da cadeirinha pra fechar.
            Como podem fazer uma lei que isenta transporte escolar do uso imediato, o carro particular deve. Um carro cheio de crianças inseguras e uma segura no carro particular?!

            Os equipamentos de segurança são testados por peso, a lei rege que compre cadeira por idade, quer dizer toda criança de 6 anos tem o mesmo peso?!

            Problema é o foco das políticas, é melhor dar bolsa do que gerar emprego, é melhor lotar hospital do que ter seriedade em prevenir doenças, uma consulta é uma luta, o sujeito tem de ficar ruím, pra ter logo que ocupar um leito ou um chão de corredor.

            Como querem falar em segurança. Somos carentes de gente técnica no legislativo, chega de gente apenas bem “intencionada”.Eles querem nos manter na eterna ignorância, eles tratam de remédiar para acharmos que somos cuidados.

            Me envergonha ter gente medíocre, sem visão lógica, não geram educação de qualidade porque não dá voto.

            Putz, desculpe os erros. Não revisei.

        • Resumindo: tem muita gente no mundo. E esse crescimento acelerado da população humana gera sérios desequilíbrios ambientais, uma vez que o homem é o único ser na face da Terra que não tem predadores naturais que pudessem contolar a espécie. Em contapartida, é o único ser que preda todas as demais espécies, seja pra sobreviver, seja pelo simples prazer mórbido de destruir. Ô serzinho criado à imagem e semelhança de Deus!

  • querido, acho que quem pirou agora foi voce, se houve esse investimento, não houve competencia para cobrar resultados, faça um levantamento apenas dos últimos meses de quantos crimes, assaltos e arrombamentos ocorreram sem nenhum resultado de investigação/punição, LHE ASSEGURO ISSO PORQUE FUI VITIMA, por 2 vezes com direito a perícia e tudo e até hoje não houve nenhum retorno. Tive uma reunião com AQUELE secretário de segurança que falou que veio grana para comprar cameras para fazer monitoramentos em muitos locais da cidade e essa grana tomou outro rumo, esta reunião com AQUELE secretário foi alguns dias antes da operação mãos limpas, aí entendi tuuuuudo.

  • Já era tempo uma operação dessa, pois no oiapoque é intenso o trafico e venda de drogas,não há fiscalização, o posto da policia rodoviaria esta pronto mas não tem policiais para trabalharem, só tem um vigilante. São centenas de bocas de fumo espalhadas, muitos viciados q para alimentar o vicio furtam diariamente. Infelizmente o numero de policiais é reduzidissímo, tanto para policia militar como civil, sem falar nas condiçoes de trabalho que são precárias. Falo isso pq trabalho como policial nessa área de fronteira, tão carente de ficalização, de investimento não só em segurança pública, mas em todos os setores.

  • A desmobilização de pessoas competentes na área de inteligencia policial fazia parte da estratégia do grupo da harmonia por questões óbvias.

  • Estamos precisando urgentimente de um maior investimento na Segurança Pública. A PF sempre brilhante conseguiu conter esses bandidos. Vamos torcer para que o próximo governo faça um maior investimento na segurança do povo e que possamos eliminar esses elementos ruins do convívio da sociedade.

    • Pior de tudo Erick, escutei um policial militar dizendo que a verba da PM anual sao 6 milhoes de reais e que este ano foi repassado pouco mais de hum milhao, resultado= viaturas sem pneus novos, sem combustivel, sem manutençao e a populaçao sem segurança! Moro no Buritizal, perto da feira do agricultor e estranhamente no domingo para segunda feira da eleiçao incendiaram dois carros perto da minha casa e algumas pessoas afirmaram ver dois caras numa moto cometendo o crime! Fato muito chocante!

    • Ah!Me economize. Investimento em segurança pública foi a única coisa que o Governo Waldez fez,não venha dizer que nossa segurança pública é ruím. Ter falhas é uma coisa, agora dizer que é caso de urgência.

      PIROU NA BATATINHA!NOSSA POLÍCIA TEM PROBLEMAS,MAS, É MUITO BOA EM RELAÇÃO A MÉDIA NACIONAL.

      • Geralmente os seus comentários são coerentes e sensatos, mas neste você passou longe, se informe melhor, só para inicio de conversa o orçamento da PM que esta em execução é menor que o executado no último ano do governo do Capi, isso sem a reposição inflacionária de oito anos, e pra não se alongar muito a maioria das viaturas existente foram adquiridas por meio de convênios com a SENASP. Na mídia é uma coisa na realidade é outra, se duvidar pesquise o orçamento.

        • CARÁTER DE URGÊNCIA!
          SÓ EU VEJO POLICIAMENTO NAS RUAS??

          A REMUNERAÇÃO DOS SERVIDORES DA SEGURANÇA NO AMAPÁ É MUITO BOA, EM RELAÇÃO AS DEMAIS DO BRASIL, ATÉ MESMO PELA QUESTÃO DO REAL PERIGO, NÃO TEMOS CRIME ORGANIZADO.

          O TÍTULO DE VIOLENTO CABE AO ESTADO POR CRIMES CORRIQUEIROS GERALMENTE DE ARMA BRANCA.

          A ÚNICA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA DE FATO, É A DO PODER PÚBLICO.

      • Realmente nossa policia é melhor que de BH, aquela cidade horrivel e violenta! Por isso muitas pessoas acham que aqui é o paraiso e se conformam com tanta vioência desta cidade que alias, a taxa de crimes com arma branca por exp é muito grande com relaçao ao numero de habitantes e em comparaçao ao resto do pais! E chama a policia com urgência para uma ocorrência pra ti ver! Bem….pelo visto j ate acostumaste com a violência e tudo que ocorre aqui é “fichinha”, uai sô, é mesmo!

        • BH não é uma cidade horrível. Acho que nunca teve a chance de conhecer.
          Belo Horizonte já foi indicada pelo Population Crisis Commitee, da ONU, como a metrópole com melhor qualidade de vida na América Latina e a 45ª entre as 100 melhores cidades do mundo.
          Tem problemas de segurança pública, mas, tem uma policia que é referência no Brasil, inclusive já fez intercâmbio com as policias militar e civil do Amapá, para realizar treinamento tático.
          Eu me sinto seguro tanto lá, como aqui. Agora proporcionalidade é outra coisa, vivo em Macapá justamnete pela característica de ser uma capital que preserva habitos de cidade de interior, amo e respeito todos os Amapaenses que fiz amizade.
          Defendo Macapá como meu lar aonde quer que eu esteja.

          Levanto a bandeira do Amapá é continuo afirmando não vejo esse absurdo de violência, só ando de vidro fechado devido do ar-condicionado, pois, eu posso parar em qualquer semáforo da cidade de janelas abertas, posso entrar rapidinho numa padaria e deixar meu carro aberto, posso ficar estacionado batendo papo ou até mesmo sentar na porta com amigos.
          A minha visão de segurança é bem mais cotidiana do que os dados informados. Na periferia a criminalidade tende a ser maior, como em qualquer outra cidade do mundo.
          SEM URGÊNCIA!! VOCÊS FALAM DE UM JEITO QUE PARECE QUE VIVEMOS TRANCADOS COM MEDO DE IR NA RUA.

          Entendam definitivamente, eu só achei um exagero colocar a segurança como emergencial, nunca falei que tem de deixar como está. “URGENTE” que me incomodou na postagem.

        • Ah! E não sou bairrista, mesmo quando estou em BH e meus amigos, ficam me dizendo coisas absurdas por eu morar em Macapá, eu defendo a cidade que moro e escolhi pra viver, e, se Deus permitir até o final da vida. É normal me preguntarem coisas absurdas, como se temos OCA na cidade?! Lógico rindo da falta de conhecimento que os sudestinos e sulistas tem em relação ao norte,sempre dou uma tacada com humor, digo que sim, temos OCA com closet, e os índios andam de Mercedes.

          Tô logo me defendendo antecipadamnete de você, porque só falta me dizer que quis falar bem de BH e menosprezar minha deliciosa Macapá.

    • Continuo afirmando que a sociedade não é carente de segurança pública. É carente, sim, da instituição família. Uma vez instaurado o problema, a polícia só atua de forma paliativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *