Boca no Trombone

Leitora do blog denuncia que o Governo vai substituir as atuais máquinas de hemodiálise por outras sucateadas.

Leia:

” Bom dia Alcinea, venho aqui através deste pedir o seu apoio à esse absurdo que querem nos submeter.
Me revolta saber que o pouco que ainda está funcionando corretamente e satisfatoriamente no nosso Estado, será acabado. É um absurdo o que vão fazer no setor de Nefrologia com os pacientes renais crônicos, substituir as perfeitas máquinas de hemodiálise que funcionam atualmente, pela antigas aposentadas há um tempo, estas que causavam um grande índice de contaminação e óbitos. Não acredito que esse Governo só queira agir pensando em valores, verbas e deixando de lado a qualidade, principalmente na área da Saúde, que ta um caos.

Aos que estão à frente dessa substituição injusta por motivos banais, os defino como Desumanos, Inconsequentes, Ignorantes e Injustos.

Autoridades competentes do Governo do Estado do Amapá, coloquem a mão na cabeça e imaginem um parente seu (sua mãe, esposa, marido, filho…) dependente de uma máquina pra filtrar seus rins, onde a vida se resume à se sujeitar 12 horas semanais em leitos para tal procedimento. Que Deus os livre desse acontecimento, e guie melhor os passos e essa decisão que muito pode mudar a vida de inúmeras famílias. Não acabe com a saúde de um Estado que já esta se acabando em muitos setores, onde a população iludida e esperançosa, colocou “alguém” cheio de promessas no poder, e ao contrário do que se esperava, só tem mostrado e cometido atos traiçoeiros e medíocres. Fica aqui meu PROTESTO!!!

Há quase quatro meses descobrimos que meu marido aos 31 anos de idade, estava com seus rins paralisados, hoje ele se submete à esse procedimento de hemodiálise, e muito nos preocupa essa atitude que o Governo está querendo tomar. Só quem convive diretamente nessa área da Saúde, sabe o quanto é sofrido e revoltante ver muitas pessoas e famílias atordoadas com a péssima situação que se encontra a saúde, tantos enfermos sofridos e dependentes de recursos públicos, hospitais públicos, que nada podem fazer, a não ser aceitar à essas decisões duras e cruéis tomadas pelas autoridades.

Estou tentando fazer a minha parte, não posso mais que isso, mas quem sabe se nos unirmos e divulgarmos, eles se conscientizem, pois ninguém pode calar uma população que clama por Justiça.

Obrigada desde já, e fico à disposição para qualquer dúvida, sugestão ou informação.

Michelle “

O espaço está aberto para o Governo do Estado se manifestar se assim o desejar

  • Sou renal crônica e essa situação muito preocupa pois estou lutando pela vida desde que soube que meus rins estavam paralizados me dói saber que ainda à pessoas que acham que onze meses de gestão é pouco, e se não me falha a memória “nosso governador ” sempre dizia:
    DINHEIRO TEM, TA FALTANDO GESTÃO?
    E agora tá faltando o quê?

  • Gente o que é isso que está acontecendo? Parece q tudo o q acontece agora no governo do Camilo é bicho-de-doze-cabeças.Qualquer notícia, informação ou problema que vem à tona vira um fuzuê maior do mundo. Sabemos q não está bom, q tem q melhorar, e muito , mas sejamos sensatos, ao menos vemos que tem gente trabalhando e tentando acertar. Antes de divulgarmos ou falarmos algo vamos checar pra ver se procede. Falar, criticar é muito fácil. Agora vá para o from de batalha para ver q o buraco é bem mais em baixo.Sabemos que ele assumiu o Governo pra isso , vamos dar tempo ao tempo e lembrar como ele pegou o desgoverno passado. Penso q o maior desafio do governo do PSB não é só resolver os problemas de saúde , educação e segurança e sim romper a torcida do contra de alguns setores e pessoas q se sentem de alguma forma desprivilegiadas, como disse sabiamente o jornalista Corrêa Neto em seu blog “todos tem o direito de criticar a situação da saúde no Amapá , menos aqueles que durante muitos anos nada fizeram e ainda contribuiram diretamente pra deixá-la como ficou!. Um exemplo é o sindicato dos médicos: onde estava o sr Fernando Nascimento ou outro dirigente q estivesse na presidência do sindicato todos esses anos? Agora o cara só vive na mídia reclamando, exigindo melhores condições de trabalho … até ai td bem , mas só agora José?

    • Votei no atual governo e estou sentindo na pele o que está escrito nesta nota. Esperar melhor todos nós podemos, mas precisa piorar a situação da população em quanto muitos sabem o que está acontecendo com o dinheiro que cai na conta do governo. Mudança boa é bem vinda, ruim fica para pessoas que gostam de tampa o sol com a peneira.

    • Meu amigo, isto aí que vc leu é jogada do pessoal da harmonia ainda, o contrato atual (herdado do governo passado) é cheio de fraudes e preço superfaturado, além de que o governo paga por supostas máquinas instaladas em Santana que todo mundo sabe que não existem!! Há no mercado “n” máquinas mais sofisticadas do que essas que estão intaladas aí!! E os preços??? Faça uma licitação e vc verá a alta qualidade das máquinas que serão oferecidas pelo menos 40% mais baixos, desde que propinas não sejam incluídos nos preços!! O GEA tem que licitar sim, e esse negócio de ficar soltando “diabinho” é para confudir a opinião pública. Se vai haver licitação, é claro que serão colocadas máquinas novas, não existe esse negócio de trocar por máquina sucateada!! Pura invenção!!!

    • E agora José por que não é um parente seu…a saúde publica deste estado é uma atrocidade sem tamanho….sou de laranjal do jari e vou te falar estou movendo uma ação contra o governo do estado pois perdi uma sobrinha(18) por erro médico em laranjal do jari, tudo porque não há atendimento nem medico para alta complexidade e quando os médicos resolvem “transferir” ou remover para macapá é tarde demais e tem um agravante não há médicos especialista para atender a demanda …. è o CAOS!!! Vamos pras ruas Minha gente vamos protestar, vamos divulgar nos meios de comunicação: LARANJAL DO JARI PEDE SOCORRO!!! ABAIXO O CORPORATIVISMO….

  • Na troca de maquinário de hemodiálise de maquinas boas para maquinas sucateadas, tem que se ver que não é picuinhas políticas em jogo e sim vidas humanas. Se essa troca mexer com estado de saúde de meu pai, vai ser olho por olho dente por dente. Quem avisa amigo é.

  • A SESA vem através dessa nota informar aos leitores deste blog, em especial a pessoa que assinou a denúncia sob o título “Boca no trombone”:
    Não procede a informação de que as 38 máquinas de marca FRENESIUS (4008S), que hoje realizam a diálise em pacientes renais crônicos no setor de Nefrologia, localizado dentro do complexo hospitalar serão trocadas por outras de qualidade inferior. Acontece que, o contrato emergencial firmado com a atual empresa tem um prazo a cumprir até que se finalize o processo licitatório, o que não significa sob hipótese alguma que o Governo do Estado/SESA irá compactuar com o retrocesso no setor que vem realizando suas funções de forma satisfatória.
    O secretário da Saúde, Edílson Mendes Pereira, garantiu que, mesmo que aconteça a troca da empresa, as máquinas não serão de referência inferior.
    Portanto, o Governo do Estado através da SESA reafirma o compromisso com a busca pela qualidade na saúde pública no Amapá.

    Chistina Hayne
    Gerente Geral de Comunicação / Sesa

    • Que bom que vc garante, pois vamos cobrar. Não tentem enganar pessoas que estão sofrendo, pois e o mesmo que enganar a Deus.

    • Com certeza. Todos os Profissionais que laboram na Nefrologia da SESA são pessoas altamente Qualificadas e Responsáveis ao Extremo. Podem ter certeza que o governo abrirá a Licitação (pública aberta a todas as empresas, uma vez que o contrato atual está sob a égide de uma Emergência), já não mais amparada na Lei 8666/93. Concluindo, correto está a proposição do Governo do Amapá em nome da Transparência, diminuir inclusive os valores praticados, ora, Superfaturados.

  • Esgotadas as suas possibilidades, recorra ao Ministério Público, é dever do MP agir contra estes atos estapafúrdios a favor da população. Faça isso através da associação de pacientes com doenças crônicas, caso não exista, um advogado poderá fazê-lo. É para isso que existe o MP.
    Não existe diferença entre cabeça de político e bumbum de nenê, a diferença é que o nenê ainda avisa quando a caca vem e o político é imprevisível, mas sabemos que vem.
    Boa sorte na sua empreitada.

  • Posso imaginar a preocupação da Michelle , pois meu pai é paciente renal crônico há muitos anos, e acompanho de perto tudo isso. Sou contra a esta troca também. Aqui fica meu apoio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *