Multado pela Justiça, Michel JK recorre

Condenado pela Justiça Eleitoral a pagar uma multa de R$ 25 mil por ter feito propaganda elitoral antecipada, o deputado Michel JK, provável candidato a prefeito pelo PSDB, disse ao blog que está recorrendo da decisão por considerá-la injusta.  “Até porque, no mesmo período, estavam nas ruas – e que eu saiba não foram punidos – outdoors dos deputados estaduais Cristina Almeida e Eider Pena, e dos deputados federais Evandro Milhomem, Davi Alcolumbre e Dalva Figueiredo, todos tratando de questões tão relevantes para a sociedade como os meus”, disse o deputado.
Em sua defesa na Justiça Eleitoral, Michel JK argumentou que os outdoors que espalhou pela cidade não eram propaganda eleitoral, mas sim uma prestação de contas do seu mandato.

  • Muitas “autoridades” do amapá pensa que a população é BURRA. Vejam só: Quantas pessoas estão aniversariando ou se confraternizando em família. TUDO EM OUTDOOR. Porque será. é PRA MIM AGRADAR?

  • A melhor prestação de contas que esses malandros que ocupam a AL poderiam fazer, era liberando seus sigilos bancário e fiscal. E quem seba até o telefônico.

  • Estranho! Prestação de contas em ano de eleição, porque não foram realizadas em 2011? Desculpem mais vejo como propaganda eleitoral antecipada!

  • se divulgar o mandato, om povo não vai atras pra saber…então dep. jk voce esta certo em matar a cobra e mostrar o pau.

    • O problema é que essa divulgação é apenas em ano eleitoral. Garanto que nem os trabalhadores das empresas da familia do deputado sabem o que ele anda fazendo. Mas na hora das eleições!!!!! A sociedade amapaense está atenta.

  • Vá lá, enquanto o JK e o Eider Pena falavam das coisas que já fizeram, Cristina, Davi e Milhomem faziam “saudações” auto-promocionais, dois ao aniversário da cidade e outra ao voto feminino. Acho q os últimos cometeram irregularidades mais graves e que todos deveriam ser punidos.

  • Se há provas contra esses possíveis candidatos, então que sejam multados da forma lei. Realmente, vi muita propaganda por aí. E ninguem fez nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *