Desabafo do leitor indignado com o Hospital de Emergências

Recebi do leitor Ronan Rocha com pedido de publicação:

” Estou COMPLETAMENTE INDIGNADO com o HOSPITAL DE EMERGÊNCIAS daqui de Macapá-AP.

Hoje de manhã (01/03/2013) uma senhora idosa, começou a passar mal na fila de prioridade do Banco Itaú da Leopoldo Machado, ligamos pro SAMU e Corpo de Bombeiros, em ambos os casos falaram que não tinham ambulância em funcionamento para socorrer a senhora. Foi então que colocamos a senhora no meu carro e corremos pro Hospital de emergências, chegando lá, depois de fazermos um escândalo pedindo ajuda, fomos informados que não tinha maca disponível e os médicos pareciam que não estavam nem aí pra situação. Tivemos que carregar a senhora e transitar por várias salas até chegarmos a de emergência. A impressão que eu tive foi que uma vida não vale nada. Pessoas totalmente despreparadas para trabalhar em um hospital de EMERGÊNCIA!

Infelizmente a senhora não resistiu e veio a falecer, creio eu que o motivo com certeza foi a demora em prestar o atendimento.

Até quando pessoas precisam falecer no hospital de emergências para tentar melhorar aquele ambiente? Acorda Macapá! “

  • Faz-se emenda para conjunto habitacional (não menos importante), para estádio (menos importante), para praças, para prédios outros, e ninguém, nenhum parlamentar indica emenda para construção de um novo hospital de emergências, de preferência para traumas como já existe no resto do País. Tá na hora.

  • A responsabilidade é de todos: cidadão, gestores, trabalhadores da saúde, governantes e, principalmente, dos órgãos de fiscalização. Mas, ocorre que – na prática – por causa, fundamentalmente, dos interesses privados (individuais) a maioria não se percebe responsável. Aliás, os órgãos de fiscalização, geralmente, sabem o que acontece de errado, mas são inertes. No final, o que importa é que cada uma “garanta o seu lado”. A inércia destas instituições é mantida porque ninguém está disposto a dedicar um parte do seu dia para pedir providências para este tipo de situação e outras irregularidades. Vejam: alguns funcionários da saúde, dizem fazer o máximo possível diante das péssimas condições de trabalho, contudo nunca procuram os órgãos competentes para denunciar as “atrocidades” que acontecem nestes lugares. Por que, diante destes fatos, ninguém faz o que determina a moral e a ética?

  • Infelizmente tem pessoas que ainda tem saudades da turma da harmonia, poucos deixaram de ganhar o dinheiro fácil e prejudicando toda uma população que depende de orgãos cruciais para exercer sua cidadania. Mas acredito que falta gestão em todos os orgãos seja na esfera municipal ou estadual. Pois cocordo com o discurso do Camilo “Dinheiro tem mas falta Gestão”, pois depois de dois anos ainda não se viu gestão, mas os secretários inconpetentes são os que se dão bem no fritar dos ovos.

  • Entra e sai governo e nada muda em alguns locais ( cea, pronto socorro e etc), me parece viciado, é nesses lugares que está o ralo da pia dos caixas (2,3 e etc).

  • A vida dos nosso cidadãos na mão desse políticos inescrupulosos é o maior perigo que há hoje em Macapá. Quem tem dinheiro vive, quem não tem morre esperando socorro.

  • Não adianta espernear, nem gritar, nem ranger os dentes, sem ação direta, sem tomada das ruas, NINGUÉM irá mover uma palha por nós.

  • Gravíssima esse relato de descaso e negligência do poder público com o atendimento de emergência ao cidadão(ã). Não dá pra ficar calado!. Uma vida foi perdida por falta de ação dos órgãos governamentais. O MInistéiro público têm de averiguar o que aconteceu e por quê essa pessoa idosa foi a óbito. Cadê a Ouvidoria? é só para contentar aliado? Enquanto o governo governo fica ganhando prêmio lá fora, aqui dentro o povo tá morrendo nas filas por falta de atendimento básico de saúde.. SOCORRO!!!SOCORRO!!!!SOCORRO!!!

  • A responsabilidade do bem estar e saúde de quem procura atendimento é do corpo médico e seus auxiliares (enfermeiros, técnicos), se o fato que ocorreu é o relatado, a responsabilidade é destes que estavam de serviço no momento que a paciente procurou o atendimento, portanto querer repassar a responsabilidade, ou mesmo, gerar um fato político é desejar apenas se beneficiar do dato em si, e não o sentimento de condolência para com a vitima. Uma sindicância é o apropriado para levantar responsabilidade civil e criminal ao fato concreto…

  • Enquanto isso o GEA anuncia equipamentos novos, obras de um novo hospital de emergências que não começa nunca. Mutirões de cirurgias ja fazendo campanha enquanto os pacientes que precisam ser operados por outras causas , tem suas cirurgias suspensas. mas o GEA dirige o seu discurso para a população desassistida das baixadas que não tem informação, desmpregados que se contentam com um contrato admnistrativo, que afinal é muito para quem nada tem. esses são a maior massa de eleitores. Os que formam opinião é minoria. Enfim é para esse publico que o GEA faz sua panacéia.

  • O povo prefere morrer que nem gado do que tomar atitudes radicais. Já que vai morrer mesmo porquê não protestar eliminando sumariamente os responsáveis ( políticos, gestores, jornalistas, radialistas, empresários…). Resolver, resolver não vai mas se todos os oprimidos, humilhados e usados como massa de manobra fizessem sua parte, aquela frase “vida de gado, povo marcado, povo feliz” seria escrita de outra maneira: vida de coragem, direitos respeitados, povo consciente.

  • Desde que este governo Capiberibe assumiu, tanto o Hospital de Emergências, como outros hospitais da rede em processo de sucateamento. Senão, vejamos:

    1- O HE perdeu um tomógrafo, por rixa com a Inneuro. Detalhe: O secretário Roberio Monteiro disse no Twitter que até o dia 15 de janeiro o tomografo com 64 canais estaria funcionando no HE. Estamos no mÊs de março e nem sinal do aparelho. OU seja, o senhor Robério Monteiro mentiu mais uma vez (para variar)

    2- A Maternidade Mae Luzia ficou 1 ou 2 meses sem aparelho de Ultrassonografia (essencial a um pronto atendimento de Obstetrícia).

    3- Faltam com regularidades no HE: fios de sutura, antbióticos, leitos e pasmem: uma das apenas três salas do centro cirúrgico está interditada, por que o piso da sala está se desfazendo, O diretor do HE já está ciente desde o ano passado desse problema e não tomou nenhuma providência até agora. Mas sempre aparece na TV contando vantagem , dizendo que o HE é hospital de primeiro mundo. Chegou uma vez a dizer que o HE estaria preparado em em condições de atender TODAS as vítimas de um tragédia como àquela da boate Kiss em Santa Maria. Como ?, se o HE já não consegue dispor de ventiladores para demanda habitual de pacientes que internam naquele hospital necessitando de ventilação ???. Resumindo, outra mentira do Sr. Regiclaudo, que é amigo pessoal do Gov. Camilo Capiberibe.

    4- Cadê os ventiladores novos do PAI e do HCA ?. Mês passado faleceram duas crianças no HCA por falta deste aparelho. E diretora do HCA, a Enf., Olinda vem na TV, afirmando que o Hospital da Criança está com “plenas condições de funcionamento”. Mais outro mentira. (…)

    E outras e outras mazelas. São tantas deficiências, que seria enfadonho escrever aqui.

    José Lima. Técnico de Enfermagem.

  • Se estão presos os responsáveis pelas mortes na boite kiss, em Santa Maria, porque os responsáveis pela morte desa senhora não foram presos, aqui?

    • Existem exceções, meu caro. Não jogue os servidores da saúde na vala comum, tem muita gente séria, proba, competente e principalmente, sem cargo, que trabalha nas condições que você deve ter conhecimento. Poderia discorrer aqui, mas tenho certeza que não entenderia e muito menos tem condições de desqualificar qualquer profissional. Repense seus conceitos sem vestir a camisa. Analise a realidade.

  • Sempre falei aqui na minha casa,que o maior proplema da nossa saude estadual e municipal,e recursos humano,totalmrento despreparados e desinteressados com nossos doentes.so querem o salario e nao querem trabalhar.

    • Descordo totalmente de sua opinião. Com a saúde sucateada e os mais penalizados são servidores. Convivem diariamente com a multidão de pessoas doentes e não tem ambiente positivo para as boas relações de trabalho. Sugiro que vá ao pronto socorro e observe as condições precárias. Parece um chiqueiro. E depois disso, por favor, coloque-se no lugar deles.

  • Nas comemoraçoes dos 10 anos de PT no governo, destacaram a SAMU, como um grande avanço na saude – propaganda enganosa, nao funciona em CANTO nenhum, comemoram aos quatro quantos as maiores arrecadaçoes de impostos, e vao ser usados todos para os estadios para a copa, que depois disso nao servira para nada, so em alguns estados que servira, enquanto isso o SAUDE BRASILEIRA AGONIZA NOS SUCATEADOS HOSPITAIS BRASILEIROS, E ESPEREM, TA SO NO COMEÇO. A HERANÇA DA ECONOMIA FHC DA ACABANDO.

  • Esse é o resultado de eleitores, como nós, que votamos em políticos como os que estão por ai, que se alimentam como as hienas e os chacais, com carniça apodrecida.

  • Não entendo. isso só pode ser “mentira”! o secretário vive no twiter e nas rádios dizendo estamos no Estado das maravilhas…………. alguém está faltando com a verdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *