Gilvam Borges foi localizado

O senador Gilvan Borges (PMDB-AP) já foi localizado. Ele está na localidade de Sucuriju. Foi o que informou ao blog neste momento o irmão do senador Reginaldo Borges. “Há cinco minutos recebemos a informação que está tudo bem. O Gilvam está no Sucuriju”, disse Reginaldo. Ele ainda não sabe  porque a voadeira em que Gilvam viajava que deveria chegar no Sucuriju ontem à tardinha, só chegou no começo da noite de hoje.
Reginaldo Borges disse que uma das pessoas que viajava numa balsa, levando equipamentos para Sucuriju, contou-lhe que a voadeira de Gilvam deve ter enfrentado maré forte – o que é comum naquela região – e ficou à deriva ou então o piloto deve ter ancorado em alguma localidade esperando o tempo melhorar.

  • PLENÁRIO / Pronunciamentos
    18/05/2010 – 22h43Gilvam Borges retorna ao Senado após sofrer acidente de barco na costa do Amapá
    Em pronunciamento nesta terça-feira (18), o senador Gilvam Borges (PMDB-AP) registrou seu retorno à Casa após sofrer um acidente de barco no litoral do Amapá, há alguns dias.

    O senador iria visitar uma comunidade isolada para discutir a implantação de um projeto de fornecimento de água, mas ele e sua equipe acabaram encalhados em um ponto do rio. Após algumas horas avistaram uma luz distante, mas antes de alcançar a margem, uma onda de três metros provocou o naufrágio da embarcação. O senador acabou sendo resgatado 12 horas depois.

    – Se tivéssemos nos distanciado oceano afora, teríamos sido tragados pelas ondas gigantes, talvez não tivesse retornado a essa Casa – afirmou Gilvam Borges, agradecendo a solidariedade manifestada durante o resgate por alguns pescadores e vereadores do Amapá.
    Da Redação / Agência Senado
    (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

    • égua!!! da mentira deste senador zolhudo pois ele falou outra história aqui, disse que o piloto preferiu pernoitar pois o tempo não estava bom e logo pela manhã seguiram viagem para enganar o povo do sicuriju.

  • Me informaram que localizaram o senador pelo olhos na beira do rio, foi verdade isso dizem que estava igual aquelas aves da que chamam de bacurau da noite.

  • Em respeito a dona Cícera, senhora que conheci e aprendi a respeitar nas entrevistas que fiz com o senador, e que é genitora de Gilvan Borges e ainda em respeito ao Reginaldo, meu colega de faculdade e de profissão e digo que foi
    bom saber que tudo correu bem e que o filho,o marido, o irmão e o pai retornou com vida para o convivio de seus familiares. O meu sentimento seria o mesmo se fosse qualquer outro politico de qualquer outro partido.

  • Seria mesmo uma festa para os Capiberibes se algo de ruim tivesse acontecido com o nosso senador Gilvam Borges. Capiberibe, que está morrendo de medo de não se eleger senador, estaria livre do seu maior adversário, que com certeza lhe dará mais uma peia nas próximas eleições. A vida é assim mesmo, as pessoas desejam o mal uns para os outros. Felizmente nada aconteceu ao Senador e todos os que o acompanhavam, para azar de Capiberibe, que vai ter mais uma vez de engolir Gilvam Borges estufando as urnas enquanto ele vê seu próprio barco afundar.

    • Caro Persebeu: Não acredito que as diferenças políticas entre o Capi e o Sen. Gilvam, chegue a esse ponto, de se desejar a morte de seu opositor. Eu mesmo, sempre votei e continuo votando no Capi, não gosto do POLÍTICO Gilvam Borges, mas como coloquei em outro post, não desejo que aconteça nada de grave a ele. Logo não fiz nenhuma festa quando soube do ocorrido, torci que ele estivesse bem, pois ele, como nós temos família, que nessaas horas é quem mais sofre. Logo deixemos nossas diferenças apenas nos campos das idéias, sem atingir o lado pessoal.
      Para encerrar, Se o ocorrido fosse com o Capi. como reagiriam vcs do lado de lá? Teriam soltado, duzias e duzias de fogos de artifício,

    • Quanto a estufar nas urnas, lembre das votações em 2008 onde os Pinheiro Borges se meteram, foi taca em todos. Então cuidado, que o povo é sábio, e para o Senado vcs vão disputar votos com o Waldez,Capi,Randolfe,Maquinho Abreu e agora o Marcos Roberto do PT. Tá muito cedo para vcs cantarem vitoria….

    • Só um conselho,troque de nome pq vc continua não PERCEBENDO nada.Se ao morrer um mau politico não surgi-se outros,seria bom,mas essa não é a lógica no planeta.A prova mais cabal esta ai nas cadeias,cheinhas de bandidos.Os comentários aqui acredito serem simplesmente “sarros”.Pessoas do bem,jamais desejam o mau p/quem quer que seja.Quero mais é que o Gilvam viva bastante e leve TACA nas urnas.Que graça teria a PEIA sem ele?

    • Hahaha… Gilvan nao é prblema para nenhum politico , pois nao se elege… nao esqueça ele só está no poder de tanto ir brasilia arranjar a cassaça do SEnador capi. Nao sou capiberibe, para par um bom leitor, culto, alguem informado na politica amapaense sabe disso. POis o senador capi foi casado por 35 reais que deu a uma leitora e destacando REAIS nao milhoes que andam sumindo ai atualmente. Lembrando que a testemunha foi arranjada pelo senador gilvan. Cujo anda apoveitando resto de mandato…Saiba que o senador gilvan pode ser um bom homem, mas nao é bom politico, por isso nao será reeleito… triste situaçao e medo SIM medo dos borgs que perderam seu mundo… obrinhos e filhos… é a vida.. MAs eles sabem dessa realidade.. Nao tem condiçoes

  • Lembro de um grave acidente no saida do porto grande e muita gente soltando foquetes em Macapá pensando que um conhecida senhora tinha morrido ali…
    Não gosto do “Senador Pínico de ouro”, mas nunca comemoraria a morte dele…

  • UFA! que aflição(rsrs), só de pensar que o senado no Amapá poderia ficar orfão.Ainda bem que foi só uma “pegadinha”……kkkkkkkk

  • Não acredito que tenha sido uma articulação do Senador Gilvam, penso que a natureza pode ter sido a responsável por esse episódio, aliás as águas dali são agitadas e devem ter recuado para não arriscar, mais que sirva de exemplo ao senador e que possa analisar quanto sofrer aquelas pessoas que habitam por lar, e que a lição sirva de energia para trabalhar mais em defesa daquele povo.

  • O Senador Gilvan Borges é bem capaz de inventar uma estória dessas.
    Não duvido nada.
    Ele agora virou Poder Executivo além de Legislativo: propõe a emenda e executa a obra. é realmente uma piada, além da vergomha pro Amapá.

  • Está provado Cocô não afunda.
    Muleke, que esta com medo de que o pinicão tivesse chegando já nas Guianas.

  • Graças a Deus que nada de ruim aconteceu. Graças a Deus que ele está bem e trabalhando pelo melhor da população amapaense. Ao contrário de muitos políticos da nossa terra, o Senador Gilvam não para nunca de trabalhar em prol da nossa população.
    Ele foi pro Sucuriju levando três engenheiros para fazer projetos de obras para lá. Não se deseja mal a alguém que só estava trabalhando em benefício de todos. Um abraço.

  • Sera que ele queria andar sobre as aguas!? Sobre o desaparecido que voltou, há uma piada chamada “Perdidos na montanha” ,pra ilustrar bem isso, cujo um velho homem relata uma historia feliz de sua cabrita que se perdeu nas montanhas da Armenia e um belo dia foi encontrada, assim todo o povoado feliz por tradição deveria “crew” no animal apos uma bebedeira de comemoração. O reporter nao satisfeito perguntou se o velho homem não teria uma historia triste pra contar; O velho pensou e olhou para chão muito triste e disse: ” um dia me perdi na montanha…” ai voces sabem o resto. Essa historia poderia muito bem se chamar ” Perdidos em sucuriju”. GILVAN É UM PANDEGO MESMO! “Um minuto de reflexão”.

  • Deve ter dado mais trabalho pra ir pra lá, do que a caminhada para Santiago de Compostela (Espanha) Rs

  • Que bom que está tudo bem com ele…´deixa-nos menos despreocupados.
    Pode ser um péssimo político, mas é um ser humano e merece respeito.

  • Então era esse o fato político que o “senadoooorr”, queria criar para aparecer. Só quem não o conhece acreditou nessa. Inventa outra mais perto da eleição senadorzinho. Ninguém chorou, nem a sua assessoria familiar. Tá besta!!! inventa outra.

  • O diabo e todos os seu demônios, vem tornar público todos os fatos ocorrido neste último fim de semana, e esclarecer quais os verdadeiros motivos para o desaparecimento de uma voadeira em águas do Amapá, assim bem como o seu reaparecimento.
    1 – Que estamos ofertando vagas em nossos alojamentos, e para isso estamos convocando pessoas que se paressam conosco;
    2 – Que paramos aquela voadeira, porque a notícia que nos chgou era de que ela levava uma pessoa que muito nos interessaria;
    3 – Que somente as pessoas enolvidas com a política estavam em nosso objetivo, e não levaríamos o restante;
    4 – que ao percebermos de quem se tratava, nos preocupamos em passar a eternidade ouvindo todas akelas bobagens;
    5 – que o calor de nossa região, mataria qualquer pé de açaí, como o mesmo fez em uma de nossas casas ai no plano terrestre;
    6 – que a vaga referente deste senhor, era tão somente a ele, e não lhe dava a garanti de nepostismo afim de levar sua esposa e mãe;
    7 – por fim, esse cão quem criou foram os amapaenses, e eles que aguentem por vários anos, porque o inferno não é local para este tipo de gente;

    Somos mals é verdade, mas não possímos nenhum tipo de problema psquiatrico, a ponto de ficarmos com gente dessa estirpe.

    Inferno, 16 de maio

    Suprema Coordenação do Inferno

  • Fico pasma ao ler determinados comentarios! Pelos fatos violentos e virulentos ocorridos ultimamente em nosso Estado, acho que não falta Deus apenas no coração dos homicidas e dos corruptos. Falta Deus também no coração de quem deseja o mal para o proximo. Seja quem for.

  • Só temos a lamentar que algumas pessoas torçam pela desgraça alheia, confundindo política com tragédia, em total desrespeito às famílias não apenas do senador Gilvam Borges, mas de todos aqueles que o acompanhavam. O Senador Gilvam viajou para o Sucuriju para dar as boas notícias às famílias que por décadas padecem de sede por falta de uma fonte de água tratada. Recursos conseguidos pelo senador Gilvam e por toda a bancada parlamentar amapaense, viabilizam a solução deste problema. Seria bom que esses senhores se colocassem no lugar das famílias que por várias e longas horas ficaram à espera de notícias, sempre temendo o pior e rezando por um milagre. Um pouco de respeito e humanidade não faz mal a ninguém.

  • na verdade, estava na hora de levar akela voadeira, e a levei, mas quando percebí que quem estava na tripulação era o responsável pelas asneiras dakele “em um minuto eu te falo”, imaginei o que seria ficar com ele por toda a eternidade. Assim, resolví devolcê-lo a este povo. Afinal, sou o Diabo, mas não sou doido!

  • Infelizes tais comentarios que vinculam isso a um factoide. Tive informacoes que alem do Senador estavam outros tres do Governo do Estado na embarcacao. O destino era levantar dados para elaboracao de um projeto de abastecimento de agua para a comunidade de Sucuriju. Gilvan articulou um recurso de emenda parlamentar para viabilizar o sistema numa comunidade que espera agua da chuva para beber ja que agua da regiao eh salgada. Foi um final de semanda terrivel para essas familias. Menos veneno pessoal…

    • É isso aí, meu caro. Resolver problemas dessa natureza é dever de todo político. Se nossos políticos ideologistas se matam com o próprio veneno, os de resultados vão avançando.

  • Não gosto do político senador tapetão Borges, mas não chego ao cúmulo de desejar mal a ele. Acho que as diferenças devem ficar só no campo das idéias, sem ofensas. Se bem que eles do lado de lá, não passam um só dia detratando seu opositor. E se esse acidente fosse com seu adversário maior? Já pensaram…

    • Tá certo Elson! Vamos maneirar! Todos sabem do rigor daqueles pedaços de rios. Não faz ano que perdemos pessoas muito queridas da cidade em acidentes náuticos. Que ganhos políticos, já que muitos imbecis só enxergam por esta ótica, alguém poderia ter com isso, saindo vivo (já que morto não obteria nenhum)? Esse enxovalhamento aqui? Maneirem na imbecilidade! Vão desejar a morte dos outros agora? Menos, menos!

  • Quem é esse idiota chamadao Ballarini que desdenha da vida alheia. Um paraquedista que só conseguiu alguma repercussão da vida no Amapá. Porque ele não vai encher o saco daqueles políticos de São Paulo?
    espero que nunca sua família fique sofra a aflição que sofreu a do senador Gilvam, uma pessoa que merece respeito como pessoa e com parlamentar. Lamentável comentário.

    • respeito como parlamentar? eh verdade.. o premio de Senador penico de ouro, dado ao pior senador do Brasil, eh digno de respeito 🙂 qnt a esse factoide.. ainda tem a volta hahahahaha… sucuriju/amapa, em todo momento eu torci para ele esta a salvo.. mas dizer que ele eh um SENADOR de RESPEITO? o renan calheiros que o diga hahahaha!!

    • Merece respeito? Olha,como pessoa tenho ainda minhas dúvidas,mas como PARLAMENTAR? AH! mas não tenho MERMO.Como dizia minha vó “vaso ruim não quebra”.UHAUEHUA

  • Da ultima vez o senador GILVAN BORGES fez uma caminhada “Espiritual”, na qual o referido Senador percorreuum caminho milenar que é feito por andarilhos especialistas, onde ocorreu a sua SUPOSTA “RENOVAÇÃO ESPIRITUAL”.TENDO EM VISTA SUA VASTA EXPERIENCIA EM CAMINHADAS, NÃO ME SURPREENDERIA SE ESTE SENADOR VOLTASSE NADANDO DO SUCURIJU até a Orla de Macapá.

    NADA COMO UM BOM SENSACIONALISMO E MÉDIA PARA AS APARENCIAS, …TEM GENTE QUE NÃO CONSEGUE FICAR MUITO TEMPO SEM TER A VAIDADE ELEVADA E ALIMENTADA.

  • Tá estranho, o senador vai numa lancha de Amapá e depois vão duas lanchas e dois aviões atráz, HUMMMM! Posso até não falar em um minuto, mas em uma frase eu te falo: Isso é mais um capítulo Sensacionalista.

  • Seria horrível começar a semana com mais uma má notícia. Que bom que tudo está bem. E não esqueçam: RESPEITO À VIDA, MINHA GENTE! Independente de quem seja, do quanto bom ou ruim seja, a vida é Deus quem dá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *