Há cinco anos

26/03/2005

CORPO DE BOMBEIROS INTERDITA HOSPITAL

O Corpo de Bombeiros interditou nesta Sexta-Feira Santa o Hospital de Emergências (antigo Pronto Socorro) após constatar que a U.T.I. – que fica no andar superior – corre o risco de desabar.

Pessoas que estavam naquele hospital contam que ouviram um estalo e logo perceberam que o piso e o teto começaram a apresentar rachaduras. Pacientes foram retirados às pressas por familiares e por equipes do Corpo de Bombeiros e transferidos para outras unidades de saúde.

Até agora no site do Governo do Amapá não há nenhuma explicação sobre o ocorrido e nenhuma informação sobre as providências que deverão ser tomadas.

O CAOS – O caos em que se transformou a saúde no Amapá ganhou espaço na mídia nacional em fevereiro por causa de um levantamento feito pelo Ministério Público, que constatou que, no período de janeiro a setembro do ano passado, 70 pessoas morreram no Amapá por falta de medicamentos e de equipamentos nos hospitais públicos. Em dezembro, o senador Alberto Capiberibe (PSB) e o deputado estadual Randolfe Rodrigues (PT) pediram intervenção federal.

A matéria, feita por mim, foi publicada aqui no blog, no  Estadão, na Tribuna da Imprensa, no Consciência. Net e na AOL, entre outros.  E a Agência Brasil também publicou matéria sobre o assunto feita pela jornalista Sândala Barros.

Escrito por Alcinéa Cavalcante às 00h39
[(9) Já deram pitaco. Falta você] [envie esta mensagem]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *