Da caixinha de comentários

“Gostaria de ver o estatuto do idoso ser aplicado no Amapá, que não passasse de mera folha de papel, em respeito a dignidade da pessoa humana.
Leilian Rodrigues”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *