Caiu a censura ao Estadão

SÃO PAULO – O Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ-DF) derrubou nesta terça-feira, 15, a liminar que proibiu o jornal O Estado de S. Paulo e o estadão.com.br de publicar reportagens que contenham informações sobre a Operação Faktor, mais conhecida como Boi Barrica.

Com a decisão, o estadão.com.br fica autorizado a veicular as conversas telefônicas que apontam envolvimento do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), na contratação do ex-namorado de sua neta, por meio de ato secreto, além dos desdobramentos do inquérito em que Fernando Sarney, filho do ex-presidente, é investigado.

Leia aqui

  • Olá, Alcinéa.
    Gostaria muito de assistir, na próxima sexta-feira (2), o DVD contendo o depoimento do empresário Paulo Lisboa, da Ecometals, que revela o pagamento de royalties à Assembleia Legislativa, por cada tonelada de minério exportado. Infelizmente o convite foi direcionado aos deputados e a imprensa e tenho certeza que vc ou sua equipe estará lá e vai brevemente nos relatar o conteudo do curta metragem.

  • alcineá,
    Também não! O fofo queria esconder um Boi Barrica, que é porrudo praca. Se fosse aqui ele escondia até a fazenda de burro todinha.Mas lá a rabada é mais em baixo.Lá vem cacete,Puro….
    Tão prendendo gente em Macapá? O Fofo só tem duas alternativas. Deliga o celular, ou vem pra cá ajudar os caras.Tô certo?…
    Muleke, que adora ver os outros dançá Boi Bumbá.

  • Pois é cara Alcinéia. Não é que vosso representante disse, num discurso hoje que, a mídia é inimiga das instituições:” É por essa contradição que existe hoje, um contra o outro, que, DE CERTO MODO, A MÍDIA PASSOU A SER UMA INIMIGA DAS INSTITUIÇÕES REPRESENTATIVAS. Isso não se discute aqui, não estou dizendo isso aqui, estou repetindo aquilo que, no mundo inteiro, hoje, se discute”, disse o presidente do Senado.
    Lembrei-me do poeta Cearense; ”Poupai-me Senhor, do vexame de morrer tão moço, muita coisa ainda quero ver”
    E vi!

  • Olá, Alcinéa.
    Meu nome é Camilla Machuy. Eu sou estudante de Jornalismo da Universidade de Brasília e admiro muito o seu trabalho com o site. Nós estamos produzindo, pelo canal da Universidade, UnBTV, um programa sobre ética de divulgação de informações na internet. Gostaríamos que você participasse falando da sua luta pela liberdade de expressão e como o meio virtual possibilitou que isso fosse feito. A ideia é realizar uma entrevista online. Poderíamos entrar em contato por email?
    Agradeço desde já a atenção.
    Saudações.
    Camilla
    [email protected]

Deixe uma resposta para francisco lima Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *