Mídia livre – Sociedade consciente

Nesta fase preparatória para a I Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), que acontecerá em Brasília, nos dias 14 a 17 de dezembro, os cidadãos e instituições também podem realizar as chamadas conferências livres. Neste caso, as propostas que resultam desses encontros são enviadas diretamente à Confecom.

A I Conferência Livre de Comunicação do Amapá está confirmada para o próximo sábado (14), no auditório da OAB/AP. O tema geral é “Mídia Livre – Sociedade Consciente”. As inscrições serão feitas no local da Conferência.

Entre os palestrantes estão os jornalistas Corrêa Neto e Alcinéa Cavalcante. Pela manhã, eles vão palestrar sobre os meios de comunicação do Amapá e liberdade de imprensa, respectivamente. Os dois têm prática profissional coerente com o tema geral da Conferência e responderam sim ao convite para enriquecer o evento local que nasceu da necessidade da sociedade civil de inserir-se no debate nacional sobre as regras e convenções que regem as concessões, o funcionamento e o conteúdo levado a público pelos mídia no Pais e a consequência de todos esse fatores sobre a construção da cidadania do povo brasileiro.

Confira a programação completa e programe-se para um sábado comunicativo:

9h – Abertura oficial
9h10 Mesa 1 – Tema: “Os meios de comunicação no estado do Amapá”. Composição: Jornalista Antonio Correa Neto; blogueira e especialista em Comunicação Luciana Capiberibe. Moderador: Heverson Castro.

Debate e perguntas – Intervalo de 20 minutos.

11h Mesa 2 – Tema: “Liberdade de Imprensa”. Composição: Jornalista e blogueira Alcinéa Cavalcante; jornalista comunitário Maurício Medeiros.

Debate e perguntas – Intervalo de 20 minutos.

12h10 – Intervalo para almoço.

14h – Palestrante nacional: Sheila Tinoco (Representante da CNPC – Comissão Nacional Pró Conferência de Comunicação)

14h40 – Formação de Grupos de trabalho com criação e proposição de propostas por eixo temático da CONFECOM: “Produção de Conteúdo”, “Meios de Distribuição” e “Cidadania:” Direitos e Deveres”.

16h20- Plenária final e sistematização das propostas.

Organizações participantes do coletivo da I Conferencia Livre de Comunicação do Amapá:
Sindesaúde – Sindicato de Enfermagem e Trabalhadores da Saúde do Amapá • Sinjap – Sindicato dos Serventuários da Justiça • Fórum DCA/AP – Fórum de Direitos das Crianças e Adolescentes • Fespeap, Federação de entidades dos servidores públicos do Amapá • ACANH – Associação de Comunicação Alternativa Novo Horizonte –
Rádio Novo Tempo • CTB/AP – Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil • Marcha Mundial de Mulheres/AP • Comissão de Direitos Humanos / Assembléia Legislativa do Estado do Amapá• Sigimma (Sindicato dos Guardas e Inspetores Municipais) • Associação de Moradores do bairro • SINSEP – Sindicato dos Servidores Públicos Civis do Estado do Amapá • Blogs: Notícias Daqui/Luciana Capiberibe, Heverson Castro, Amapá
Busca/Chico Terra e Alípio Jr. • Instituto de Mulheres Negras do Amapá • Sintaxi – Sindicato dos Taxistas

  • mas que cacete!!!! tudo aqui se resume numa discussão besta entre quem apoia o desgoverno e quem é contra e txado de capiroto…p…vai tomar no c….

  • Vivemos em um Estado Democrático e de Direito, a Liberdade de expressão é de grande importancia para nosso Estado, esse debate vem com grande significado para os amapaenses e profissionais da imprensa.

    Estão de Parabéns.

    Abraços.

  • Observador,só o fato de não ser pago com dinheiro do contribuinte,já me satisfaz.É bem melhor doque aquela festa que o Olimpio Guarany fez com dinheiro público e o que o Marcelo Roza faz hoje.

  • Me engana que eu gosto que essa conferência vai ser livre. Isso é coisa dos Capirotos que, quando no governo,faziam a mesma coisa que o Waldez faz hoje com a imprensa. O debate isolado não vai adiantar de nada. É preciso envolver também o poder público e os empresários.

  • Pingback: Tweets that mention Alcinéa Cavalcante » Mídia livre – Sociedade consciente -- Topsy.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *