Assalto à mão armada em frente ao shopping

Meu amigo Paulo Zab foi assaltado ontem à noite quando saía do Shopping Macapá. Por e-mail me mandou este relato com pedido de publicação

FUI ASSALTADO
Paulo Zab

Noite passada, dia 20 de Novembro, saí do Shopping Macapá após uma sessão de cinema com mais de 300 pessoas. Eram 11:30h da noite, mas apesar de ser um local onde pessoas se movimentam portando dinheiro e outros utensílios, não havia nenhuma viatura da Polícia Militar dando suporte em toda a movimentação. Não deu outra. A ausencia de segurança no local fez com que pessoal de má indole chegasse ao ponto de cometer um assalto à mão armada, tendo a mim como o assaltado.

Eram dois caras em uma moto que me abordaram e pediram tudo o que eu tinha. No momento estava portando uma mochila preta com minha porta cédula com Carteira de Identidade, Cartão do Banco do Brasil (estou indo tranca-lo agora. Só estou esperando a agência abrir) R$ 80,00 (sorte que eles não viram os R$ 4 que estava no meu bolso, que me possibilitaram voltar pra casa de moto-taxi), Memorandos, ofícios à ser entregues, Contas á pagar. Dentro também havia um importante item de trabalho: o meu Macbook White (Meados de 2009; Número de Série W89368VJ9GU; Modelo A1181); a mochila também continha um dos itens que julgo ser mais importante: o meu HD externo de 500 GB que continha TODO o meu backup. Desde fotos, documentos de trabalho, contratos, projetos, vídeos.

Na mesma hora, me dirigi à 6ª DP (delegacia mais próxima), no bairro do Trem, pra fazer um BO. Na realidade eu pensei que haveria uma viatura à disposição ou ao menos um rádio pra informar pra fazer um alerta, mas foi bobagem minha. Liguei pro Siosp, mas também não deu muito resultado.

Minha esposa está muito abalada por causa do risco a que me expus, mas também por que o seu trabalho de TCC estava SEMI-PRONTO. A apresentação é nos próximos dias. Vamos ter que gravar tudo denovo, se for o caso. Ela também está na eminencia de ser chamada pra um concurso e não pode atrasar.

Emfim, estou marcando no momento o Governador Camilo Capiberibe. Apesar dele não ser totalmente responsável pelo que aconteceu. É apenas uma forma que encontrei de falar diretamente à ele, já que ele também acredita no poder das redes sociais. Afinal de contas, em que outros momentos foi possível chegar tão facilmente a um Governador do Estado? Peço ao senhor providência. Sei que o senhor fará o possível.

A Apple fornece o número de série de cada produto, e nesta mesma carta eu postei tal numero  (W89368VJ9GU – vou pesquisar pra ver se posso rastrea-lo pela internet). É só clicar na maçã no canto superior direito e selecionar “sobre este mac”. Não tem como colocar outro. Se for esse número, é o meu.

Esse macbook provavelmente será vendido pra alguém por um preço de banana, porque eles não vão se adaptar ao sistema. É aí que entra a importancia do compartilhamento e da informação. Se você receber um HD Externo de 500 GB da Sansung, ou um Modem da TIM, ou um Magic Mouse da Apple (não tem muitos parecidos também) ou quaisquer um dos itens contidos neste informativo você pode ajudar mais um pai de família a recuperar seu censo de justiça e segurança. Não vamos deixar que o próprio sistema proporcione um clima de violência, chegando a tal ponto de um primo de um grande amigo meu, Rui Mar Pena, ser baleado por assaltantes por causa de um celular, e de Otto Ramos, que foi assaltado à mâo armada em frente a sua residencia.

Por isso, estou solicitando às pessoas que gostam ou não de mim, que se sinta parte do que aconteceu. Situações como esta não são saudáveis pra ninguém. Só provocam dor e sofrimento para ambos os lados. Não seja mais uma vítima (é muito ruim). Vamos sempre nos policiar e entender que enquanto indiduos sociais nós precisamos sempre ser agentes da paz, porque senão todo mundo se mata. Convidos vocês a compartilhar, curtir (não porque achou bom, mas também pra acompanhar o que estará rolando) e comentar. Vamos fortalecer uma corrente. Vamos fazar alguma coisa! Vamos fazer a nossa parte!

 Paulo Rômulo Gomes Ramos, Acadêmico de Jornalismo, Professor de História (apesar de ainda não ter dado aula de história), Monitor no Museu Sacaca, amigo, irmão, pai e filho.

  • Este é o pior período que a cidade esta passando com a segurança pública, o pior secretário de todos os tempos, não acredito que o governador esteja aprovando este gestor.

  • Concordo totalmente com Oliveira. Digo mais: bandido lixo só respeita aquele que produz uma violencia maior do que pode produzir. Ai ele respeita, tem medo, foge. Não adianta psicologia barata, afetação de intelectual, nehenhem de direitos humanos. Isso tudo só colabora mais com o bandido, que adora e faz gozação da cara desse bando de besta.
    Até os 24 anos, vivi no período do regime militar. Como eu não era coco comunista, vivia normal e com segurança. Tenho saudade desses tempos.
    Brasil, ame-o ou deixe-o!

  • É dose, mas o pior é que o Estado não vai mover uma palha para mudar esta realidade. Negociar pela governabilidade e ajustar os demais interesses políticos não deixa tempo nem recurso para o governante atuar em algo desnecessário (para ele) como segurança pública, saúde, educação ou qualquer balela que o cidadão comum ACHA que tem direito. Se tivesse interesse real já teria priorizado os citados setores.

  • Sinto saudades da Macapá do meu tempo de criança, em que dormíamos com as janelas abertas, sem medo de bandidos. Mas esse é o preço que pagamos pelo progresso.

  • Nós também estamos compartilhando essas informações pelo Facebook. Vou postar aqui um dos depoimentos:

    “Que ruim tudo isso Zab! como a Helu ja disse, nós fomos assaltados, roubaram equipamentos (Som (P.A) , MacBook PRO, Note Book Toshiba, 2 HD externos, Cam (Canon), fontes entre outros equipamentos)…agora é ter cuidado mesmo como o Genário ressaltou. Mudamos o hábito aqui, fechando portas, evitando sair com equipamento e sempre muito sobressaltados com tudo…eu particularmente ainda fico trêmulo quando ouço barulho de moto (fui assaltado com 38 na cabeça por 2 caras numa moto) e isso talvez leve tempo pra passar…foi mesmo muito tenso. Serve de aviso pra TODO mundo e vamos pensar junto na solução…o bom é que vc está bem. Simbora! abs”

    Otto Ramos

  • Todos devemos anotar as indicações que Paulo forneceu e ficarmos atentos. E PRINCIPALMENTE ralhar com pessoas que compram objetos roubados, são os chamados receptores e coniventes com o crime. Tenho muito medo de assaltante e asco de quem compra objeto roubado.

  • Como disse o Observador, “Nao tem como se colocar a policia em cada esquina de macap..impossivel.” Além disso, a polícia se sente desmotivada. Atualmente, sempre tem um desocupado de plantão, filmando o trabalho da polícia, pra depois ceder as imagens pra televisão divulgar nos seus jornais e causar impacto e comoção. Não sou a favor da violência, mas entre minha segurança e um bandido morto, fico com a segunda. Afinal, criminalidade também é opção e o bandido deve arcar com as consequências dos seus atos de forma exemplar.
    O governador é mencionado na carta. Mas o que o governador pode fazer? O certo seria evitar que a cada dia mais e mais marginais fossem jogados no mundo, mas isso é uma questão de falta consciência dos pais, não de segurança pública.
    Quero deixar bem claro que não sou policial, mas defendo a atuação da polícia. Exageros? faz parte desse trabalho árduo. O importante é manter a autoridade, que parece que anda perdida perante a bandidagem, daí o aumento da criminalidade.

  • Sei bem o quanto isso é difícil. É difícil você pensar que deveria ter feito algo, mas o melhor é perceber e agradecer por não ter feito. No momento você sente uma fragilidade sem tamanho, e mesmo tendo perdido coisas muito importantes, você ainda tem a vida e que é mais forte do que imaginava. Paulo Zab, você fez certo em mostrar o que aconteceu, porque as pessoas precisam saber realmente o que acontece e serem alertadas do perigo a que estamos vulneráveis. Mesmo que você não consiga recuperar as suas coisas, pode ter certeza que você terá tudo e até mais de volta, recuperará o sossego e a paz.

  • Certo dia desses fiz uma denúcia de tráfico de droga ao 190, a atendente disse que mandaria uma viatura ao local,a VTR foi, mas com Pms despreparados,pos fizeram a busca pessoal em dois dos rapazes que ali estavam e claro que não encontraram nada, tem que ser panaca pra pensar que traficante anda com droga junto ao corpo,a droga estava próximo deles, nopé de um muro, então o certo seria saturar a área do entorno e não apenas a busca pessoal,resultado os caras ficaram dando risadas dos PMs e continuaram a traficar.Fica o alerta oas PMs.

    • Você poderia ter feito a denúncia completa, como eu já fiz. Se bem que não acho que nestes casos a polícia possa fazer muita coisa. Prende hoje, a “justiça” solta amanhã, e os traficantes voltam a “trabalhar” na única coisa que sabem fazer: destruir famílias.

  • Minha filha também já foi assaltada na saída do cinema no mesmo horário, isso já se tornou rotina e no mesmo dia comunicamos a policia.

  • Cade o Sec. Segurança do Estado, tem que mudar e colocar gente comprometida com a segurança e não qum tenha punho politico.

    • Em vez de gente, seria mais eficaz colocar balas na agulha, a única coisa que bandido respeita. Infelizmante, sempre tem alguém pra filmar a atuação da polícia pra que a televisão divulgue.
      Tás com pena dos bandidos, adota um…

  • Caro Paulo só podemos contar com a providência Divina, pois no inicio deste mês solicitei a ajuda do 190 por conta de um marginal que estava no quintal da minha residência e não apareceu ninguém, depois que tornei publico o que ocorreu comigo através do blog da amiga Alcilene, ai ligaram disseram ia verificar a minha denuncia, mas ficou por isso mesmo, até hoje (22/11), nenhum retorno, registrei um BO na 6ª DP, mas foi mesmo que nada, estamos sem segurança, totalmente desprotegidos confiando somente em Deus, boa sorte.

  • Olá,

    Estava com o meu backup, porque tinha levado ele à assistência. Saí do trabalho e fui direto ao cinema. Não fui em casa pra deixar as coisas.

  • PARECE Q ISSO VIROU ROTINA NO AMAPA…PEQUENOS ASSALTOS, FURTOS, ETCCCC, ESTAO CARREGANDO ATÉ MOTOS E CARROS,,,A QUEM APELAR ?. NOBRE HISTORIADOR, FALTA SÓ APELAR PARA O BISPO DE MACAPA.
    E OUTRA COISA, QDO FOR PEGAR UM CINEMINHA, NAO VÁ COM “PERTENCES” QUE CHAMEM ATENÇAO DESSES VANDALOS, POIS A OCASIÃO FAZ O LADRÃO !
    BOA SORTE AI, VOU TORCER PRA ENCONTRAR SEUS PRODUTOS.

  • O que dizer de um pais cujo ministro da justiça, ao ouvir as sentenças impostas pelo STF aos mensaleiros, diz que preferiria morrer ao ser submetido ao sistema carcerário brasileiro esquecendo que seu ministério deixou de gerir duzentos e quarenta mi, o que daria para construir pelo menos 8 a 10 presidios de boa segurança, tirando de circulação milhares de facínoras que não pensam duas vezes em assaltar e muitas vezes tirar a vida de pessoas de bem.

    • Pois é amigo. Eu estava com um problema com o case do HD, daí tinha saído com ele pra consertar. Saí do trabalho direto pra sessão de cinema e por isso ainda estava com o meu equipamento.

  • A nossa insegurança ta cada vez maior, cidade crescendo, e as pessoas ainda nao tem conciencia ao que parece que elas sao as principais responsaveis por sua segurança, pois ficar andando com bolsas, celulares e outros de bobeira em certos lugares e fora de hora é infelizmente atrair o bandido.. Nao tem como se colocar a policia em cada esquina de macap..impossivel. o cidadao de bem deve ter certo cuidados..senao com toda certeza terao o desprazer que esse cidadao teve lamentavelmente..

    • Em cada esquina não,mas nos lugares de maior movimento e incidência de assaltos sim.A policia sabe onde isto acontece,portanto,deve ficar atenta à esses locais.Policiamento ostensivo nos bairros,avenidas e ruas é oque esta faltando.

      • É mas nao cuide de evitar bobeiras como essa pra ve se vc nao sera a proxima…Vc precisa entender o quadro critico que se encontra a segurança publica deste estado. Nao da pra sair pela rua brincando de policia e bandido é necessario condiçoes pra isso.. e nao se ve isso…fica so esse alerta.

  • É realmente uma indignação por parte das pessoas de bem, que tem como princípio de vida a integridade e honestidade, que existam pessoas que não presam por isso.É meu amigo, existem pessoas para todo tipo de comportamento humano, incluse a maldade!sabendo disso e temendo passar por uma dessa ou que alguém passe por uma dessa, e tendo acesso a esse maravilho e curioso mundo cybernético(estou morando em castanhal no Pará), vamos caminhar junto na divulgação no cyberespaço.espero que esteja tudo bem com você e que recupere tudo o que é seu.Boa semana!

  • Recentemente uma senhora de nome Ana Francelina(acho que esse o nome) fez um relato de um meliante que estava querendo adentrar sua casa e praticar assalto. Diversas ligações fez ao CIOSP, porém ainda foi ironizada pela atendente, pedindo que ela ligasse pro governador do estado. Por pouco ali não se configurava uma tragédia pelo relato da referida pessoa. Agora mais um relato de assalto na saída de shopping, sem que houvesse a acolhida necessária perante aos orgãos que compõem a segurança pública do estado. Quero alerta aos nossos gestores que os exemplos de São Paulo-SP podem estar bem próximos do que imaginamos. Na zona norte e zona sul, comerciantes vivem assustados tendo que conviver presos entre grades e tendo toque de recolher, pois a partir de um certo horário da noite, a vida não tem mais preço. Os níveis de violência e da criminalidade sobem e assustam! Não podemos deixar que nosso estado se transforme numa São Paulo em que a vida perdeu o valor e que as ruas se tornaram um verdadeiro bang-bang e faroeste moderno. É necessário mudanças urgentes no sistema de segurança pública do estado, fazendo-se as trocas necessárias e investindo-se no sistema repressivo e de inteligências das políciais.

    • Ninguém nasce bandido, mas, dependendo das condições em que a criança é gerada, já vem com alvará de funcionamento. Este fator, sim, deve ser combatido. O resultado será colhido a médio e longo prazos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *