Dia Internacional da Mulher

A Prefeitura de Macapá, através da Coordenadoria Municipal de Políticas Publica para Mulheres, está organizando uma grande programação para comemorar o Dia Internacional da Mulher.  A programação inicia no dia 6 e se estenderá durante todo o mês de março e ainda inclui uma campanha que terá o tema: “Valorizando a autonomia pessoal da mulher e o seu potencial para o mercado de trabalho”.

Segundo a Coordenadora Municipal de Políticas para Mulheres Ester de Paula, a programação busca atingir vários setores da vida pessoal e profissional da mulher. “Estamos nos organizando esse trabalho para atingir cada detalhe da vida de uma mulher. Por isso estamos buscando parceiros para durante todo o mês de março realizarmos eventos que valorizem a mulher. Nossa idéia é levar todo esse trabalho para as zonas norte e sul de Macapá e também os distritos da cidade”.

A Coordenadoria da Mulher também vai desenvolver atividades conjunta com a Secretaria de Saúde e Coordenadoria Municipal de Esporte Lazer. “Nossa festa terá o envolvimento de vários setores da prefeitura e com isso pretendemos atender um grande numero de mulheres”.

Durante as ações ainda existe a expectativa da vinda da Ministra de Políticas para as Mulheres Eleonora Menicucci, que poderá participar de uma mesa de debates com as mulheres de Macapá. A programação também envolverá cursos profissionalizantes para melhorar a capacidade da mulher dentro do mercado de trabalho.

(Texto: Coordenadoria de Comunicação da Prefeitura de Macapá)

  • parabens esther vc aonde passa vc deixa a sua marca de realizaçoes sucesso no seu trabalho ja esteve junto secretaria na mulher do estado no governo waldez agora no municipio prefeito roberto

  • É no mínimo uma provocação: as mulheres trabalhadoras que ganham em média 70% do que ganha um homem (se for negra a coisa é pior); é a campeã nos índices de vítima de violência física e machista e muitas são submetidas diariamente à duas e até três jornadas de trabalho e os governos ainda querem vir com essa palhaçada de ampliação do espaço delas na democracia burguesa! As mulheres necessitam de bons salários e melhores condições de trabalho e não dessa bajulação hipócrita que divide homens e mulheres de uma mesma classe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *