Ministro da Integração visita o AP amanhã

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, visita o Amapá amanhã para ajudar os municípios atingidos pela cheia.

O ministro vem a convite do senador Randolfe Rodrigues (PSOL). Ele desembarca em Macapá às 14h10 e será recepcionado pelo governador e pela bancada federal.

Às 14h30 ele reúne com o governador, alguns secretários de estado, parlamentares, prefeitos, dirigentes do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e outros órgãos de defesa civil.
Às 16h ele concede entrevista aos jornalistas amapaenses no Palácio do Setentrião.

  • Nestes casos é necessária a presença da Policia Militar, pois em avendo a prisão e a condução do infrator, mesmo ele sendo policial civil, os delegados não poderam se recusar a fazer o flagrante, pois será necessário a confecção do B.O e do Alto de Prisão em Flagrante, para finalizar a ocorrência, mas se ainda assim se recusarem o mesmo poderá ser apresentado no Fórum a um juiz de plantão para que sejam tomadas as providências relacionadas a ele e aos policiais civis que estiverem se omitindo!

    • PARABÉNNNNNN SENADOR RANDOLFE!! TÁ MOSTRANDO O SEU POTÊNCIAL DE TRABALHO E RESPEITO DE TODA BANCADA FEDERAL. COMO DIZ A MÚSICA.. QUEM SABE FAZ A HORA , NÃO ESPERA ACONTECER. PRECISAMOS DE REPRESENTANTES POLÍTICOS PROATIVOS COMO O SENADOR RANDOLFE. NÃO JOQUEI FORA O MEU VOTO!!!
      VALLLLLEU NOSSO SENNNADOR!!

  • Alcinéa olha só o artigo que foi veiculado no Portal de Noticial do Estado do Acre.
    Acho que o nosso governador deve dar uma pressão no ministro, para que os nossos irmãos amapaenses, atingidos pelas enchentes, recebam o mesmo tratamento dos acreanos, afinal de contas o ministro é do mesmo partido do Camilo. Tem que dar rock, ou melhor, tem que dar marabaixo.

    Ministro da Integração Nacional visita o Acre nesta sexta-feira
    Romerito Aquino
    13-Abr-2011
    A pedido do governador Tião Viana, Fernando Bezerra vai anunciar o estado como primeiro beneficiário do Cartão da Defesa Civil Nacional

    Ministro Fernando Bezerra conversou por telefone com o prefeito Raimundo Angelim

    O Acre será o primeiro estado do país a se beneficiar do Cartão da Defesa Civil Nacional que o governo da presidente Dilma Rousseff lançou na terça-feira,12
    O Acre será o primeiro estado do país a se beneficiar do Cartão da Defesa Civil Nacional que o governo da presidente Dilma Rousseff lançou na terça-feira,12, para que estados e municípios atingidos por catástrofes naturais disponham de recursos com rapidez para socorrer as suas populações.

    Foi o que anunciou o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, durante audiência que concedeu nesta quarta-feira, 13, ao governador Tião Viana. O governador esteve em Brasília em busca de apoio do governo federal para ajudar a população acreana atingida pelas cheias dos rios acreanos.

    Tião Viana convidou e o ministro Fernando Bezerra se dispôs a ir com ele a Rio Branco, na manhã de sexta-feira, 15, para ver de perto a situação da enchente do rio Acre e para anunciar as medidas de apoio do governo federal em favor dos desabrigados, entre elas o lançamento na capital acreana, pela primeira vez no país, do cartão da Defesa Civil Nacional. O ministro aprovou o pedido feito pelo governador para que o governo da presidente Dilma também garanta recursos que possam ajudar os desabrigados a construir novas residências em áreas fora do risco de alagação.

    “O ministro Fernando Bezerra foi de uma sensibilidade total. Falando em nome da presidente Dilma, disse que vai ajudar o Acre nas necessidades que este momento requer”, disse o governador. Tião Viana disse ter ficado muito satisfeito ao saber do ministro que o Acre será o primeiro estado do país a se beneficiar do Cartão da Defesa Civil, que é uma espécie de cartão corporativo através do qual o governo federal vai repassar, de imediato e sem burocracia, recursos para os estados e os municípios ajudarem as vítimas das catástrofes naturais, que no caso do Acre se constituem hoje nas cheias dos rios acreanos.

    “O ministro assumiu o compromisso comigo, com a deputada Perpétua Almeida e com bancada federal de irmos juntos para o Acre nesta sexta-feira pela manhã para lançar o Cartão da Defesa Civil, que é mais uma forma de solidariedade às vítimas das tragédias naturais”, disse o governador, ao lado da deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB-AC), que também participou da audiência.

    Além disso, segundo afirmou Tião Viana, o ministro da Integração mostrou-se solidário ao pedido do governo do estado e da prefeitura de Rio Branco “de readequação do ambiente de vida e de moradia das famílias mais vulneráveis nessa hora de enchente tão doída que vivemos agora no Acre”.

    Após ouvir de Fernando Bezerra os compromissos de ajuda de seu ministério para as vítimas das enchentes no Acre, o governador ligou para o prefeito Raimundo Angelim e passou para o próprio ministro da Integração comunicar as ajudas do governo federal. Angelim transferiu a sede da prefeitura para o Parque de Exposições, onde estão alojadas as famílias desabrigadas.

    “Estamos solidários na alimentação, no serviço médico, no serviço de saúde e no apoio do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, dos servidores da Defesa Civil e da Saúde. Tudo que pode ser feito nesta hora está sendo feito, numa hora de surpresa dolorosa das famílias. Mas estamos todos juntos e as soluções vêm também com o apoio da presidente Dilma através do ministro Fernando Bezerra”, disse o governador

  • É o congressista funcionando. É o nosso senador Randolfe mostrando serviço. Enquanto isso os outros senadores, não fazem absolutamente nada.
    Agora, “se o assunto fosse indio”, eles já teriam dado um jeito de trazer ao Amapá, ministros, especialistas e cobrariam imediatas providencias, no sentido de que fosse feito emergencial aporte de recursos, para os devidos atendimentos “aos indios e as benditas consultorias”, trazento claro, especialistas de outras paragens, preferencialmente da Bahia.
    Graças a Justiça Brasileira, que logo o Capi também vai estar lá no senado para salvaguardar os interesses do povo amapaense.

  • Pra vê como são as coisas, o Ex-detento Roberto Goes, dá calote nos Guardas, se negando a lhes pagar um direito liquido e certo. E quem tem que resolver este abacaxi do prefeito é o BOPE, quando o BOPE deveria ir na Prefeitura era prende-lo por desobediência a lei aprovada e sancionada no final de 2008. Enquanto o prefeito a cada dia enterra ainda mais sua pessíma administração e uma improvável reeleição, o BOPE mais uma vez mostra que tem profissicionais treinados e competentes para gerenciar e contornar crises, assim se firmando ainda mais como uma peça importante na engrenagem da segurança pública. E ainda teve um cidadãozinho petulante que foi na imprensa tentar mobilizar a sociedade para extinguir o BOPE, agora durma-se com um barulho desse. É meu patrão cuide de mostrar serviço e justifique o absurdo que ganhas, senão o Sr. Governador vai acabar percebendo e o que vai ser extinto e este seu carguinho de desintegração.

  • Alcinea por favor me ajude! divulgue o que vou escrever! A um bom tempo meu irmão que é POLICIAL CIVIL! vem agredindo minha mãe de 80 anos que é muito doente, ela nao me falava por medo de acontecer algo! mas no ultimo sabado fomos avisados por um vizinho que ele e sua esposa estavam agredindo minha mãe! entao fomo ate a casa de minha mãe, eu, meu marido e meu filho de 21 anos! nos nao moramos perto dela, porem ele mora em frente a casa dela! entao fomos ate la para protege-la e leva-la ate a delegacia de mulheres e ele juntamente com sua esposa e filho tentaram nos cortar com terçados, mas nos conseguimos fugir com o carro! fizemos o registro de ocorrencia e hoje foi a audiencia, mas a psicologa e a delegada geral de policia nao queria fazer a ocorrencia contra ele, e queriam arquivar, protegendo ele por ser policial civil! nós ameaçamos ir ate a promotoria entao ela resolveu ouvir minha pobre mãe! EU ESTOU REVOLTADA, INDIGNADA! QUER DIZER QUE POR ELE SER POLICIAL CIVIL ELE PODE AGREDIR UMA SENHORA E 80 ANOS E FICAR POR ISSO? COM A PALAVRA O SECRETARIO DE SEGURANÇA, O DELEGADO GERAL, E O OCRREGEDOR DE POLICIA QUE NAO FEZ NADA AINDA!

    • SGT Kleber disse:
      15 de abril de 2011 às 10:27

      Nestes casos é necessária a presença da Policia Militar, pois em avendo a prisão e a condução do infrator, mesmo ele sendo policial civil, os delegados não poderam se recusar a fazer o flagrante, pois será necessário a confecção do B.O e do Alto de Prisão em Flagrante, para finalizar a ocorrência, mas se ainda assim se recusarem o mesmo poderá ser apresentado no Fórum a um juiz de plantão para que sejam tomadas as providências relacionadas a ele e aos policiais civis que estiverem se omitindo!

      • Obrigada! mas nao foi pego em flagrante, e a delegada apenas vai pedir ao juiz um mandado de medida protetiva! e so fez isso pq ameacei de ir ao ministerio publico! e diante do que ocorreu e da forma em que eles trataram o caso, a estamos no lucro! é muito triste, estou revoltada e nao acredito mais em delegados e agentes!

  • O que venho dizer,é a minha enorme revolta pelo fato dos professores do contrato irem para o terceiro mês sem receber, sem ver a cor do dinheiro….Eu quero saber se todos estão começando a ser comprados, pois ninguém fala nada.. NINGUÉM!! falaram q iria sair folha suplementar, cadê folha suplementar….Mentem pra gente igualzinho ao outro q stava no poder….stou começando a me arrepender de ter votado no 40!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *