Estatuto da proteção do patrimônio será votado amanhã na Câmara de Vereadores

Vereador Clécio

Será votado amanhã, 10, na Câmara de Vereadores de Macapá o Projeto de Lei que dispõe sobre o estatuto  da proteção do patrimônio histórico, artístico e cultural do município de Macapá.
De autoria do vereador Clécio Luis (PSOL), o PL foi amplamente debatido pela sociedade civil, universitários e profissionais interessados e aprovado por unanimidade nas comissões.

De acordo com o vereador, o Projeto tem como objetivo reconhecer como patrimônio histórico os elementos que identifiquem a cultura da cidade. “Após a aprovação do Projeto bens materiais serão valorizados e preservados, assim estaremos evitando que nossa cultura seja descaracterizado e esses bens destruídos”,fala o vereador.

Na prática depois de sancionada, a Lei permitirá que objetos, lugares, pessoas, conhecimentos, músicas, festas populares, culinária, lendas, fotografias, obras de arte e demais expressões artísticas de Macapá sejam preservados e considerados bens imateriais. “As manifestações populares são os maiores instrumentos de preservação da memória histórica de um povo, é preciso que nós não percamos essa identidade cultural e a aprovação desse projeto é de suma importância para respaldar o registro do bem material tombado e a proteção de nossa memória histórica através dos bens imateriais”, finaliza Clécio.

A sessão está marcada para 9:00, no plenário da Câmara de Vereadores.

(Texto: Mariléia Maciel, da Assessoria de Comunicação do vereador Clécio)

Nota do blog
Esta lei é de grande importância para a preservação dos bens materiais e imateriais de Macapá.
A Câmara de Vereadores destinou uma hora para apresentação, explicação e defesa do projeto. Um vídeo será exibido mostrando o que poderá ser tombado (bens materiais) e registrado (bens imateriais) como patrimônio. Algumas pessoas que reconhecidamente lutam em defesa da valorização e preservação da cultura de Macapá serão homenageadas pelo vereador, entre as quais esta blogueira, que usará a tribuna da Câmara por dez minutos para defender a lei.

  • Oi Alcinéa

    Desde 1991 quando cheguei em Macapá pude observar quanta beleza existe neste Estado. Há um rico patrimônio histórico, artístico e cultural que deve ser preservado, sobretudo os antigos prédios e a orla da cidade. Parabéns ao vereador Clécio por essa iniciativa. São de políticos assim que a gente “tira o chapéu”.
    Paulo Veiga

  • Parabéns Clécio, é de politicos compromissados e competentes como vc que o Amapá precisa.Vc merece estar num patamar bem maior na politica do Amapá.

  • Devia ser elaborada uma lei pra impedir a população de gerar tantos filhos. Tudo precisa ser regulamentado para que as pessoas tomem uma atitude e passem a ter consciência.

  • Na última vez que fui a Macapá, vi uma verdadeira árvore crescendo no canto superior esquerdo da histórica Igreja de São José. Garanto pra vocês se eu fosse um papa-hóstia e morasse em Macapá, não permitiria que isso acontecesse, e nem esperaria que leis fossem aprovadas pra tal fim.

  • parabéns ao clécio pois ele é um dos melhores politicos do nosso estado,é de homens que nem ele o randolfe que o brasil precisa,são poucos politicos que tenha a autoridade moral que esses dois tem,vão em frente ..

  • Gostaria de parabenizar o vereador clecio Luis pelo projeto a ser apresentado assim como pelo brilhante trabalho que vem desenvolvendo na Camara de Vereadores. Homem integro e sensato que tem feito a diferença no Municipio de Macapa e no Estado do Amapá.

  • Alcinéa, ufa! Até que enfim uma notícia boa. Espero que a Assembleia Legislativa copie a iniciativa, pois, há muito o que ser preservado no Amapá todo. Parabéns, ao vereador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *