Que coisa fofa! (argh!)

Da Folha.com

PT e PMDB comemoram aliança com bolo

Catia Seabra
DE BRASÍLIA

Enquanto o PR ensaia uma rebelião, o PMDB valoriza sua aliança com o governo da presidente Dilma Rousseff. Nesta terça-feira, o partido deu um bolo ao PT com as imagens de Dilma ao lado do vice-presidente Michel Temer. Além das bandeiras das duas siglas, a inscrição: “amor à primeira vista”.

O presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), publicou em seu perfil no Twitter uma foto do almoço com a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, em que foi comemorada a aliança entre o PT e o PMDB, com direito a um bolo confeitado.

Reprodução
Marco
Maia postou foto do almoço com Ideli Salvatti (Relações Institucionais)
Marco Maia postou foto do almoço com Ideli Salvatti (Relações Institucionais)

No topo do bolo, foram colocados dois bonecos (semelhantes ao utilizado em bolos de casamento), que lembram Dilma e seu vice. A foto foi postada com o seguinte comentário de Maia: “Participa de almoço com lideres partidários e comemora a boa relação PT-PMDB c/ presença min Ideli Salvatti”.

Segundo participantes, o mimo foi oferecido ao PT durante almoço entre líderes na casa do petista Paulo Teixeira (SP).

Cândido Vaccareza (PT-SP), líder do governo na Câmara, também comentou o bolo no Twitter: “Dilma e Temer são os noivos que enfeitam o bolo, que é a sobremesa do almoço de líderes da base aliada nesta terça”.

PR

Numa demonstração de seu incômodo com a escolha do novo titular do Ministério dos Transportes, o comando do PR na Câmara decidiu boicotar o almoço oferecido hoje pelo líder do PT na Casa, Teixeira, à ministra Ideli Salvatti e demais aliados.

“Estou tentando sair daqui [da Câmara] e ir lá”, desconversou o líder do PR, Lincoln Portela (MG).

O deputado Luciano Castro (RR) ironizou: “Não fomos ao almoço porque estamos de regime”.

A nomeação de Paulo Sérgio Passos para o ministério deixou a bancada do PR na Câmara insatisfeita. O que mais irritou o partido não foi nem a escolha do nome de Passos, mas sim a condução do processo.

Lideranças alegam que foram avisados da decisão da presidente Dilma Rousseff pela imprensa, apesar de a ministra das Relações Institucionais ter dito, na semana passada, que o cargo seria indicado pelo PR.

    • No período eleitoral, a maioria se prostitui, seja por R$ 26,00, seja por 1 milhão, seja por um cargo.
      Tramita no Congresso uma lei que tenta proibir a prostituição sexual. Deveria ser criada, também, uma lei contra a prostituição eleitora. Essa, além de ir de encontro à moral e os bons costumes, vai de encontro a ética na política.

  • Eis o retrato da hipocrisia que assola a politica no País, enquanto isso, naquele ministério é hora de acomodar as coisas, pois, é o que deve estar sendo comemorado.
    Posso me corromper a vontade, a massa de manobra esquece rápido, se eu instituir mais uma bolsa, aí mano….

  • Se eu soubesse que esse festival das estrelas fosse capaz de operar milagres teria participado. Mais uma vez o governador Camilo Capiberibe se mostrou como um verdadeiro moleque sem responsabilidade e sem compromisso com os trabalhadores do contrato administrativo, afirmou em redes de notícias locais que o pagamento seria feito hoje, inclusive os atrasados, tudo mentira, não foi depositado nem um real em nossas contas. Infelizmente estamos sendo governados por um homem sem palavra,eu só quero receber o que é meu por direito, é fruto do meu trabalho. Peço ao governador que nos de uma posição, pois temos compromisso a ser cumprido, se ele não honra seus compromissos e suas palavras não significa que todos são iguais a ele.

    • Se você de alguma forma acreditou no PSB meus pesâmes.
      Deste partido não se pode esperar cumprimento de palavra ou de acordo.
      Infelizmente a agremiação não possui este perfil e tipo de dignidade.
      Para quem acreditou o resultado se apresenta a olhos vistos.
      A toda a sociedade amapaense é servido um digno prato de intrigas e discórdias, recheado de brigas estapafúrdias e sem sentido. Sirvam-se!

  • Puta merda. Um bolo com a Cara do Temer? Mete medo em qualquer um. Se fosse pelo menos com a foto da Marcela ( esposa do Dito) , ainda vá lá que seja.
    Muleke, que sempre achou que Brailia era uma piada, mas agora eles exageraram.

  • Puta merda. Enquanto eles comem o bolo, nós o Povo, comemos m….. Elesm tem muito que comemorar mesmo. è uam aliança muito bacana mesmo: mesaleisos, sanguessugas, aloprados, boi pirata, fantasmas, amantes argentinas, bordel pago pelo contribuinte, mansões, castelos, etc… Uma gracinha mesmo. Um menege a trois, só que quem entra com parte “nobre” é a nação. Todos milionários, conselheiros de estatais,ministros, ….
    Muleke, que queria pelo memos um Cuí da sobra do bolo.

  • Emasculados e despersonalizados pelo dinheiro, mortos vivos. Até quando deixaremos prevalecer na política esse tipo gente pútrida? O diabo nem tem mais trabalho!

      • Reagir de que forma? Já fui militante do PT e votei no Lula no primeiro mandato. Aliás, não votei no Lula. Votei, sim, no combate à corrupção e na ética na política, que eram as bandeiras que o partido levantava. O resultado está aí com a história desse bolo.
        Na democracia, a reação se dá por meio do voto, mas pelo jeito não funciona.
        A política tornou-se uma espécie de prêmio de loteria. A gente joga, joga, com a esperança de um dia ganhar o prêmio. O problema é que tem gente que passa a vida jogando sem ganhar nada.

        • Olá, sabe meu, pensei um pouco no seu pessimismo relativo sobre a política partidária e enquanto procurava arrimos para apoiar um pouco de minha esperança na manifestação popular na política achei este artigo, http://www.correaneto.com.br/site/?p=10886 , bem aqui, no site do correa neto, resposta de Reinaldo Azevedo a Juan Arias. Apesar de ser tendencioso é bem realista em sua fundamentação. Até aí concordamos, mas estou pensando na indagação final do maluco. Acho que ainda dá. Mas só com muito trabalho.

          • Vou ler e voltaremos a discutir. Aprecio uma boa discussão com pessoas inteligentes.

          • FHC, li o artigo, por sinal muito bom. Lá, o cidadão é estimulado a ir pras ruas protestar e cobrar o trabalho dos nossoa representantes políticos. Boa sugestão para os desocupados, que não é o meu caso.
            Além do mais, talvez pelo fato de eu levar muito a sério o meu trabalho, discordo desta postura. O eleitor elege um cara para representá-lo no parlamento e depois tem que desperdiçar seu precioso tempo para cobrar um trabalho para o qual recebe honorários que em nada lembram o salário mínimo que aprovam para o real trabalhador. Que diabos de representação é essa? Pra que vale o voto, afinal? Por acaso só serve pra eleger os “representantes” que nada farão se não forem cobrados?
            O que falta não é cobrança, é comprometimento dos eleitos. E esse comprometimento integral acho que vou morrer e não verei.

          • Nossa, já compartilhei muito de seu pessismo, você me faz cogitar a possibilidade de retroceder. As vezes é desconfortável pensar que me tornei acomodado, mas a falta de compromisso que sinto encolhe com o comodismo de quem mais deveria cobrar. O que me inquieta é a atitude passiva dos trabalhadores mais pobres, vendem-se por duas ou três bolsas de 150 reais?! Por meia dúzia de peças de construção, por ingresso em boite! Sinto uma vergonha imensa quando encontro algum amigo estrangeiro e tocamos no assunto, eles simplesmente não entendem como toleramos a corrupção aqui. É perturbador demais! Paciência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *