Gitas e gitinhas

Fiquei sabendo que em algum lugar desse brasilsão (uns dizem que nem acima e nem abaixo do Equador) estão dando Pajero zerinho pra nobre parlamentar. É o Papai Noel chegando mais cedo na casa das excelências.

Governador Waldez Góes está exonerando todos os indicados, aliados, correligionários, parentes próximos e distantes e amigos íntimos do deputado federal Antônio Feijão.

Luzia Grunho está de volta ao Governo. Ela assume, de novo, a presidência do Super Fácil.

Engraçado. Gente que nunca botou os pés no Sindicato dos Jornalistas agora se arvora a querer montar chapa para disputar a eleição. Pior: nem jornalista é. Ô raça!

Cuidado! Tem deputado que anda com canetinha espiã no bolso filmando tudo, inclusive os amigos.

A derrubada de cinco vetos  do governador Waldez Góes (PDT aos projetos de lei dos deputados Camilo Camiperibe (PSB) e Michel JK (PSDB) indica que a harmonia entre os poderes executivo e legislativo está se acabando como sabão em mão de lavadeira.
É… final de governo é isso mesmo.

  • Luiz vá estudar que é a melhor coisa que vc faz na vida. A direção do Sindjor não persegue ninguém. É uma questão de legalidade seu besta, não de diploma, mas sim de conhecimento, qualificação, preparo. Vá tirar o seu, seu resmugão.

  • O Sindicato dos Jornalistas, com ou sem diploma, não é de propriedade do Volney, da Alcinéa e de um pequeno grupo que se julgam os donos da verdade. É preciso sim mudar, fazer valer as ações a partir do sindicato. É preciso renovar, pois esse ‘grupinho’ apenas trata de seus interesses. Unir a categoria é prioridade e não perseguir os colegas… como vem acontecendo!

  • O gato, diferente dos felinos propriamente ditos, não serve pra nada.Nem pra amedrontar ratazanas e catitas que frequentam os Palácios amapaenses, quanto mais pra encarar. Não pode nem se candidatar. Não tem pedigree.É um reles baba-ovo, que não tem nem o cuidado de esconder as fezes que produz. Os felídios são mais asseptos.
    Adelson

  • Noticia fresca, Amanhã a turma do Carnaval irão assinar convenio para quadra carnavalesca de 2010 no valor de R$ 2.536.000,00 a partir da 10 da manhã, o referido recurso ira ser repassado para a embaixada de samba “zoiudinhos” prestigem a harmonia.

  • É verdade conselheiro, mas esse Gato está com os dias contados para ir para a jaula do Iapen. Ele sabe que não pode nem olhar com a cara feia para nós. Ele é metido a valentão, mas não passa de um frouxo.

  • Olhem bem com quem vocês estão mexendo jornalistas do bem. Esse felino é por demais violento. Vocês não lembram que ele já agrediu até criança e quebrou a perna do pobre menino indefeso, alvará em vocês.

  • Paulo Freire, pernambucano, de Casa Amarela, disse, certa vez, numa palestra: desconfie de quem fala do seu próprio povo, do seu próprio meio. Ou ele não tem coragem de assumir suas batalhas ou não quer que ninguém saiba que sua verdadeira intenção é manter a ignorância, a intolerânciu e a mediocridade.
    Cabe como uma luva.

  • Era uma vez a harmonia.Dinheiro acabou;o Fofo está enfraquecido;o Fofinho faliu o estado e nós os amapaenses,ficamos sem:àgua;energia;segurança;não tem remedios,nem equipamentos nós hospitais;não há merenda escolar;as escolas Walquiria Lima e Cândido Portinari fecharam,o bondinho está para a muito tempo.Governo sem Obras,sem competência,sem pulso,sem esperança.O que não acabou foi as ações das várias e diversas quadrilhas.

  • FIQUEI sabendo que durante a Operação Pororoca,o Ministério Público Federal e a Policia Federal,descobriram que uma autoridade tinha doado com dinheiro da propina,um Veículo Marca Gol a sua amante.A pessoa responsável pela escolha e negociação,hoje é Presidente de uma Companhia no desastroso governo do Amapá.

  • Eis o Chapão da Harmonia que vai disputar as eleições do Sindicato dos Jornalistas.Vamos lá:Titulares:ROBERTO GATO,CARLOS LOBATO,LUIZ MELO,JOTA NEY,AROLDO SANTOS,HELIO NOGUEIRA.Para Suplentes: RODOLFO JUAREZ,IVO CANUTI,JOSÉ CAXIAS,REGINALDO BORGES,OLIMPIO GUARANY,ERALDO TRINDADE. Seria essa Chapa dos Sonhos da Harmonia Falida.

  • Égua Gato tu és muito nojento. Pelo jeito ninguém gosta de ti pobre coitado.Vê se toma vergonha nessa tua cara e muda de profissão. Não vai mais no café do Josiel, fecha o Tribunda.

  • Se o gato é jornalista, eu sou a Madre Tereza.
    Sai pra lá gato jabazeiro, puxa-saco. Garganta do Gramunhão. Voz dos quintos.Guela do sete-pele. Porta-voz do coisa-ruim.
    Discunjuro.
    Muleke, que tem medo do e não vai mais nem passsar na frente do Sindjor>vai ataià caminho.

  • Pessoal, vamos ignorar esse Gato. Todo mundo sabe porque ele saiu da TV Amapá agora fica dando uma de preocupado com a categoria e o sindicato, justo agora que o atual presidente conseguiu organizar a casa. (…) Quero ver ele mostrar o registro de jornalista. A única coisa que ele montou na vida foi o TRIBUNDA AMAPAENSE, que cá pra nós, não dá nem pra limpar o c… quando a gente tá no banheiro.

  • Querida Alcinéa, esse Roberto Gato é um doido, tem problema de identidade e tem trauma da infância, não sei de que, mas desconfio. Na Conferência de Comunicação, ele se mostrou um desequilibrado emocional. Ao ser confrontado, Gato passou a gritar, ofender e agredir verbalmente os participantes da plenária. O Roberto Gato mostrou que não tinha nenhum domínio sobre o eixo temático Produção de Conteúdo. Sem ser preparado e qualificado para o debate, Gato resumiu sua fala apenas a repetir o discurso do empresário Josiel Alcolumbre, por ocasião da abertura da conferência. Mentiu ao afirmar que em seu jornal Tribunda Amapaense, e em seus programas, tanto na Tv, quanto no rádio, todos os segmentos da sociedade tem vez e voz. Roberto Gato teve participação vazia e medíocre no debate, destoando muito da apresentação da jornalista do Portal Vermelho. Aliás, Gato marcou sua participação na conferência apenas pela insensatez e falta de equilíbrio.

  • O despeito e a raiva do Roberto Gato com o Volney é porque ele (Gato) sabe que nunca vai ser presidente do sindicato. O Roberto Gato não reúne as mínimas condições e requisitos para ser presidente, por exemplo, credibilidade, competência, respeito, responsabilidade e compromisso com a categoria. Aliás, essa Gato nem jornalista é.

  • O Roberto Gato e (…) estão se articulando para apresentar uma chapa nas eleições do Sindijor. O Gato está raivoso e fazendo ataques levianos ao Volney. Ele só esquece que o sindicato é de jornalistas …

  • Néa. Bom Dia. Essa questão da eleição para o Sindicato dos Jornalistas é a estratégia de manter tudo sob o controle do Grupo da Harmonia. É só você observar que há um comando total das Associações de Bairro e daqueles Conselhos de Segurança. Isso objetiva a lavagem cerebral da população e provoca um efeito de acomodação do cidadão. Isso tem uma repercussão muito grande no período eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *