Biopirataria

Empresa dos EUA vende amostras de sangue
de índios da Amazônia por US$ 85 na internet

Reportagem de Chico Araújo, publicada no site da Agência Amazônia de  Notícias, mostra que a empresa norte-americana Coriel Cell Repositories, sediada em Camden Nova Jersey, mantém à venda em seu site amostras de sangue de índios brasileiros.
Por módicos US$ 85 (R$ 134,13) uma pessoa de qualquer lugar do planeta pode comprar, sem sair de casa, amostras de linhagens de células e de DNA do sangue das etnias Karitiana, Suruí e Ianomâmi. Se tiver disposta a gastar mais, a pessoa pode também encomendar amostras de sangue de índios do Peru, Equador, México, Venezuela e de diversos outros países.
A oferta do sangue ocorre há mais de uma década e o caso já foi até capa  do jornal The New York Times.

Leia a matéria clicando aqui

  • se eles quiserem um pouco do meu eu vendo!
    o brasil podia ta ganhando dinheiro exportando sangue…rsrrs
    é uma sacanagem!

  • UMA VERGONHA PARA TODOS NÓS VERMOS!!!!Vale ressaltar que para os Ianomames o sangue é um tabu e quando um indio morre seu corpo é queimado e suas cinzas são usadas em rituais indigenas, não podendo ficar nada aguardado, inclusive o seu sangue, pois para eles o indígena não estará em paz! ISSO É UM DESRESPEITO AOS INDIGENAS, UMA GRANDE DESHONRA NÃO SÓ COM ELES, MAS COM TODOS OS BRASILEIROS!!! O PATRIMINIO GENETICO DOS NOSSOS INDIOS DEVE SER PRESERVADO !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *