Me mata de vergonha

Com várias categorias anunciando que vão paralisar amanhã, alguns aloprados defensores do governo estão tascando o carimbo de “inimigos do Amapá” nos trabalhadores que vão aderir à paralisação. Ou seja, o trabalhador que ousa lutar por seus direitos passa a ser visto como  inimigo do Amapá, como nos tempos da ditadura militar em seu período mais repressivo.
Cá, com meus botões, eu perguntei: “Será que Garrastuzaram o Amapá? Será que o ditador Emílio Garrastazu Médici, que morreu em 1985 no Rio Janeiro, ressuscitou agora em terras tucujus?”.
Não. O governador socialista Camilo Capiberibe (PSB) jamais permitiria isso.
Isso é maluquice dos alopradinhos que cometem qualquer loucura na tentativa de agradar o chefe.

  • com todo respeito aos professores…mas aos outros servidores publicos eu não entendo, quando tão desempregados querem por que querem um emprego, quando tem ainda reclamam, se não querem deixa o lugar por que tem muita gente desempregada e que tão querendo por demais uma vaguinha

  • Não ia dar outra, isso é o PSB.
    Na teoria, no discurso, em campanha desmedida e irresponsável atrás do voto uma coisa. Na prática e no exercício do poder outra bem diferente. Na realidade não consigo conceber como um partido político, que se comporta como uma entidade privada sob ferrenho controle de uma família, que comprovadamente se empenha em constituir em terras amapaenses a mais nova oligarquia do Brasil, consegue através de um diabólico discurso hipnotizador das massas ludibriar tantos eleitores.
    Na ambição cega pelo poder prometeram o impensável, alguns sabiam das inverdades, muitos infelizmente acreditaram e aí está o resultado.
    Por incrível que pareça o governador do povo se recusa até a receber os sindicalistas, que outrora quando era apenas deputado estadual e aspirante a governador andava de braços dados.
    Claro está que a atividade política não pode mais ser campo fértil para a arte da enganação.
    Meu repúdio a esta situação vexatória e desnecessária a quem afirmava, pregava, bradava, e outros verbetes mais em praça pública a MUDANÇA. Olhem amigos leitores, que MUDANÇA!

  • O Governador Camilo Capiberibe não está sintonizado com o povo amapaense ainda, do desempregado ao mais bem estudado estão reclamando da política inicial do Governador. O ruim não é pregar na cruz o Ex-Govenador e sim não tomar providências em prol do povo. “EU ME ARREMPENDI DE VOTAR NO CAMILO”

  • Gostaria muito que JN no ar sobre o blitz na educação, sorteasse novamente o Estado do Amapá para uma visita.Talvez isso levaria com que muitos colegas educadores daqui refletissem que aumentar o salário dos professores não é garantia de um IDEB bem sucedido. Se isso o fosse o Amapá estaria muito bem nesses indicadores do MEC. Ter aumento de salário e ser valorizado é fundamental, mas só isso não é substancial para a qualidade na educação.

  • Resultado da falta de organização deste governo será o IDEB, esse ano haverá avaliação nacional, podemos imaginar como será a nota com a falta de professores nas escolas, com a carga horaria sacrificando e tornando impossivel um bom trabalho e agora uma possivel greve…É incrivel a falta de direcionamento dos nucleos da SEED, lá nao se faz mais nada além “caçar” professores, hj o trabalho se resume a lotação de pessoal, todos os setores que poderiam estar estudando alternativas para melhorar a situação que a educação está incumbidos “forçadamente”, pois nem todos que estão lá tem cargo de confiança,e estao tendo que “caçar” seu colegas que muitas vezes estao desenvolvendo excelente trabalho dentro das escolas. Sabia que as salas ambientes (LIED, TV ESCOLA, SALA DE LEITURA)estao tendo seu profissionais sendos arrancados de lá, esses ambientes sempre foram uma alternativa para melhorar a aprendizagem dos alunos que na maioria estao desmotivados. Mas o que é pior…ouvir absurdos da boca de coordenadoras que estao a frente de setores que tem que elaborar politicas educacionais que venha atender as necessidades de nossos educandos falando absurdos, é de arrepiar.O pior ainda é que a SEcretaria parece ser bem esforçada mais esta totalmente mal assessorada e está cometendo desmandos por conta de suas COORDENADORAS. Precisa participar de uma reunião organizada por elas é como se estivesse falando com soldados que agora precisam ser moldadas conforme a politica …nao se fala em pedagogico mais na SEED so se fala em POLITICA e PARTIDARIA. Os professores são penalizados mais os alunos estão em pior situação e isso iremos comprovar com o rendimento escolar de 2011. E SALVE-SE QUEM PUDER!!

  • os verdadeiros “INIMIGOS DO AMAPÁ” são os 2.600 professores que recebem Regencia de Classe, no entanto estão a disposição de Deputados, Secretarias, Autarquias entre outros. Se esses “PROFESSORES” retornassem pra sala de aula não haveria necessidade de contratos administrativos e se não fossem pagos essas regênscias para quem não atua em sala de aula teriamos uma economia de mais de 3 milhões de reias por mês. São justamente esses que veem a mídia e dizem que o “INIMIGO DO AMAPÁ” é aquele que luta por seus direitos.

    • Compartilho com vc Walter, se o servidor presta concurso para determinada categoria, porque tem que ficar “encostado” em algum gabinete só ganhando o dinheiro que nós contribuintes pagamos?O gabinete ou orgão a qual ele se encostou que dê o seu jeito para pagá-lo. Acho correto o posicionamento da Seed quando a relocar os professores (apesar que não é só esse o seu papel).O que precisa nesse momento conflituoso, é rever a forma como é conduzido esse reposicionamento. E isso não pode ser de forma arbitrária e intransigente por parte de alguns coordenadores que tb são professores. Outra fato a ser constatado é rever inclusive os cargos comissionados que ainda estão ganhando regência. Transparência é transparência

  • porque as pessoas antes de se insurgir contra um governo que está apenas iniciando,não procuram se informar de como o orçamento é distribuído, e porque determinados setores recebem tanto dinheiro em detrimento da saúde da educação….o que faz um deputado estadual pra custar tanto…ou um juiz…porque um professor ganha menos que um promotor…é hora de se interrogar e se informar…aprender o que forma o orçamento e como ele é dividido?

  • O entao deputado estadual Camilo Capiberibe afirmava em plenario, quando do envio de reajuste para funcionalismo pelo entao governador Waldez, que o índice era baixo e injusto ou mesmo, quando nao houve reajuste (caso do ano passado) que “dinheiro havia, o que faltava era gestao”. Hoje, entao temos “gestao” mas nao temos dinheiro. Estranho né? dizer que nao pode dar um aumento maior por causa de dividas deixadas pelo gov anterior e afirmar que deve muito a amprev é absurdo e irracional, pois o dinheiro da amprev foi descontado do servidor e se nao foi recolhido, quem deve pagar a conta é quem nao recolheu e nao o servidor publico, que se execute o ex governador por apropriação indebida entao, mas nao venha com essa desculpa furada que a culpa é do servidor. chega de contradição e enrolaçao.

  • Todos os funcionários públicos merecem respeito,condições dignas de trabalho, salário condizente com suas funções… o meu salário é o mesmo há…..perdi as contas!Não defendo nem A nem B, eu só lamento que a situação do funcionalismo público Federal,Estadual e Municipal tá uma vergonha não é de hoje já vem um tempão e não se pode mais ficar nesse discurso: o governo passado…..Meu os caras roubaram, vai ficar por isso mesmo,esse dinheiro desviado já foi e então precisamos construir uma nova história a partir de AGORA!Chega de desculpas,vamos pôr a mão na massa e trabalhar, mudar, crescer….Eu ainda não vi um Governo que respeite a nossa data base e nos dê o que está estipulado.A Greve é interessante,é importante mas será que vai dar resultado realmente?

    • concordo plenamente com você, tem uns que desviaram milhões e continuam recebendo seus salários de R$ 25.000,00 e tarará…que país é esse meu Deus! e para quem trabalha honestamente mísero 3% em um salário pra lá de defazado!!!

  • Acho justo qualquer reivindicação por melhorias salariais e de condições de trabalho, mas porque que esses sindicalistas se calaram durante 8 anos do gov. Waldez onde foi concedido 16% durante os oito anos que esse senhor ficou no poder, teve ano que nem foi concedido reajuste, porque os sindicatos se calaram ? a imprensa marrom esta nem precisa falar porque eles se calaram.

  • Assisti a pouco em jornal da manhã a entrevista do braço direito da secretária de educação, Sra. Eunice. Fiquei chocada com a fala daquela senhora. Quem está aderindo ao movimento, como é o meu caso (que já havia afirmado em minha escola que não iria aderir a qualquer greve e mudei de idéia)e de outros colegas,se justifica porque, sempre cumprimos nosso dever, carga horária máxima, com a participação em infinitos projetos da escola, e mesmo assim estamos sendo coagidos pela SEED. A ÚLTIMA foi receber uma comissão de nutricionistas da SEED para dizer que os professores não podem lanchar a merenda escolar, porque é SOMENTE para os alunos, como se não fizessemos parte da escola. OUTRA: tinhamos todos os professores em sala, no início do ano letivo, chegou uma outra comissão e pediu o retorno de 13 professores. Sabe o que aconteceu? Os alunos estão sem professores de inglês e matemática. MAIS UMA: no primeiro sabado de maio, com aula normal, a SEED ligou para escola perguntando o porque de não estar havendo aula, se no calendário estava programado como letivo. O QUE ACONTECEU? Nosso técnicos passaram o dia na secretaria tentando PROVAR para a secretaria que as aulas estavam acontecendo, bastaria eles sairem dos seus gabinetes e se encaminhassem até as escolas. ISSO É APENAS ALGUMAS OBSERVAÇÕES.

  • A greve é o único meio que o trabalhador tem o direito de brigar por seus direitos: Salários dignos, Bom ambiente de trabalho com uma boa infraestrutura, melhoras na qualificação… VAMOS TODOS À GREVE AMANHÃ! E os pelêgos que apreciem pois eles se beneficiarão pela lutra dos outros bravos guerreiros de luta… Avante!

  • Gostaria de ver neste blog todas as informações que acontecem no estado.Não estou vendo as informaçoes da revista veja falando sobre os supostos desvios de recursos da funasa e as visitas da PF em casas de pessoas que supostamente levaram computadores da Secretaria da Juventude no Governo da harmonia.

    • Eu não vi na Veja. Vi na Época.
      Não viu aqui no blog matéria sobre o dinheiro surrupiado da Funasa? Vai ver que é pq vc tá chegando agora, mas dê uma procurada no arquivo do blog que você vai encontrar. Isso eu te garanto.
      Quanto a ver todas as informações do estado aqui sinto te desapontar: isso nunca verás. Ou achas que eu tenho super-poderes pra sozinha correr atrás de tudo que acontece?
      Que tal você fazer um blog e nele colocar tudo que acontece no estado?

      • Obrigada Alcinéa por disponibilizar seu blog para diversos questionamentos e posicionamentos.
        Blog é um instrumento particular de comunicação.

  • É direito legítimo e constitucional, que os trabalhadores façam paralizações para pleitear o que lhes é de devido, que é um salário digno, condições ideais de tarbalho, para poder atender bem o seu patrão, que somos nós o povo. Sempre defendo o atual governo, mas nessa questão, não poderia tomar outra atitude, senão o de reprovar tão irrisório aumento, e lamentar que companheiros de campanha, levados por um cds ou outro benefício pessoal, venham aqui na blogosfera, desancar os que reclamam seus direitos. Acho que o debate deve ser em cima de argumentos sólidos, não em cima de picuinha, sempre olhando pra frente, olhando para o retrovisor apenas para ver como era e como está melhor. Debater só olhando para o retrovisor e na sua frente ver o mesmo cenário d’antes, torna o debate inócuo e improdutivo. Logo reitero meu ponto de vista, de que deve ser buscada uma solução pacífica para esse impasse, e so lamento que tal mobilização dos servidores, não tenha ocorrido nos anos passados, onde todos sabemos que os grandes sindicatos como o sinsepeap era atrelado ao governo anterior. Mas estou ao lado dos trabalhadores…

  • Querem puxar o saco ou o quê? Os alopradinhos de plantão devem se dar conta que todo trabalhador tem o direito de reivindicar por seus direitos, independente de bandeira política que no viés das negociações. Parabéns Alcinéa, sabemos do esforço do Governador Camilo, mas a imparcialidade do Jornalismo para divulgar “essas aloprações administrativas” é imprescindível.

  • Parábens Alcinéa pela sua imparcialidade em informar e emitir opiniões em seu blog. Imaginei anteriormente, que vc jamais iria manifestar-se sobre o legítimo e garantido direito do trabalhador brasileiro, pelo fato de ser afiliada do Partido do Governador e por nutrir uma certa amizade com sua família, conforme informado em outras ocasiões, Com isso, mostra seu compromisso em resgatar a credibilidade do cidadão eleitor e leitor, em ter uma Amapá realmente livre e desenvolvido. PARABÉNS…

    • Só para esclarecer: eu nunca fui filiada ao PSB. Mas tenho respeito e admiração pelos Capiberibes.

      • e ai alcineia com toda essa balela que os capiberibes estão fazendo vc ainda tem esse respeito todo ate pq o camilo não respeita ninguem?

        • Aí eu te “progunto”: qual político respeita os verdadeiros interesses dos cidadãos? Me aponta, prova, que eu votarei nele.

  • Eu não sei o que leva um governo a agir assim! Tomar uma atitute desta em relação aos servidores do Estado! No início do governo ele já coloca toda uma classe de profissionais contra ele! Classe esta que não tem nada haver com a roubalheira do passado. Dar um aumento pífio deste e mudar a data base! Entendo que ele está “cavando a própria cova”! Siceramente eu não entendo isso! O povo acreditou e o elegeu, e logo no início ele já vem com uma dessas! Poderiam governar por anos o Estado, mas ao que parece vai ser só por 4 anos mesmo!!!

  • Para um blog que jah foi perseguido pelo senador maranhense.. ser considerado “inimigo do amapá” por um bando de aloprados é fichinha…

  • NÃO ME ADMIRO NADA QUE AMANHÃ O GOVERNO SOCIALISTA USE PRATICAS REPRESSIVAS CONTRA OS TRABALHADORES. AFINAL É SEQUIDOR DE CHAVES.

  • Alguém sabe me dizer pq um professor não pode ganhar a metade do salário de um deputado? Se ele nem tem assessores para lhe ajudar com seus 40 ou 50 alunos? Obrigada…

    • Não sou professor, mas deveria ser a classe melhor remunerada. Pela mão dos professores passam todas as classes profissionais, exceto a dos políticos, porque já ficou comprovado que pra ser político não precisa estudar.

      • Roque,
        Todos os políticos que aí estão, mas todos mesmo, passaram pelas mãos de algum professor… Alguns sairam educados… Outros não. As escolas de mestrado, doutorado e PHD, é onde eles se especializam: Camara de Vereadores, Assembléia Legislativa e Congresso Nacional… E aí alguns se formam em gatunagem lex dura lex.

    • Que argumento fraco esse Sr Carlos, o blog é somente um instrumento de informação e a veicula de forma democrática, permitindo que sejam postados críticas favoráveis e desfavoráveis. Assim sendo não vamos permitir que uma meia dz de despreparados instaurem uma ditadura pós ditadura militar, tenho certeza que tais ações não possuem os auspícios do goverador do estado,isso é mais um dos artifícios utilizados pelos que pouco tem a acrecentar ao desenvolvimento do estado uma vez que vislumbram somente o autofavorecimento. Governadores vem e vão mas o estados como um todo se perpetua, lutemos sim porém tendo como meta primal o DESENVOLVIMENTO gradual e perene.
      Grande Abraço.

  • A Alcinéa é sem dúvida uma das melhores Jornalistas do Estado, ela sabe como criticar em plena ditadura. Quando li pela primeira vez o último parágrafo imaginei q fosse um elogio ao Governador, mas depois percebi que foi um elogio Sarcástico. Parabéns Alcinéa.

  • És gobierno.Soy contra! É evidente que o trabalhador do setor público tem razão por estar puto da vida com a esmola de 3%(3 por cento,pela reposição das perdas acumuladas no período(abr/2010 a abr/2011) anuncidas pelo sr. governador. Há uma índice das perdas salariais e que serve de parâmetros para as negociações do salário dos servidores. É o nosso disídio e tem de ser respeitado por qualquer gestor que sente na cadeira do Setentrião. O sr. Camilo rasgou a Lei que garantia as nossas perdas e ainda REVOGOU A LEI DA DATA-BASE. Uma afronta às organizações trabalhistas e um desrespeito à Constituição estadual.

    Agora e assentado no seu pequeno trono real(Setentrião), arrebanha setores da mídia local e faz uma intensa campanha contra os servidores públicos, únicos culpados pela crise. Agora tem o dinheiro, a caneta, e o diário oficial.

    Bem feito PROS TRABALHADORES SO SETOR PÚBLICO, que acreditaram no governo da mudança(ou será LAMBANÇA?)

  • No início dos anos 90 marchamos com Capi, Janete, Waldez, Bala, Papaléo, Hildegardo e outros que na época eram ‘companheiros’ até a frente do Palácio do Setentrião. E o Governador Barcellos mandou a PM nos dá as boas vindas com muitos cacetetes. Eu, na época estudante, recebi algumas bordoadas. O Camilo não lembra disso porque ‘estudava fora’. Vou rir muito se a cena se repetir tendo um socialista no poder.

  • é verdade… a “luta” em busca de direitos e melhores condições de trabalho agora é taxada de “inimigos do Amapá”…. Espero que o govero estadual não tenha A CARA DE PAU, a coragem e o desrespeito pelos funcionarios públicos estaduais, assim como, o atual Prefeito de Macapá, fez com os Guardas Municipais, onde o sr. prefeito mandou a PM calar e expulsar os manifestantes do prédio da prefeitura com o uso de gás de pimenta e o uso de armas de fogo empunhadas… Força a todos os funcionarios publicos, não desistam… FORÇA, FORÇA….

  • Repisando. Sua Excelência o Governador Carlos Camilo Capiberibe deverá livrar-se de umq 1/6 dúzias de ALOPRADOS (três são conhecidos: Secs. Saúde, Educação e Segurança), ou estará fadado a ter somente 4 anos de mandato.

    • Meu amigo, tem tanta catita que o cocô tá sobrando até para a comida dos hospitais. E cara Alcinéa, os aloprados são aqueles que estão mamando na teta e chegam a ser ridículos passando o dia todo twintando puxação de saco. A maioria deles ganhou no mínimo uma emergencia…. Vcs sabem do que falo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *