Empresários querem discutir o Orçamento

Presidentes de entidades de representação empresarial estiveram reunidos hoje (20), na sede da FECOMERCIO/AP, para discutir e elaborar nota de apoio reforçando as manifestações em relação aos debates em torno do orçamento do Estado do Amapá para o exercício de 2011.

Participaram da reunião o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá – FECOMERCIO/AP, da Associação Comercial e Industrial do Amapá – ACIA, da Associação Amapaense de Supermercados – AMAPS, da Associação dos Distribuidores Atacadistas do Amapá – ADAAP e da Câmara de Dirigentes Lojistas de Macapá – CDL. Ao final das discussões em torno do assunto os Presidentes assinaram uma Nota de Apoio conjunta onde manifestaram o posicionamento da classe empresarial do Amapá.

Na nota as entidades declararam que os empresários do comércio amapaense somam-se aos esforços das demais entidades que representam os interesses das classes econômica e trabalhadora, bem como da sociedade civil organizada, para firmar posição no sentido da inadiável e imperiosa necessidade de que o orçamento/2011 contemple, prioritariamente, uma distribuição dos recursos públicos condizente com a realidade e necessidade econômicas do povo do Amapá.

A nota será encaminhada ao Governador Pedro Paulo Dias, ao Governador eleito Camilo Capiberibe, ao Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas, Ministério Público e a todos os Deputados Estaduais.

O presidente da FECOMERCIO/AP, Ladislao Monte, ressaltou que os empreendedores do Estado se incluem nas discussões que estão acontecendo em torno do orçamento, pois entendem a importância do debate para a gestão do Estado como um todo, pois as decisões e ações que serão tomadas impactam em todos os setores e segmentos da sociedade, dentre eles o comércio de bens, serviços e turismo, que representam hoje cerca de 80% do PIB do Estado.

(Texto: Assessoria de Comunicação da Fecomércio/AP)

  • Tinha um povo que não votava em não ssei quem porque os empresarios iriam mandar no estado assim pregagava em sua companha o eleito governador camilo Capi, e agora vai se aliar os emresarios. sei não em povos e povas.

  • Nada mais justo, afinal é essa raça que manda no estado e em suas instituções! Agora que tal eles discutirem a miséria que pagam aos seus funcionários…

  • Estao de brincadeira né!?!? Empresários querendo pegar carona na discussão do Orçamento? Que vão em busca dos seus próprios holofotes! Meu governador Camilo e meus Dep. Estaduais, fica a Dica: Campanha Nota Legal neles!
    Sonegadores!

  • Agora todos querem discutir orçamento público, brincadeira, ninguém falava ou tinha qualquer interesse em discutir sobre o assunto, mas tudo bem antes tarde do que nunca, me engana que eu gosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *