Boca no trombone

Recebi por e-mail com pedido de publicação:

“Olá Alcinéa,
quero lhe informar que a água do Hospital de Emergência está contaminada pela fossa que está ao lado do poço artesiano. Ela está com odor forte (de cocô mesmo) e todos estão correndo risco de saúde iminente.
A água para fazer os alimentos está vindo de fora pela empresa terceirizada de alimentos. Mas, o restante dos pacientes não sabe disto. Acredito que através do teu blog podemos resolver isso.
Fernando”

O espaço está aberto para a Secretaria de Estado da Saúde se manifestar se assim o desejar.

  • Nota de esclarecimento

    “A secretaria de Estado da Saúde (Sesa), vem por nota esclarecer, o pôster publicado no dia 18 de outubro em seu blog com o título “Boca no Trombone”, que trata de denúncia referente à contaminação da água do Hospital de Emergência (HE).
    Ao ter conhecimento do fato, a secretaria de Estado da Saúde (Sesa) encaminhou para o Hospital de Emergência (HE) técnicos para apurarem o caso denunciado. Em relatório, foi informado que a água do HE não apresentava contaminação ou mesmo odor semelhante a fezes e a empresa que fornece alimentos no hospital vem usando a água do poço artesiano que abastece a referida unidade de saúde.

    Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa)”

  • Na condição de Cidadão Brasileiro pai de três filhos, dois deles amapaenses estive no hospital de emergências com seguinte objetivo:
    Ajudar na solução do problema ocorrido , Logo na entrada me deparei com uma equipe de trabalhadores que me passaram as seguintes informações:
    Um novo poço artesiano com 56 metros de profundidadejá esta em funcionamento.
    “ passamos o final de semana inteiro na construção deste poço Sr. Cardoso”. informou o Sr. Raimundo chefe da equipe no local.
    Mesmo assim me coloquei a disposição da administração daquele hospital que me comprovou : todas as providências estão sendo tomadas.
    Ta na hora de fazermos nossa parte . Amanhã eu poderei precisar daquela instituição, ou você.

  • Sabem aquele contrato milionário que foi feito no início do ano de emergencia, pelo então secretário EG, para exames laboratoriais com a Diagnocell??? Eles precisavam de seis meses para realizar a licitação?? Foi um Deus nos acuda na imprensa, denúncia pra todo lado?? Pois bem, no Diário oficial de ontem, saiu mais uma emergencia de mais de 1milhão para mais 3 meses, com a mesma Diagnocell. Pasmem!! A Sesa não conseguiu fazer a licitação em 6 meses?? Que raio de gestores temos na Sesa?? Camilo, meu jovem, acorda!! Arruma a casa senão vc não passa a copa no Poder!! Assim caminha a Sesa!!!

  • E segue a mudança prometida… na terra do nunca! Personagem principal “peter CAMILO pan” ou simplismente Pinoquio.

  • Ah, que diferença faz, se tratam usuários da saúde como “merda” nada mais justo que água de fossa. Condiz.

  • Há quantos anos essa merda de cocô vem contaminando esse poço artesiano? Será que ninguém, mais ninguém mesmo viu isso durante esses anos todinho? Coitado do Camilinho! O povo que estava cego agora resolveu enxergar tudo. Mesmo com todo o esforço de vir água saudável de um outro local, até a secretaria resolver o problema da água contaminada, que há muito tempo servia a população doente daquela entidade! Né seu Fernando? Gente, vamos falar, vamos cobrar sim, para que o amapá não passe por toda essa vergonha que estamos vivenciando no nosso dia a dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *