Descaso com a saúde

Com sintomas da nova gripe, mulher perambula por postos de saúde

e hospitais durante cinco dias para conseguir atendimento

Chega ao blog a denúncia de que uma mulher acometida da nova gripe desde sexta-feira fez uma maratona por postos de saúde, Hospital de Emergência e Hospital Alberto Lima e só ontem à noite, por volta das 22h, depois do marido perder a paciência, brigar, exigir que ela fosse atendida e ameaçar denunciar, é que ela foi internada no Hospital Alberto Lima.

A mulher tem 30 anos, é funcionária pública, contraiu o vírus em Brasília, para onde tinha viajado a serviço. Chegou na sexta-feira em Macapá com os sintomas da gripe, procurou postos de saúde e hospitais e  os médicos que a consultavam diziam que ela não tinha absolutamente nada. E o quadro da paciente a cada hora piorava. Ontem ela passou o dia “perambulando” pelo Hospital Alberto Lima, até que um médico diagnosticou que ela estava com pneumonia. Depois a luta do marido foi para conseguir um leito naquele hospital, finalmente às 10 da noite ela foi internada no CDT do Hospital Alberto Lima.

O descaso poderia ter levado esta senhora à morte”, diz um amigo dela. E pergunta: “Dá pra imaginar pra quantas pessoas ela pode ter transmitido o vírus durante todos esses dias que ficou andando de um lado pra outro em busca de assistência médica?”.

O espaço aqui no blog fica aberto para o secretário de saúde e vice-governador Pedro Paulo Dias se manifestar.

Será que ele vai usar este espaço?

  • O descaso com os pacinetes de CANCER no Amapá
    Os pacientes de cancer estão sem os remédios parte importante da quimioterapia. apesar do Hospital Alberto Lima ter uma excelente euipe na ANACOM. O que adiante ter médicos e não ter remedios, para completar a cura de uem sofre de cancer.

  • Querida a semana passada estava consultando o meu sobrinho no hospital São Camilo, chegou um suspeito de gripe A, vindo do município de Oiapoque, vc. acha que apareceu alguém da Vigilância Sanitária, ou se alguém se preocupou de separar as crianças que ali estavam sendo medicadas no postinho do pronto atendimento, ninguém se deu o trabalho em esclarecer ou afastar o paciente infectados quem estava lá no posto, que se preveniu com os seus…
    Aproveito que o seu bloguissimo e lido por muitos da população de Macapá para chamar a atenção administração do São Camilo, e acredito que muitos irão concordar comigo que está na hora de mudar aquele pobre pronto atendimento que fique separado de adultos e crianças, pois as criaças é que sofrem com os procedimentos ali ministrados todos em conjunto. Muito pobre para ter muitos médicos renomados como DIRETORES dquele hospital, VIGILÂNCIA SANITÁRIA, FICA DE OLHO, ou não dá para fazer essa cobrança também.

  • Amiga, duvido muito que eles usem este espaço p/falar algo à respeito.Não estão tomando as providências que deveriam,”havará” perder tempo c/comentários sobre.Rodoviária Internacional de Macapá é foco de entrada do virus, e as autoridades nem “tchu” p/situação.Aqui no RJ a situação é bem pior,mas as autoridades já tomaram as providências cabiveis.

  • Parabens pela nova cara do blog!
    Macapá parece que não vai mudar nunca, não é mesmo? E, quanto à gripe suína, o vírus é muito mais grave do que se possa imaginar.Tremo de pavor só em pensar que a maior festa religiosa do Pará e do mundo – o Círio de Nazaré – que reune milhares de pessoas do Brasil e do mundo, o vírus H1N1 alcance proporções gigantescas e o pior, não tenhamos condições de atender a todos.
    Sucesso prá você
    Deury Farias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *