Num outro 13 de setembro

Banda do IETA

Alegoria do IETA e meninas do pelotão de troféus do C.A.

Quem nunca sonhou desfilar na bicicleta toda enfeitada ou no pelotão de bandeiras?

E olha eu quando era baliza do Colégio Amapaense

  • Nossa, que delicia, recordar é viver!…, Vc é UNICA, parabens por tudo… um abraço e fique cm Deus!

  • Nossa, ao abrir esse site, me deparo com a Profª Ana Maria Vieira… que linda!! compondo a Banda do IETA, direto do túnel do tempo!! Fotos de um saudoso e longínquo 13 de setembro… Parabéns ao blog pelas belas fotos!!

  • Tudo muito lindo! Mas fico pensando no calor animal, sol escaldante, vocês são heróis de resistir à essa natureza impidosa do Equador…

  • Quanta saudade dos desfiles do dia 13 de setembro. Lembro da população aplaudindo de forma entusiasmada a passagem da Escola Integrada de Macapá com sua cadência diferenciada. Tenho orgulho de ter pertencido a esta instituição de ensino e de ter sido aluno da professora Alcinea.

    • Quanta saudade também do antigo GM. Com essa onda de mudanças dos nomes das escolas tradicionais, impetrada por políticos que, a meu ver, não têm iniciativa ou capacidade para criar leis mais importantes, até os hinos das escolas restam prejudicados. Como adaptar, por exemplo, o hino do GM? “Potente Escola Estadual Antônio Cordeiro Pontes, tu és a fonte do teu povo varonil…” Não tem rima.

  • Alcinéa, gostei da primeira foto. Que bom recordar! Fui a 1ª corneteira do IETA. A roupa que usava foi idealizada por R.Peixe.

  • Égua das pernas!!! Gostei! Bacana essa série retrô que vc tem colocado no blog Alcinéa. Cenas do passado que merecem ser trazidas para o presente. Bjs!

    • Nao sabia q vc é filho da Ana Maria. Precisa ver como ela tocava seu acordeao ou acondeon junto com a Fatima Araujo! Sdds de uma bela época! Gde abraço Ana! Vc ainda toca muito?

    • Clécio, se eu tivesse morrido antes desta publicação, njunca iria saber que vc é filho da Ana, que foi minha contemporânea infanto/juvenil, ela e sua irmã Tereza. Parabens aos dois, pela mãe e pelo filho que são.

  • Oi Alcinéia, sou professor da UNIFAP, do curso de Educação Física, temos um projeto sobre a memória da Educação Física, esporte e lazer no Estado. Como vi suas fotos, gostaria de saber se tens materiais sobre esses temas, e se tem interesse em disponibilizar para o nosso projeto uma cópia desses materiais. Podemos marcar uma hora para conversar, o que achas?
    Att
    Marcio

  • A turma do IETA (Nestor, Orivaldo, Samira, Nazilda, Graça, Simone, Deusa, Fernanda, Mara…) amou relembrar uma esola que mercou a vida-história do povo amapaense. Merci. Beijos.

    • Sempre que passo em frente do IETA (Continuo chamando assim, à escola que mais amei), sinto como se cada momento daquele tempo viesse à tona: infância feliz, tempo maravilhoso, Mestres insígnes. Pena que extinguiram o IETA. O que os políticos não são capazes de fazer, não é, queridas? Por que não refazê-lo, num preito à História?

  • Néa que charme você de baliza, bela foto, muitas saudades dos desfiles na Av. FAB, logo após as apresentações dos colégios, ficávamos na torcida, qual o colégio se apresentou melhor, depois íamos curtir aquela maniçoba e pato no tucupi. Beijos a todos, na Glória e Nete também.

  • Alcinéa tua foto com as pernocas de fora está um arraso, a velharia daqui lembrou muito de você jovenzinha. que bom voc~e misturar as piramutabas com as garapas-azedas. beijinhos

  • Ligeira retificação em minha mensagem. Nesse tempo o Raimundo Caxias estava estudando no IETA, pois se formou em professor naque saudosa instituição. Foi a emoção de ver o meu irmão.

    • Adelmo, conheci o seu irmão, era o cara, sempre alegre, brincalhão, uma figura.É pena que o papai do céu está sempre precisando de gente boa ao seu lado. Um abraço

  • Cara Alcilene, na primeira foto, parace meu saudoso, inesquecível e amado irmão RAIMUNDO NONATO CAXIAS DE SOUSA, que estudava na Escola Industrital de Macapá (denominação antiga). Ele é o que levanta as baquetas. Morreu aos 33 anos (em 1976) que marca o início do sofrimento dos meus pais pela perda querida. Meu DEus, quanta saudade do mano. Obrigado Nea. Valeu.

  • Lembro dessa foto da baliza oficial do CA… E acho que eh a Elizete Barbosa que esta segurando a taça. Tempos de muitas saudades!!

  • Saudades da demonstração no Glicerão num dia como este, O entusiasmo tomava conta da cidade e era só alegria e garbo por se apresentar por sua escola querida. Era moral e civismo puro, coisas que o tempo se encarregou de apagar.

  • O mestre da banda do IETA era o Ezequias(fitifiti), o colega que está fazendo evoluções com as baquetas é o Caxias, eu fiz parte desse grupo.

  • Alcinea, se não for pedir muito, qual o ano das fotos. Fora a indagação, como era bonito o 13 de setembro, uma parte inesquecível da minha vida.Lembro que após o desfile era Araxá ou Fazendinha.Um grande abraço

  • BOM DIA MEU POVO TUCUJÚ!! TIVE A HONRA DE EXERCER A DOCÊNCIA NO IETA(1986/1988).NOSSA GESTORA ERA A PROFISSIONAL COMPETENTE E EXEMPLAR, CONCEIÇÃO MEDEIROS.QUANTA SAUDADE AMIGOS!!! AÌ, AÍ MEU CORAÇÃO!! ATUALMENTE MORO EM BRASÍLIA COM MEUS AMORES(ARNALDO BALLARINI E ENZO BALLARINI). ESTAREI NO SENADO COMPARTILHANDO ESSA GRANDE FESTA DE HJ. AMMMO O AMAPÁ E O MEU POVO TUCUJÚ!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *