Atuação da Polícia Federal

Nota de Esclarecimento: atuação da Polícia Federal no Brasil

“A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal vem a público esclarecer que, após ser preso, qualquer criminoso tem como primeira providência tentar desqualificar o trabalho policial. Quando ele não pode fazê-lo pessoalmente, seus amigos ou padrinhos assumem a tarefa em seu lugar.

A entidade lamenta que no Brasil, a corrupção tenha atingido níveis inimagináveis; altos executivos do governo, quando não são presos por ordem judicial, são demitidos por envolvimento em falcatruas.

Milhões de reais – dinheiro pertencente ao povo- são desviados diariamente por aproveitadores travestidos de autoridades. E quando esses indivíduos são presos, por ordem judicial, os padrinhos vêm a publico e se dizem “ estarrecidos com a violência da operação da Polícia Federal”. Isto é apenas o início de uma estratégia usada por essas pessoas com o objetivo de desqualificar a correta atuação da polícia. Quando se prende um político ou alguém por ele protegido, é como mexer num vespeiro.

A providência logo adotada visa desviar o foco das investigações e investir contra o trabalho policial. Em tempos recentes, esse método deu tão certo que todo um trabalho investigatório foi anulado. Agora, a tática volta ao cenário.

Há de chegar o dia em que a história será contada em seus precisos tempos.

De repente, o uso de algemas em criminosos passa a ser um delito muito maior que o desvio de milhões de reais dos cofres públicos.

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal colocará todo o seu empenho para esclarecer o povo brasileiro o que realmente se pretende com tais acusações ao trabalho policial e o que está por trás de toda essa tentativa de desqualificação da atuação da Polícia Federal.

A decisão sobre se um preso deve ser conduzido algemado ou não é tomada pelo policial que o prende e não por quem desfruta do conforto e das mordomias dos gabinetes climatizados de Brasília.

É uma pena que aqueles que se dizem “estarrecidos” com a “violência pelo uso de algemas” não tenham o mesmo sentimento diante dos escândalos que acontecem diariamente no país, que fazem evaporar bilhões de reais dos cofres da nação, deixando milhares de pessoas na miséria, inclusive condenando-as a morte.

No Ministério dos Transportes, toda a cúpula foi afastada. Logo em seguida, estourou o escândalo na Conab e no próprio Ministério da Agricultura. Em decorrência das investigações no Ministério do Turismo, a Justiça Federal determinou a prisão de 38 pessoas de uma só tacada.

Mas a preocupação oficial é com o uso de algemas. Em todos os países do mundo, a doutrina policial ensina que todo preso deve ser conduzido algemado, porque a algema é um instrumento de proteção ao preso e ao policial que o prende.

Quanto às provas da culpabilidade dos envolvidos, cabe esclarecer que serão apresentadas no momento oportuno  ao Juiz encarregado do feito, e somente a ele e a mais ninguém. Não cabe à Polícia exibir provas pela imprensa.

A ADPF aproveita para reproduzir o que disse o ex-ministro Márcio Thomaz Bastos: “a Polícia Federal é republicana e não pertence ao governo nem a partidos políticos”.

Brasília, 12 de agosto de 2011

Bolivar Steinmetz
Vice-presidente, no exercício da presidência”

  • Parabens aos colegas da PF, SOU POLICIAL TBEM E NOSSO DEVER É PROTEJER O CIDADAO DE BEM, QTO AO USO DE ALGEMAS SERAO SIM NECESSARIAS pois temos q nos protejer de pessoas desse tipo, pois nunca sabemos do q sao capazes, pois q rouba o povo n e digno de confiança, e nos somos agentes da lei e somos treinados para cumprir com nossos aazeres, se fossem pobre o uso da algema n estaria sendo quesionado para como sao “senhores” poderosos estao fazendo tdo esse estadalhaços, parabens colegas ajam sempre assi, o nosso trabalh vale mto a pena quem n estiver na linha despencae e so cabe a policia combater esse mal.

  • É a partir dos crime de colarinho branco que nasce a fome e a miséria do povo, a partir deles prolifera a violência, a falta de leito nos hospitais e os pedintes nas ruas e assaltos. Esses criminosos são os que existem de pior. Nunca vi um ladrão de bicicleta deixar de ser algemado e o crime dele tem um valor de R$ 300,00, e quem desviou R$ 5.000.000,00 não pode? vejam a diferença em zeros. Ainda temos no Brasil crianças que morrem de fome.

  • Gente,Essa nota é ridícula. Digna de um regime autoritário. A PF é Republicana sim, não correia de transmisão do governante de plantão, entretanto, sua atuação tem que ser pautada pela legalidade e em respeito à nossa Constituição. Ações desastradas do tipo Protógenes é que carreiam um processo para a lata de lixo, POIS PROVAS OBTIDAS DE FORMA ILÍCITA, SEM AUTORIZAÇÃO JUDICIAL (GRAMPOS), DE NADA VALEM.Quanto as algemas, o SUPREMO já se pronunciou a respeito, emitindo juizo de valor em consonância com a Constituição vigente. Constituição “cidadã; democrática” inspirada na constituição de vários países democráticos, dentre as quais a francesa. Essa prática da “doutrina policial” referenciada na nota deve ser de países africanos(SOMÁLIA; ETIÓPIA, DENTRE OUTROS.Ainda bem que a OAB nacional se pronunciou a respeito disso…a OAB Amapá parece que comeu abil..
    att Josenildo Mendes de Sousa

    • Em países desenvolvidos também se usa algemas, como nos EUA, Inglaterra, Canadá, Alemanha e vários outros. Só no Brasil dão tanta importância a isso, o pior que isso ocorre somente quando os algemados são pessoas do alto escalão…. o pior é que acabam esquecendo dos motivos pelos quais essas pessoas foram algemadas… E viva a impunidade!!! De fato, “O pior cego é aquele que não quer ver”.

  • Eu peço a DEUS, que vocês continuem com esse trabalho brilhante.Chega de dinheiro desviado enquanto isso nós sofremos,pela falta da saúde,educação,alimentação.

  • PARABENS A PF. PODEM CONTINUAR A PREDER ESSES CORRUPTOS DO COLARINHO BRANCO. O POVO, COM CERTEZA FICA AGRADECIDO.

  • Quanto aa nota de esclarecimento aqui publicada, emitida pela ADPF so tenho a dizer que tudo que eh feito em prol do bem incomoda as pessoas de mau carater que, de uma maneira ou de outra, se beneficiam dos atos ilegais de seus amigos/parceiros. A corrupcao campeia solta e descarada. A PF continua na pista da turma da harmonia e das outras operacoes?

  • Alcinea, meu comentario nao tem nd a ver com o post mas, o J. Ney acabou de veicular a noticia do falecimento do ex Governador Annibal Barcelos. Tds sabemos que o Gov. fez muito pelo Amapa, mas ajudou tb mts amapaenses de seu circulo de amizades e mts ETs de outros Estados que aportaram suas naves por aqui e se deram muito bem. Meus pesames aa familia desse senhor que, acredito, deixa saudades de uma epoca em que se via o progresso nesse Estado.

  • os bunitin ficam tentando desqualificar a policia federal, mas garanto que o povao brasileiro aprova todas as operações que ela realiza. 100% a fedeca e duca….

  • Ratifico integralmente a nota emitida pela Associação da Polícia Federal. E nem poderia ser de outra forma. O Amapá não suporta mais tanta sangria. O País também não. Assim, tenho como excelente e muito dignificante a atuação da Procuradoria da República e Polícia Federal na apuração dos crimes. Usaram algemas…? Ótimo. Algemas foram feitas para bandidos, ricos ou não. Fotos publicadas…? Também gostei e torço para que os vazamentos à imprensa continuem, acaso esses delinquentes insistam em locupletar-se do patrimônio público. De resto, a presunção de inocência não deve prevalecer sobre o interesse público.

  • A Hastag para os topo dos tópicos deveria ser #ApoiamosaPoliciaFederal #BRApoiaPoliciaFederal. Valores estão invertidos, mas, eu acredito nesse país. Vai mudar. Antes político corrupto nem ia para a cadeia. Vamos melhorar.

  • Fico orgulhoso de saber que essa PF é Brasileira. E que temos pessoas como o Dr. Marconi Pimenta. Esse é Juiz de Direito por Direito.Temos que acabar com isso no nosso País. Homens de bem tem que ocupar esses espaços que os chefes dessas quadrilhas ocuparam na política Brasileira.

  • A nota aí publicada corrobora com o pensamento de todo o cidadão de bem deste País, que estarrecido vê a cada dia, falcatruas e mais falcatruas sendo descobertas e ainda mais, as coisas são feitas de forma acintosa sem preocupação de que possam ser punidos. O povão, pouco ou quase nada esclarecido é utilizado para perpetuar em cargos vitais ao desenvolvimento do país, verdadeiras víboras que no intuito de manter-se no poder fazem qualquer tipo de conchavo. Agora mesmo, a Presidente está prestes a enfrentar um verdadeiro batalhão de deputados da sua base aliada que se não tiverem o R$ das emendas parlamentares liberadas, travarão e não votarão mais nada na câmara.
    A nação necessita com urgência de uma reforma política que diminua a quantidade de partidos, muitos dos quais, ditos nanicos só servem para fomentar a ganância e o poder de outros,reforma do juduciário com leis duras para colocar na cadeia aqueles que prejudicam com desvio dos recursos públicos a maior parcela da população que é o pobre, econômica, para diminuir o pesado fardo de impostos.Isto é função do parlamento, porém, muitos não querem pois fere os seus interesses.
    Parabéns à PF e parabéns a banda boa da imprensa brasileira.

  • Parabens ao trabalho da Policia Federal, o povo brasileiro trabalhador agradece, ignorem essa minoria que insiste em proteger esses gatunos, como diz a Alcilene, PF voce é LINDAAAAAAA.

  • A algema é a proteção do preso, mesmo. Evita a condição de provável suicída! Que bom se fosse verdade. Essa “regalia” deveria ser apliacada em todos os presos nas mesmas condiçoes, por exemplo, um “peixe graúdo” da Polícia Federal no Rio de Janeiro, envolvido em falcatruas não teve o mesmo tratamento, não foi algemado para o presídio. Ainda foi levada no carro da polícia federal, no banco de trás com ares de despreocupação… Chega de cinema! Depois de uma semana, eram 38 presos, e agora?! Paraece-me que são apenas 2, depois de amanhã nem um. E o crime compensa.

  • Parabens a PF. Excelente o artigo da PF e parabens tambem ao comentario do Juiz Marconi Pimenta. Posição clara de uma autoridade do judiciario Amapaense nos deixa feliz.

  • A Polícia Federal é merecedora de todo investimento possível em infraestrutura e pessoal para que continue fazendo o seu excelente trabalho em defesa da democracia e da dignidade das pessoas de bem deste país. Data vênia, mas nada irá descredenciar o valioso trabalho desenvolvido aqui no Amapá e no Brasil pela Polícia Federal. Talvez uma das instituições mais sérias deste país.

    • Depois da faxina que fizeram à alguns anos atráz e da entrada de novo policiais, pra mim sem dúvida é a instituição mais confiavél do Brasil ao lado do MPF. Pena que seja subordinada ao executivo, foco dos maiores escandalos de corrupção.

  • A Polícia Federal sempre foi e sempre será uma polícia séria e que merece o nosso respeito. Esperamos que não desanime com todas essas investidas, certamente, de pessoas interessadas em proteger bandidos, que roubam o dinheiro público, mantando os nossos irmãos mais pobres e humildes de fome.
    Chega de cadeia e de algemas apenas para pobres.
    A Polícia Federal tem transformado o nosso Estado num lugar de respeito, pois com muito trabalho e coragem tem colocado na cadeia criminosos poderosos e causam sérios danos para a sociedade.
    Parabéns a todos os delegados, agentes, procuradores federais e justiça federal do Amapá, pela resposta dada a quem se aproveita do dinheiro público em detrimento de tantos brasileiros inocentes.

  • Estou convicta que este é o melhor caminho para tirar a democracia brasileira do papel e e alertar às instituições “democráticas” que se utilizam, anacronicamente, do autoritarismo para impor poder, roubar e enganar a sociedade, cujas principais vítimas são os mais carentes. Sou a favor do trabalho da PF e desse excelente trabalho de jornalismo que você, Alcinéa, realiza. Ainda há esperança!

  • O NOSSO ESTADO DE DIREITO ESTÁ COM OS VALORES TÃO INVERTIDOS QUE TEM DUAS FRASES MUITO USUADAS QUE EXPLICAM A TRISTE REALIDADE EM QUE VIVEMOS:
    “HOJE NO BRASIL FAZER O CERTO É ERRADO, POIS O ERRADO É QUE É O CERTO!”.
    “SE FOR BOTAR TODOS QUE DEVEM A JUSTIÇA NA CELA….UÉ, QUEM VAI FECHAR A CELA? ISSO SE TER CELA PRÁ TANTA GENTE!”.
    ESSE É NOSSO PAÍS..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *