De volta aos plantões

Por volta de meia noite o juiz Reginaldo Andrade concedeu liminar ao Governo do Estado determinando que os médicos reassumam imediatamente os plantões nos hospitais estaduais.

Desde sexta-feira os médicos se recusam a cumprir a escala de  plantões.

  • Não reivindicar registro é cômodo, pois assim não respondem por acumulo ilegal de cargos com cargas horárias incompatíveis. É urgente a fiscalização, pois como pode um médico estar no São Camilo e Pronto Socorro no mesmo horário? Em algum ele não comparece, e adivinhem em qual?

  • Normalmente se presta o serviço e após há o pagamento. Com a classe médica não se deve ser diferente, não entendemos a intransigência, ou melhor, entendemos, não generalizando, mas têm médicos querendo receber sem trabalhar, quem é usuário do serviço publico de saúde esta careca de presenciar nos hospitais a falta dos plantonistas.
    Normalmente há acobertamento de falta ao trabalho por dirigentes de hospitais que são médicos, porém esses profissionais devem levar em consideração que deles dependem vidas, bem de imensurável valor, e quando tem alguém querendo botar ordem na casa, o resultado e a insubordinação para forçar a permanecer como estar, e o povo como fica, esse mesmo povo que ao comprar um quilo de feijão na mercearia do seu Manuel, contribuíram para que esses médicos concluísse suas graduações em universidades públicas.

  • Estou de total apoio com o governo do Estado do Amapa em assinar a demissão e o desligamento desses 20 médicos, que para eles é mais importante o dinheiro que eles ganhavam nos plantoes. Plantões que quando o povo procurava nas unidades de pronto atendimento, raramente esse grupinho de medicos não se encontrava no lugar. E quando estavam era e são pura inignorancia no atendimento com agente. Manchando assim uma classe 500 medicos em nosso estado, de supra importancia em uma cidade. Cadê o juramento que esses 20 medicos fizeram ao se formarem? Para eles, o mais importante é o dinheiro no bolso de que plantões que não tiravam. Pior de tudo foi saber que esse grupinho de médicos, nem residiam aqui no estado. Era bom essas merdas de medicos, esses 20, fossem embora do nosso estado e nunca mais voltem.

  • Na realidade uma parte dos médicos estavam acostumados a ganhar plantões sem prestar o serviço a sociedade. Agora que o governo quer reelmente moralizar essa farra, pagando a quantidade de dias trabalhados, eles se sentiram ofendidos. Existem muitos profissionais médicos que honram o que ganham, mas sabemos que a exsitem profisionais não cumprem de forma correta a escala e plantão.

  • Espero que o opovo não tenha memória curta para o atual governo e também para o governo anterior. Se estamos do jeito que estamos hoje é reflexo do governo anterior e desse atual governo. Precisamos votar consciente… lembrar as mazelas do povo. Espero que toda a população se lembre dessa corja.

  • Para um médico responder, por favor.
    Se alguém necessitar de uma consulta médica de emergência em sua residência, será que o médico se recusaria a aceitar um cheque pra dez dias?

  • Plantão médico não pode ser forma de complementação salarial e sim mais uma forma de jornada de trabalho.

  • Meus amigos,tudo isso é uma vergonha que vem acontecendo no Ap.Na época em que Camilo era deputado,ele era totalmente contra no que vem acontecendo hj., e,justamente na sua “digestão”.Hj o Ap é tomado por greves e descaso e desrespeito por várias classes que ajudaram o atual gestor a “desgovernar” o Estado.Lembro de vários empresários que gastaram milhões de reais em sua campanha,e,hj são desconhecidos por ele e sua cúpula.Desde agora fica difícil algum candidato a se meter em política nos municipios vestindo a camisa do PSB,mais dificil ainda vai ser ver o Camilo subir palanque de correligionários,é subir e ouvir o eco de vaia…Pobre povo,pobre Ap.Qdo será que vamos decolar?Pq ontem e hj nada mudou,talvez um dia mude,qdo realmente nós tivermos a sorte de elegermos um governo e parlamentares sérios que realmente tenham compromissos com o nosso povo.Enquanto isso o Ap,é sinônimo de vergonha nacional!!!!!

  • Os Deuses de branco querem receber sem trabalhar. Não admitem ninguém nesse plano espiritual para fiscaliza-los. Força Camilo! Há muita gente que te apóia nessa cruzada!!!

  • Sou médico e plantonista no PAI, (o nome correto devia ser padrasto, pois as crianças ficam jogadas, no corredor com suas mães), passo em média duas a três noites de plantão e no outro dia continuo trabalhando normalmente, mesmo sem ter dormido. Passo noites longe da minha esposa e do meu filho de quatro anos, o qual não acompanho seu crecimento, não tenho direito de adoecer, pois se o fizer não vou tirar esses tão falados plantões, pois não tenho nenhum contrato com o governo para fazer os mesmos, ou seja-me se tiro férias ou adoeco recebo apenas meu salário. Nesses dias de paralização passei 2 noites de plantão para dar suporte a vida dos pacientes internados, e não vou receber nada por isso. Fiquei apenas pq sou médico pediatra e penso nos pacientes. Já nesse final de semana o Sr. governador estava tão preocupado com a situação que na sexta estava jantando com sua família em um restaurante libanês e no domingo no Aqua… Reflitam bem de apoiarem esse arrogante e falarem mal das pessoas que salvam vidas…

    • É VERDADE Ñ PODEMOS DIZER Q AQUILO ALI É UM HOSPITAL ,E PRINCIPALMENTE DENOMINA-LO DE PAI,Ñ SEI NEM SE DE PADRASTO TAMBÉM ,AFINAL,TEM PADRASTO Q É ÓTIMO O Q N~É O CASO.

    • O governo faz muito bem em desmembrar sálario de plantão, pois como estava era facil, tirando ou não o plantão receberia. Embora o senhor se diga um médico dedicado, sabemos que nem todos são assim, tem médico que recebe plantão como especialista no Alberto Lima, quando na verdade fica em casa de sobreaviso. Quer um exemplo? Chega lá ameia noite precisando de oftalmologistas e verás quanto tempo vai esperar. Portando doutor não vejo porque tanta preocupação de sua parte, já que diz tirar plantão além do devido.

  • engraçado so culpan o CAMILO deisso e aquilo e n veem q ele pegou uma estado falido pelo governo GOES, eles deixaram o amapa sucateado e no entando so cruxificam o atual governo, desmandos de inresponsabilidade pesoas presas escandalos foi o governo passado hj algem vem e esta tentando reerguer mas n consegue, deixem o cara trabalhar..

    • vcs ñ conseguem outras desculpas e aí o WALDEZ É Q PAGA OPATO o CAMILO antes de ser governador era DEPUTADO e vivia incentivando greves e hoje ele massacra os funcionários públicos.e tem mais,se cortar ponto os professores não serão obrigados a repor as aulas,e ele sabe disso.

      • Então dona Iara, me digar como governo Waldez deixou nosso estado? Na melhor? As contas do governo estavam numa boa? E cade os 1.700 bilhao que sumiram dos cofres publico? E voce acha certo entao os homens de branco, medicos, receberem por plantoes que eles, a maioria nem estão la na hora que precisamos deles nos prontos socorros. O governador esta muito certo em corta os plantoes e so pagar quando esses medicos comprovarem seus plantoes.

  • Quem está com a razão não sei, o certo é que o governador não tem experiência e nem tato pra conversar com as classes, não tenho saudades do governo passado, mas me sinto enganado por ter votado nesse, que na campanha repetiu várias vezes que sentaria com as classes pra resolver os problemas e nem condições de trabalho ele dá aos profissionais, o curioso que ainda tem gente que agride os trabalhadores.

  • É importante que se conheca a verdade para depois julgar ou criticar:os médicos plantonistas trabalham sem nenhuma garantia ou direito trabalhistas,não há contrato de trabalho,muitas vezes se faz muitos plantões para suprir as necessidades do serviço,principalmente nos pronto-atendimentos,mesmos que isso custe muitas noites sem dormir e muitos finais de semana longe da família,este movimento não está pedindo aumento do valor do plantão,mas sim melhores condições de trabalho,as condições de trabalho.A classe médica está constantemente lutando por melhores condições de atendimento para a população,mas a pessoas desconhecem isso e não deveriam chamar os médicos de criminosos.Como se pode obrigar alguém a voltar ao trabalho se esta pessoa não tem sequer um contrato trabalhista?Pensem!

    • Pelo jeito vc é medico. Nao sou pobre como a maioria aqiu no estado e sempre procuro os prontos socorros quando preciso deles. E quando chego la a noite, cade os medicos de plantoes? E quando somos atendidos e uma arrogancia imensa. Nem sequer olham em nossos olhos. So basta falar o que temos e ja, praticamente da o diagnostico, so em ouvir, passa o remedio. Tenho certeza que os salaririos de voces nao é menos de 5 mil. Voces são medicos e não deuses. Pelo menos Deus olha para os mais necessitados e essa minoria que é de 20 medicos, so olha para seus bolsos.

  • Essa paralização dos medicos não faz sentido, o Governo não ta atrazando salarios, nem reduzindo vaor de plantões mesmo porque plantôes podem ser sim pagos em folha suplementar,onde fica o juramento de ‘HIPOCRITAS?que eles fazem quando saem da faculdade? parar foi uma atitude criminosa, a populaçâo tem que entender que o governo Camilo não é 100% tem sim boa vontade de colocar ordem nesse GALINHEIRO,, pois era assim que tava esse estado.nos presisamos sim de um prefeito afinado com esse governo se quizermos uma cidade bem cuidada pelos os proximosw dois anos…

    • Pinheiro, uma correção. Nós precisamos sim de um prefeito, mas, não alinhado com o governo e sim com a população e com a cidade, ok. A proposito dos médicos, devemos ter consideração sim, com os profissionais, mas a verdade é que prá cada ano de desmandos será necessário dois anos para recuperar, logo muitos acham q é só trocar d governo e tudo se resolve como mágica. Desenvolvimento é muito mais q isso.

  • Isso é uma vergonha para a saúde do estado ,sou médica e estou contra a classe médica desse estado, por favor receber sem trabalhar isso nao existe!!! apoio o iniciativa do governo e ainda assino em baixo!!!! tá na hora de contratar médicos de fora !!!!!

  • afnal temos direitos e deveres o q n pode é ganhar um plantao e n ir ou ir e sair cedo, maltratar um paciente, afnal eles fieram votos qdo foram diplomados so a eles cabe a decisao,o estado estava uma bagunça falido sem credibilidade nehuma pois herdou do governo anterior dividas e mais dividas e n pode de uma hora pra outra reeguelo.

  • O PSB em várias situações da história política do Amapá sempre planejou as greves, porque é um partido por interesses absolutistas. O Reizinho Camilo aprontou mandando pessoas do psb como se fosse professores protestar contra o movimento do sinsepeap. Agora judicializa o direito à liberdade. PROMESSAS DE CAMPANHA QUE RESULTARAM EM MENTIRA E DEMAGOGIA. FORA CAPIBERIBES!

  • Infelizmente quem paga com as greves é o povo!Nós não temos plano de saúde,muitos pais não tm condições de colocar filhos em Escola particular.E ainda tem político que defende greve, que todos sabem porque eles estão acontecendo.É o zé povinho que os elegem.

  • A VOLTA DOS MEDICOS AOS PLANTOES,ATRAVES DESTA LIMINAR,SÓ VAI FAZER OS MEDICOS SE JUNTAREM AOS PROFESSORES E OUTRAS CATEGORIAS DIVERSAS IREM DE CONTRA AO GOVERNADOR QUE ESTÁ DESGOVERNANDO O AMAPÁ E NAO DANDO A MINIMA EM COLABORAR COM REAJUSTES JUSTOS SALARIAIS.A REVOLTA DE TODAS ESSAS CLASSES VIRÁ AGORA CONTRA O PSB NAS ELEIÇOES MUNICIPAIS E NO FINAL DE 2014.É AGUARDAR E MANDAR O CAMILO PEGAR SEUS PANOS DE BUMBOS E SUMIR DA POLITICA NO AP.ISTO É SE ELE AINDA TERMINAR ESTE MANDATO.PQ DAQUI P/FRENTE É SÓ RETROCESSO NEGATIVO NO ESTADO.

    • Reflita amigo, talvez não seja apenas os salarios$$$, lembre-se muitos recebem sem dar plantões. Talvez voce tenha plano de saude, mas o povão não. Outra coisa, o governador não poderá dar aumento sem critérios o dinheiro não é dele é do povo, entendeu. Talvez o anterior não soube impor rédias no governo, o resultado você viu, né. Não me diga q está com saudedes do governo anterior. Lembre-se, todos esses debates são ótimos para a população, e não o silêncio de todos. Temos que provocar o sistema sempre, isso gera desenvolvimente, além de trazer muitos para o debate.

      • “…o dinheiro não é dele é do povo..”
        Vcs defensores da Oligarquia cada dia mais estão apelando, o povão já começou a pegar ódio do pessoal amarelinho de tanta confusão que esse desgoverno faz !

  • Atitude criminosa dos médicos que se negam comparecer nos plantões. São vidas que estão em “jogo”. Será que eles não tem compaixão, afinal cada médico recebe 1000 reais por plantão, já no governo passado era 600 reais.

    • J Fonseca,os médicos trabalham nos plantões sem nenhuma garantia ou direito trabalhista,não há contrato para plantões,muitas vezes se faz muitos plantões para poder cobrir a necessidade do serviço,mesmos que isso lhe custe muitas noites sem dormir,fins de semanas longe da família e muito cansaço,se fosse tão bom como você imagina nâo haveria falta de médicos no Amapá,onde as condições de trabalho e de vida são muito ruins em relação às outras capitais brasileiras .Converse ou conviva com médicos para depóis chamá-los de criminosos. Este movimento atual não está pedindo aumento salarial mas , direitos trabalhistas , médicos que aqui insistem em viver e trabalhar e que lutam por melhores condições de trabalho constantemente,apesar da população desconhecer este fato,merecem ser apoiados e não ofendidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *