Deputado Camilo quer que os R$ 21 milhões do aluguel dos tablets sejam direcionados para o abono dos professores

Na manhã desta segunda-feira, 17, o deputado Camilo Capiberibe oficiou o governador do estado do Amapá, Waldez Góes, requerendo que os R$21 milhões do aluguel de tablets seja direcionado para complementar o Abono do FUNDEB aos professores e para incluir os trabalhadores da UDE e demais servidores da educação deixados de fora no pagamento da primeira fase do Abono.

Após ofício encaminhado ao Ministério Público, na última sexta-feira, 14, o MP do Amapá, pediu a suspensão imediata do contrato. Diante desta situação, o deputado Camilo propôs a recolocação do recurso.

(Texto: Nicole Lemos/Gabinete do deputado federal Camilo Capiberibe)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.