MPF denuncia ex-governador Waldez Góes

O Ministério Público Federal no Amapá (MPF/AP) apresentou à Justiça Federal, nesta terça- feira, 25 de janeiro, denúncia contra Antônio Waldez Góes da Silva, ex-governador do estado. A acusação é de apropriação indébita previdenciária.

Documentação fiscal da Secretaria da Receita Federal mostra que o imposto, retido na fonte pelo Governo do Estado do Amapá (GEA), não era repassado ao Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS).

Segundo cálculos de auditores, os cofres públicos federais deixaram de receber do GEA aproximadamente 200 mil reais, em valores corrigidos. Os prejuízos ao INSS ocorreram no biênio 2006/2007.

Antônio Waldez Góes da Silva, por 35 vezes, deixou de “repassar à previdência social, no prazo e forma legal ou convencional, as contribuições previdenciárias recolhidas”, afirma trecho da denúncia.

Provas – Notas fiscais e contratos do governo com a empresa A.G. de Albuquerque (Amapá Vip) – prestadora de serviço de vigilância e segurança para órgãos do GEA – comprovam a fraude.

Os documentos recolhidos na Ouvidoria Geral, Secretaria de Educação (Seed), Secretaria de Infraestrutura (Seinf) e Departamento de Trânsito (Detran) mostram que o governo reteve 11% da contribuição destinados ao INSS.

Gestores desses órgãos, à época, devem ser intimados para prestar esclarecimentos. Com base no artigo 168-A do Código Penal Brasileiro, o ex-governador está sujeito a pena de dois a cinco anos de reclusão e pagamento de multa.

(Texto: Assesssoria de Comunicação Social/Procuradoria da República no AP)

  • Infelizmente acreditar na justiça ultimamente tá dificil. Na realidade a justiça só nao se faz de cega pra três p’s (preto, prostituta e pobre). Se quiserem q acreditemos nela, q a justiça seja feita!!! Ou vamos ficar no velho ditado de “ver para crer”.

  • Pelo menos, o governador não foi ingrato com os parentes! Família que “trabalha” unida, merece ficar unida na cadeia.

  • Concordo com o nobre Colega Sandro, onde estava o Ministerio Publico nessas horas? não tiro a razão do nosso Observador.Como diria meu amigo Bial Ispiaaaaa!

  • Concordo coma as palavras do caro colega Sandro, Onde estava o Ministerio Publico nessas horas? Boa Pergunta.mas como diria o nosso observador antes tarde do que nunca. eu vou te contar….Como doria meu amigo Bial Ispiaaaa!!!1

  • NOSSA!SOMENTE AGORA O MP CONSEGUIU ABRIR OS OLHOS PARA TAMANHAS ROUBALHEIRAS, PARECE ATE QUE O MP ESTAVA COM UMA VENDA NOS OLHOS E UM TAPA OUVIDOS NESTES ULTIMOS OITO ANOS E A MESMA COISA TA ACONTECENDO EM SANTANA, COM TANTAS ESCOLAS SUCATEADAS, POSTOS DE SAÚDE SEM SAÚDE, PREFEITURA SUPER INCHADA D CONTRATOS E CIDADE ESBURACADA, ENTRE OUTRAS SITUAÇÕES BEM PIORES A POPULAÇÃO SENTE, MAS O MP NÃO INTERVEM.

  • NOSSA! SOMENTE AGORA O MP FICOU SABENDO DE TAMANHA ROUBALHEIRA, O QUE SERÁ QUE ELES ESTAVAM FAZENDO NESTES OITO ANOS. COLOCARAM UMA VENDA NOS OLHOS E UM TAPA OUVIDOS

  • A isso tudo se deve muita indignação, repúdio, mas também grande reflexões sobre hegemonia política e suas consequências e a cultura do voto em nosso estado, pois Waldez Góes foi o produto de dois mandatos eleito pelo voto direto sendo que em seu último teve vitória assegurada no primeiro turno. Mas é profundamente lamentável o desfeicho dessa história! Mas que a jstiça seja feita!!

  • Alcinea, favor, descubra se esse é o unico prestado de serviço à comprovar o valor retido na fonte e que acabou como prova para o MP tomar a decisão,Será que outros empresarios não o fizeram?

    • Pois é…meu olho esta vivinho como o teu…até hoje nao engulo essa de ter que aguentar receber meu suado provento neste tal de BB!! Chega da raiva de pensar que venderam a folha de pagamento para esta instituiçao bancaria que nao consegue nos propocionar um atendimento com dignidade, so nos tras transtornos, filas kilometricas, caixas eletronicos que nos finais de semana e feriados acabam o dinheiro e agente fica “na mao” etc etc Afinal, gostaria de saber se o atual governo ainda vai continuar com este contrato com o BB…so traz prejuizos…imagina que para resolver qualquer situaçao o servidor publico perde um dia de trabalho! Vcs acham que isto é certo, perder um dia de trabalho. Eu nem posso porque tenho centenas de alunos me esperando e tenho responsabilidade naquilo que faço,mas a realidade é esta, isto ja ocorreu comigo!

  • TEM QUE CONFISCAR OS BENS DE TODOS. TORNÁ-LOS PÚBLICO. Para alguns: seu Waldez tem dimdim sim (tá investido em alguma coisa… é só procurar) e não só ele… seus secretários também… TODOS! No caso deles tem agravante por deterem cargos públicos. Se valer a justiça, o bicho pega… não esperem nada da justiça harmoniosa. Só da J. F. dependendo da vontade de El Bigodon, rsrs. É engraçado, mas é cruel!

    • É quase!
      FURTO a pessoa pega para si o que é de outrem, no ROUBO ela se utiliza de violência (que pode ser ameaça) para este fim, e na APROPRIAÇÃO INDÉBITA ele se recusa a devolver o que já está consigo.

  • Precisa-se que algo seja feito, alias me pergunto onde estava o Ministerio Publico que nâo viu isso, no decorrer desses ultimos 8 anos? com a palavra o nobre promotor Iaci Pelaes.
    Cadeia na famosa Harmonia, e confiscagem de todo dinheiro roubado do povo.

  • POW, NEM ADIANTA CHUTAR CACHORRO MORTO. O EX-GOVERNADOR NÃO TEM MAIS FORO PRIVILEGIADO NO ENTANTO NÃO TEM RENDA PARA PAGAR OS DEVIOS, VALHA-NOS QUEM?!

  • “Se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão, se gritar pega ladrão, não fica um…”. Sei que tinha gente boa também no governo passado. Infelizmente acabou assim…
    Será a sina de confiar nos da terra! Vou orar é que é!!!

  • Bom… antes tarde do que nunca!

    E os outros crimes?

    E os outros criminosos?

    Com a palavra a JUSTIÇA!!

    e NÓS AQUI SÓ ZUIANDO, OBSERVANDO!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *