Mordaça

Coligação  Frente Popular (PSB-PT – que tem como candidato ao governo Camilo Capiberibe – move três ações contra o Jornal do Dia.
Leia aqui

  • Candidato quando está ferrado faz qualquer coisa. Não vê o que o PSB está fazendo ? Tudo que sai na mídia não vai ser favorável a ele porque está ruim mesmo. Pior agora que a Janete teve o registro indeferido e o Capi está por um fio. Ai a eleição do Camilinho vai pro brejo – já está no caminho. Vai sobrar só o apoio ao Jorge Amanajás que ele nem toca no nome para não melindrar.

  • Sugiro ao Jornal do Dia que, quando realizar alguma enquete eleitoral, disponibilize terminais de votação no centro comercial, no shoping, no terminal rodoviário, no superfácil, etc. Assim, obterá mais participação, maior diversidade e mais legitimidade nos resultados. Coisa de profissional.

  • Eu, no lugar do Camilo, não processaria. Mas que o JD é um jornal totalmente parcial eu não tenho dúvida, como a grande maioria da imprensa amapaense. Deprimente! Terra onde tudo se resolve no judiciário ou na porrada.

  • Infelismente essa nossa imprensa nao tem credibilidade nenhuma mesmo sabe nao compro jornal mentiroso subordinados a politicos mentirosos que so sabem manipular o povo mesmo sabe afinal de contas d eond evem tanto dinheiro para bancar programas de televisao e radio so para denegrirem a imagem dos outros ei a nao ser em beneficio proprio mesmo sabe programdos so para dizer sim sim e nunca dizer nao meu amigo nossa iso e que e democracio mesmo nesse estado.

  • O Camilo reagiu hoje em seu programa eleitoral, que bom. Tem que mostrar as mazelas deste Estado, pois é só quando tomamos conhecimento, falta o Lucas.

    • infelizmente não da pra mostrar, o lucas só tem 2 minutos de programa. ainda espero o dia em que todos os candidatos tenham o mesmo tempo de televisão.

  • Não concordo com nenhuma censurab a nenhum orgão de imprensa, e aos blogs. Não sei porque se dar tanto credito a uma enquete feita por um jornal chapa branca, que reza da cartilha da harmonia. Realmente foi um tiro no pé. O mais sensato, seria recorrer a justiça eleitoral, para pedir o direito de resposta, se for o caso.Sobre a enquete ser desfavorável ao PSB, quem acharia que o resultado seria o contrario. Eles(JD), são fidelíssimos ao chefe maior da harmonia, e eles nunca iriam contrariar o patrão.Pra eles vale o ditado: “Manda quem podee obedece quem tem juizo”

  • Mas covenhamos, se o resultado da enquete do JORNAL DO DIA fosse favorável ao PSB NUNCA que o Jornal iria dar tanto destaque na capa como aconteceu na enquete para o Senado. #alguemconcorda?

  • Se a imprensa vagabunda e vendida deixar de existir, não faz a mínima falta para o cidadão honesto e para o povo de bem.

  • O sistema de enquetes do Jornal do Dia não tem segurança alguma, o que leva a políticos pagarem meia dúzia de pessoas para passarem o dia votando, e no outro dia o Jornal estampa em suas capas o resultado, o que faz muita gente criar uma opinião errada.
    Como é um veículo de massa, a mentira criada na internet cria uma proporção ainda maior. Os juízes deveriam observar que essa prática é tendenciosa, e depois é utilizada na propaganda da TV/Rádio. Outro dia vi uma capa do JD como banner.

    • Estou de acordo, Alípio. Mas isso não é parte do exercício diário das liberdades? Em todos os principais sites do país, há enquetes diárias sobre a eleição presidencial. Depois de cada debate realizado, fazem enquetes pra saber quem, na opinião do internauta, venceu. E alguém já viu Serra, Dilma ou qualquer outro tentando questionar judicialmente as enquetes do UOL, da Globo.com ou do Terra? Ainda acho que os políticos do Amapá de um modo geral precisam aprender a lidar melhor com as liberdades individuais. Essa mania pouco democrática de judicializar tudo o que lhes pareça desfavorável não condiz com a prática política de um país civilizado. E isso vale para políticos das mais diversas matizes ideológicas.

      • Mas não dá pra comparar a GLOBO/UOL/TERRA com o JD. Lá eles tem um sisteminha que assegura (ou quase assegura) um voto por IP, diferente do que estamos vendo por aqui. Pelo enquetes.com.br basta apagar o histórico do navegador e você vota denovo.
        Não discuto os resultados, mas sim a forma de como está sendo feita, já que o jornal é mais antigo em circulação no estado, tem gente que acredita.

        • Não tem limitação de voto por IP, Alípio. Nas enquetes diárias dos vários sites, a votação é livre. E os resultados são divulgados amplamente pelos portais. Eu repito: é do jogo. Se as enquetes do J Dia não têm consistência suficiente pra avaliar a realidade eleitoral, que se diga isso na TV, pelo candidato. Minha bronca é só com a judicialização da coisa mesmo.

      • Essas enquetes não tem nenhum fim de pesquisa eleitoral, apenas a opinião dos quais entram no site do jornal para expressar a opinião de quem eles votariam. Não é nada homologado no TRE, até porque em internet, na maioria das enquetes, ele pode votar quantas vezes quiser. Não é o caso da eleição, que o seu voto é apenas um. Acho que os políticos do Amapá, de um modo geral, tem que crescer e aparecer mesmo.

  • Acho que devemos refletir o que é liberdade de imprensa.
    A imprensa deve ter sua liberdade de informar defendida até as últimas consequências, mas o Jornal do Dia entende que pode iludir e direcionar o pensamento.
    Isso não é liberdade, isso é perseguição, propaganda negativa, imparcialidade pura.
    Sou eleitor do Lucas, mas não sou cego e nem puxa-saco.
    O Jornal do Dia persegue, não é de hoje, a família Capiberibe. Quem tentou votar na enquete para deputado federal viu que não havia nenhum candidato da Frente pela Mudança.
    Agora, diga-me, isso é liberdade? Usar uma concessão pública para pregar sua vontade e não informas com o mínimo de imparcialidade?
    Não é a primeira vez que o Jornal do Dia publica matérias sem fundamento e preconceituosas. Lembro a reportagem sobre a atuação parlamentar dos nossos deputados federais, mentira pura e deslavada! É só visitar o site da câmara de deputados http://www.camara.gov.br/sileg para comprovar!
    Não dá para defender o Jornal do Dia como defendemos você, Alcinéa.

    • Ótima análise Franco Pontes, penso da mesma forma. Esses caras que fazem a imprensa no Amapá tem rabo preso e se escondem o que eles dizem por “liberdade de expressão”. Liberdade expressão deve ser usada para ser o olhos do cidadão, não é o que o Jornal do Dia faz. Um dos jornais mais atrelado ao poder para divulgar noticiários em favor dos interesses de um grupo econômico. Imprensa Marrom não se pode usar o termo “liberdade”, uma vez que se usa a informação como instrumento de dominação.

    • Mas a liberdade de expressão (e de imprensa) ou é plena, ou não é liberdade. E não se trata de defender o que diz o J Dia, ou sua linha editorial. Jornal ruim a gente nem compra! Daí a querer colocar limites ao trabalho dele, vai muita diferença…

      Quem criou no Brasil essa idéia de que jornal, revista e TV devem ser “imparciais”? Eles não podem deixar de noticiar os fatos, mas não precisam ser impedidos de manifestar as próprias preferências. Isso acontece nas melhores e mais civilizadas democracias do mundo. Nos EUA, até as pedras sabem que o Times é democrata, enquanto que o Post é reppublicano; ou que a CNN é democrata, enquanto que a FOX é republicana. O mesmo se dá na Inglaterra, na Alemanha, na França… Veículo de comunicação pode, sim, ter opinião de parte! Isso não fere a liberdade de imprensa. Pelo contrário: dá mais força a ela.

      • mas pelo menos nos estados unidos, existem jornais republicanos e democratas, existe o ponto e o contra-ponto, existe a oposiçao e a situaçao. Aqui no amapá nao, existem os grupos midiáticos, que vivem de agredir, e caluniar o capi e janete, sem lhe dar o direito a plena defesa. Lhe tolhindo o direito de defender-se…

      • Nos países desenvolvidos tem a imprensa A e B, mas nós estamos no Amapá, um dos estados mais pobres de um país sub-desenvolvido, só podemos esperar o lado “J”, do Jabá.
        E no final das contas ficamos discutindo enquanto eles ficam rindo. Abçs

      • Em parte concordo, numa democracia há de da liberdade para quem quer manifestar suas ideias, mas quando a imprensa faz parte de um meio sistematizado de informação, onde ela ecoa somente de um lado ái precisamos nos preocupar. Lembre-se a maioria das concessões publicas desse país são dadas graciosamente a políticos e que históricamente, sabemos disso, ajuda a perpetuar o mesmo governo de sempre. É por isso que Maranhão é um dos estados mais pobres. Estados Unidos é um pais democrático porque suas instituições são fortes e o comércio é pragmático em tudo, até na imprensa. No Brasil, não funciona assim.

  • Quem pode citar algum jornaleco daqui que seja confiavel? Todos ele tem seus próprios interesses. Procurem ler o JORNAL PEQUENO do estado do Maaranhão, este sim não cala para a Oligarquia de lá e mostra a realidade nua e crua daquele Estado miserável por culpa de um comando politico de 40 anos e este infelizmente é o caminho que o nosso querido Estado do Amapá ja tomou.

  • “A imprensa é o que chamamos de formadora de opinião” se depender deste jornal, a unica opinião que teremos é que aqui é a Terra do Nunca.

    Pobre povo Amapaense que é obrigado a Ler o que eles querem

  • O que é engraçado é que o bigodudo pode tudo…quando o bigodudo do Maranhão CENSUROU o jornal do Estado de São Paulo (não lembro o nome agora) de divulgar matéria contra o seu filhote, eu não vi em nenhum jornal ou blog, etc… esse tipo de protesto…jornal do dia tem que parar com essa palhaçada de ENQUUETE…se ele quer fazer alguma coisa que preste por que ele não contrata uma empresa para fazer uma pesquisa eleitoral e divulga no seu jornal???…

    • Já dizia minha bisavó: o pior cego é o que não quer ver.
      Este blog divulgou com destaque ( e não apenas uma vez) a censura imposta por Sarney ao Estadão. Você não viu porque não quis. Mas se quiser ver procure nos arquivos do blog.

      • RETIFICANDO: “eu não vi no JORNAL DO DIA e os blogs dos jabazeiros da harmonia dilvugarem esse tipo de protesto…”
        .
        A palavra nenhum blog foi muito forte…me referia a certos blogs de jabazeiros de politicos, que só sabem divulgar noticias sobre o PSB…
        .
        Eu escrevi esse mesmo comentário no blog de um JABAZEIRO da harmonia..e acabei dando o ctrl c e ctrl v…

  • Não sei em que a aludida coligação se sentiu prejudicada. Agora faz tempo que o referido jornal deixou de ser confiável. Quem lida com a informação não pode fabricar notícia. Pois agindo assim, estará distorcendo os fatos, algo imperdoável quando se trata de Jornalismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *