Greve dos rodoviários

O macapaense vai acabar ficando sem ônibus para ir “badalar” na Expo-Feira. No dia da abertura da Expo-Feira, 21, os motoristas de ônibus vão entrar em greve por tempo indeterminado.
Eles reivindicam reajuste salarial de 1% e um acréscimo de R$ 30 na cesta básica.
“Pode parecer irrisória essa reivindicação, mas nem isso os patrões estão dispostos a conceder! Mesmo passados seis meses de negociação da Campanha Salarial/2011, e um pré-acordo assinado no MPT, dia 20/06, onde garantiam esse percentual, até hoje segue a enrolação e nada de aumento em nosso salário. Inclusive  desculpa era o reajuste no preço da tarifa que eles ainda não tinham, o que foi concedido em agosto pela Justiça. “, diz o Sindicato da categoria em nota distribuída à imprensa.

UMA LUTA DE TODOS
“Nossa reivindicação por aumento no salário é parte da luta por um transporte de qualidade à população. Já basta de tanto sofrimento nos pontos de ônibus, atrasos constantes e veículos sucateados. Queremos ganhar a solidariedade para nossa luta mas também denunciar um novo ataque, pois os empresários já pleiteiam mais um aumento na tarifa, já para novembro próximo. Chamamos a população e o movimento estudantil combativo a se rebelarem contra isso e a se incorporar nesta batalha. Só a luta muda a vida”, diz a nota.

  • enquanto há licenciadora de transportes,no caso a prefeitura de macapá, que tem seu braço a emtu não fizer nada, essa palhaçada continua, os empresarios dos transportes, ficam rindo á toa….., e a população fica pagando a conta final, pelo serviço, ops pela ineficiência do transporte, população e só fazer junto com a sua empresa, um ato publico de parar de ir pegar onibus, as empresas alugarem transportes para seus funcionarios, vc vai o que vai aontecer, temos que fazer uma doidiçe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *