Desabafo de moradora do Boné Azul

“Prezada jornalista, gostaria de aproveitar o espaço do seu blog para tentar fazer com que a minha reclamação chegue a quem possa ajuda fazer alguma coisa por nós moradores do Boné Azul.

O Governo do Estado através do IMAP anunciou que expediria o Titulo  Definitivo dos terrenos do Boné Azul, mas já faz quase um ano ( faz em setembro) que a promessa foi feita e ate agora nada de concreto.

No mês de julho/12 uma equipe do lote legal esteve aqui no Boné Azul e fez cadastro dos moradores, pegou cópia de nossos documentos e mais nada, quando vamos no IMAP dizem que não tem previsão da entrega dos títulos.

Ai é que começa a nossa revolta, o IMAP não deixa quem tem condições financeiras de fazer a titulação via cartório, de fazê-la, por outro lado vem aqui e promete o que não tem condições técnica de fazer.

Fiquei sabendo que os Loteamentos Amazonas e Pantanal só foram titulados porque são loteamentos que o Governo os comprou pronto, apena selecionou as famílias e assentou, os demais como Marabaixo, Renascer, Brasil Novo e o meu boné Azul, não são legalizados no cartório de imóveis e na prefeitura, por culpa disso não podem ser titulados, mas se não podia porque prometeu titular?

Gostaria que o Senhor Governador do Estado tomasse uma providencia e fizesse valer a sua palavra e mande que o IMAP conclua os trabalhos que promete emitir títulos definitivo a custo zero aos moradores do Boné Azul, o tão anunciado  LOTE LEGAL.

Prof. Ana Cristina

Moradora do Boné Azul.”

  • Nunca opinei neste espaço, mas não posso deixar essa sem comentar: primeiramente, programa LOTE LEGAL, com este nome era da PMM, porém “fontes” deixaram isso “vazar” pro GEA, que o lançou na frente como estratégia do Sr. Camilo pra aparecer como “o salvador da pátria”, pondo povo pra chorar na TV agradecendo titulo de “terra” numa casa construida no lago, onde NÃO EXISTE TITULAÇÃO. Mas o GEA está querendo entregar o “filho” como se fosse seu, sem pedir à PMM que emita o título. Até onde eu sei, nenhuma emissão de título foi solicitada nem paga à PMM, para regularização dos lotes. Mas, como nessa cidade tudo vira arma política, ficam colocando lenha na fogueira pra confundir o eleitor. O Boné Azul e outros lugares, como o Marabaixo, não podem ser titulados pela SEMDUH, pois não pertencem à matrícula do Município. A União têm que repassar essas áreas em questão ao Município. Quem tá mentindo agora? Mostre que pagou o “Licenciamento de Regularização”.

    • Questão de Informação.

      Fui Informado que a SEMDUH realmente tem um processo correndo para regularização do loteamento, Porém pendencias documentais, se os responsáveis pela solicitação comparecerem a Secretaria. Não emperramos nada do GEA, pelo contrário, até o momento agimos dentro da lei e fomos orientados a não entramos nessa guerrilha de um exercito só.

  • Fizerão a mesma coisa aqui em Santana, foi assim, eu moro em Santana e minha mãe tem um lote na ilha de Santana, o IMAP esteve lá na ILha a uns dois meses atras, com esta mesma historia, fizerão cadastro dos moradores recolherão copias de documentos e sumirão, o prometido titulo definitivo a custo zero ficou so na promessa, ja fomos no IMAP e disserão que não tem previsão.

  • Durante muito tempo o governo do Estado ficou omisso perante a situação fundiaria do Estado,portanto, jamais houve um Programa de Governo que alcançasse essa magnitude. Ao final do Programa Lote Legal serão emitidos cerca de 6.500 Titulos Definitivos. Portanto, Professora Ana Cristina, mobilize-se e vá para frente da Secretária Municipal de Desenvolvimento Urbanistico e Habitacional-SEMDUH (PMM)para cobrar o Alvará de Licenciamento do Loteamento Boné Azul, pois o mesmo já foi pago pelo Governo do Estado e até agora não foi liberado, prejudicando o andamento das atividades do PROGRAMA LOTE LEGAL coordenado pelo IMAP. FAÇA sua parte…

    • Querida Sirlandia, você é a secretaria do Presidente do IMAP, sua hostilidade reflete bem a forma como nós, o publico, somos tratados no IMAP. Os moradores do Boné azul já fazem a parte que lhe competem, com seus impostos, resta o poder público fazer a parte dele.

  • o Programa Lote Legal- Boné Azul tem enfrentado “difculdades” (se é assim que pode ser dito ) na prefeitura municipal de Macapá, o programa desde abril está amarrado na (in)competencia da PMM em emitir a documentação necessária para a conclusão dos serviços… vale lembrar que esse é um programa que visa a regularização gratuita dos loteamentos… e é feita seguindo um cronograma pré-estabelecido na sua concepção/idealização. Entendo tal indignaçãopor parte dos Beneficiarios do Programa (moradores dos loteamentos : boné Azul, Marabaixo 1 2 e 3, renascer…) , tal indignação tambem faz parte do corpo técnico do IMAP, que nao esperava encontar as dificuldades por parte da prefeitura em uma ação social tao importante para o desenvolvimento digno da população… e no ambito de suas competencias tem mostrado que é possivel sim a regularização Fundiária gratuita…

    • Então a culpa é dos outros, neste caso a prefeitura.
      Não quero acreditar mas você não me deixa escolha: parace uma estrategia politica, se a candidata do governo for eleita o projeto continua, com a parceria da prefeitura e governo.
      MEU DEUS ONDE ESTA MPE QUE NÃO VÊ ISSO?

  • Concordo com a reclamação! Tenho um terreno no Marabaixo III e já tentei de todas as formar titularizá-lo mas não consigo, na IMAP dizem que tenho que esperar a equipe do Lote legal passar pelo bairro para poder realizar o processo. Temos que esperar até quando?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *