Estelionatário que se passava por secretário de Estado foi indiciado ontem

A Delegacia Especializada no combate aos crimes contra a Fazenda Pública – DEFAZ, concluiu ontem o Inquérito Policial que indiciou  Obdias Macedo Araújo, de 32 anos de idade, pelo crime de estelionato.

O sujeito se passava pelo  então Secretário Estadual dos Transportes Sérgio  la Rocque e firmava acordos fictícios com empresas do ramo de manutenção de bobinas e geradores de energia.

De acordo com o delegado Leandro Leite – que presidiu as investigações –  Obdias  informava aos contraentes que “a ordem de pagamento já estava para sair” ou que “o caminhão que carregava as bobinas teve um problema em alguma cidade do interior”,  e exigia um adiantamento do percentual do serviço que seria contratado.

 “A forma com que as histórias foram inventadas demonstra o grau de especialização e aprofundamento do criminoso no assunto, inclusive levando as vítimas para conhecer as dependências da SETRAP”, contou o delegado Leandro Leite.

Outros casos
Leandro Leite contou ainda que Obdias está envolvido em outros casos. No final de 2012 ele foi indiciado pelo delegado  Júlio César Firmino da 2ª Delegacia de Polícia da Capital também por estelionato, pois oferecia  vagas de motorista em uma empresa de transporte de minérios e exigia das vítimas metade do valor de um curso que, segundo ele,  seria ministrado no Departamento de Mineração.

Em outra oportunidade o estelionatário chegou até a colocar anúncio numa emissora de rádio oferecendo emprego em uma empresa fictícia e para “garantir” emprego a quem o procurava cobrava R$ 550,00. E, claro, teve gente que pagou… e dançou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *