Natal solidário da Prefeitura

Muitas brincadeiras, distribuição de doces e brinquedos fizeram a alegria das crianças na Zona Norte da cidade durante a manhã de hoje (22), quando a prefeita Helena Guerra deu inicio as atividades da segunda edição do Natal Solidário da Prefeitura de Macapá. O evento aconteceu na sede da Sub-Prefeitura e contou com a presença de funcionários e secretários do município.

A entrega dos brinquedos, como não poderia deixar de ser, foi realizada pela grande atração da festa: Papai Noel. No saco de presentes, bonecas, carrinhos, super-heróis, bolas e etc. A cada entrega um brilho diferente no olhar, um sonho realizado, como disse a menina Ana Julia Lima, de 8 anos. “Acabei de ganhar esta boneca. Estou muito feliz! Escrevi uma carta para o Papai Noel e fui atendida”.

Ao todo quatro mil brinquedos foram distribuídos na zona Norte da cidade. A moradora do Infraero II, Marlene Tavares, disse que estes são os únicos presentes de Natal que seus cinco filhos irão ganhar. “Eu e meu marido estamos desempregados. Quero agradecer a iniciativa da prefeitura”, finalizou.

Para a prefeita Helena Guerra, hoje é um dia extremamente gratificante. “Há dois lados importantes nesta ação: a alegria de quem doa e a alegria de quem recebe. Quero agradecer a todos os servidores pelo empenho que tornou possível esta grande festa. O sorriso de cada uma destas crianças é a nossa recompensa e não existe valor que supere o prazer de ajudar quem precisa”, disse a prefeita.

O Natal Solidário é um projeto da Prefeitura de Macapá e tem como objetivo propiciar alegria as crianças menos favorecidas. Este ano o evento foi dividido em dois pólos: zona Norte e Sul. Ao todo oito mil brinquedos foram arrecadados e divididos em partes iguais entre os pólos. Todos os brinquedos foram adquiridos e doados pelos funcionários do município.

(Texto e foto: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Macapá)

  • Essa administração está sendo uma vergonha e um desastre para o município, só escândalos corrupção e um monte de parentes sugando o dinheiro do povo da saude e da educaçãos. Ainda bem que neste blogue a gente fica sabendo de tudo, pois tem liberdade de informar o povo, tomara que a Câmara de vereacdores se mobilize e a Justiça se junteem pra da um basta nisso. Macapá tem se livrá rapido desse politicos ruins. E a chance é essa pois o prefeito já tá no xilindró e só falta mmais alguns do auto escalão pra ir pra lá por causa da grande corrupçaõ. Isso é uma quadrilha horivel!

  • Corneteiros, corneteiros, aonde estão?? Aqui estão!! Sem charme, todo muito faz isso. Até prefeitura de Municipio rico faz isso!! Parem de criticar só por criticar, fica piegas! Às crianças tudo é importante. Prefiro sorrisos a lágrimas! A foto da matéria é lindamente decorada com um sorriso infantil. Que neste natal tenham havido mais alguns sorrisos com o da foto!

  • Gente,o que muitos não entendem é que atos como este,independente de quem os pratica,pode não ser nada para quem dá,mas é muito paea quem recebe.Concordo com todos que abominam os atos politicos dos “politiqueiros” de sempre mas,neste momento só posso dizer uma coisa para a VICE PREFEITA;Da.Helenice Guerra,como nos ensinou “Chico Xavier”,a gente não pode mudar o passado,mas podemos fazer um novo começo”
    Feliz Natal a todos,incluindo,aí, a VICE PREFEITA!

  • Segundo informações, ontem, 22.12.2010, à tarde, na Escola Amapá, no bairro do Trem, quando a prefeita, em exercício (enquanto o Roberto Góes (PDT-AP) está preso na penitenciária da Papuda, em Brasília, acusado de desvio de verba pública e de atrapalhar as investigações da POLÍCIA FEDERAL destruíndo provas), a Helena Guerra (DEM-AP), disse que o prefeito estava com saudades, mandado lembraças à quele público que se encontrava ali.

    Alguns disseram: “Esssa mulher pensa que está falando com um bando de tapados. O Roberto Góes está preso em Brasília”, resmungou um pai “p” da vida.

    O que está acontecendo na PMM é uma extensão do: “O que tá bom, vai contiunuar”.

    Prisões, prisões, prisões!!!

  • Será que querem transformar esses brinquedos em votos? Melhor seria transformar esse circo todo em empregos decentes. Aí os pais de família poderiam comprar os presentes e doar aos filhos. Por outro lado, não lembro de ter votado para sub-prefeito, nem de ter visto a lei que criou esse cago. Se é cargo eletivo, quando acontecerá a eleição?

  • Vocês sabiam, que essas briquedos, os funcionarios (cargos da prefeitura) foram obrigados a comprar e a doar para o Prefeito fazer essa entrega nesse dia especial. Mas a Comunicaçao da Prefeitura nao fala… pode pedir informaçoes a Assessoria da Prefeitura… Acho que eles deveriam ser mais eticos, e comunicar a sociedade que pediram que cada cargo colabora-se com tantos brinquedos… dependendo do salario de cada um… Que NAtal Solidario hein…!

  • Hipocrisia e demagogia rasteira,seria muito mais correto, ético e responsavel se a prefeitura não desviasse recursos públicos destinado ao bem estar da população e principalmente das crianças carentes, recursos destinados a educação, saúde e etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *