• como eles sempre citam, cada campanha é uma campanha,, ontem inimigo, hoje amigo,, e o povo briga,,,,cada um tem um querer,,,,,,,e as ruas só buraco,,,os jovens sem emprego, ao invés de gerar bolsa,, gerar empregos,,,,,

  • eu gostaria de saber porque vc nao coloca tambem a foto da caminhada do jorge amanajas,pois foi no mesmo dia e deu mais pessoas do que a do camilo.

    • Meu caro, pirasse o cabeçon??? Essa foto é de 1996. Reparasse nas fisonomias? Acha que isso é truque? Em 1996, o Jorge estava fazendo caminhada aonde??? Prestasse bastante atenção na foto? Aonde o Papaléo, WG, Bala, Antonio Elias, Idelgardo Alencar, Wagner Gomes,Heraldo entre outros, iriam estar caminhando com o Camilo e a Luciana??? Cuidado com o estresse meu caro, que pode causar ilusão de ótica…

  • Resumindo: somos cachorros tentando morder(ou esconder) os proprios rabos… No Amapá, quem não e filhote do Barcellos é filhote do Capi no modo de fazer politica…pode haver negação disso? “é tolo aquele que acredita nas alianças feitas por necessidade” mas a politica, essa que se faz partidarimanete, é alimentada pela necessidade do povo…de alimentação,de instrução, de educação de tudo que é ão…então o banquete é farto, prato é grande e a fome maior ainda…e fartam-se eles…

  • WG, ficaras tu conhecido como o homem que cuspiu no prato que comeu e que envergonhou a terra que o acolheu? Mas, acredito que ainda tem gente pior, infelizmente. Meu protesto contra a morte dos inocentes da maternidade! Que Deus tenha piedade do povo amapaense!

  • Será quem alguém ainda tem dúvida de que na política até Boi Voa??? E ainda ficam na briga, em defesa deste ou daquele e no final eles (estes ou aqueles) nem aí pra vocês que se matam por causa destes ou daqueles… hehehe

    • Pois é. Na política boa voa, jabuti sobre em açaizeiro, curupira anda de skate na avenida Fab, mapinguari dança tecnobrega e os malucos por cargo se matam e fazem inimizades.

  • Eduardo Dantas EU CONHEÇO, EU SOU UMA DESSAS PESSOAS, COMIGO ENTRARAM MAIS 120, SÓ NO ANO DE 1997, SENDO QUE EM 1996 FORAM CHAMADOS MAIS 800 PROFESSORES, 200 PMS etc. Sem olvidar que àquela época o orçamento do Estado era 1/3 do de hoje e vivíamos um arrocho do FHC, inclusive tivemos PDV, lembra? Acho que não! Deves fazer parte dos 5 mil contratos. Outro conheço gente que fez os concursos do WG e até hoje não foram chamdos. Vamos estudar nossa política para podermos tecer comentários fundamentados e sérios.

  • Nesta foto aparece o saudoso Heraldo Araújo, pessoa com quem tive a oportunidade de trabalhar e acompanhar os seus últimos dias aqui na Terra!

  • Querida Alcinéa, com o devido respeito que sempre tive com seu blog (o qual visito diariamente)…
    Me responda uma coisa?
    Se você a um tempo atrás tivesse conhecido uma pessoa, convivido e acreditado nela, qual o problema em apoia-lá ?
    Temos que refletir sobre o “hoje” refletir sobre uma “harmonia” que existia até três meses atrás antes de se iniciar a campanha/2010… É fato que devemos rever o passado, mas você há de convir comigo, que se o Waldez afundou este Estado não é por culpa do Capi…
    O que você acha então de colocar uma foto do Bala Rocha sendo preso na operação sanguessuga? (candidato a federal) já que estás tão interessada em “refrescar memórias” que a meu ver, tem o interesse não de “formar” mas, sim de “tendenciar” opiniões.

    • 1- Obrigada pela visita diária.
      2- Nenhum problema
      3 – Alguém disse que foi por culpa do Capi? Não vi nenhum comentário nesse sentido.
      4 – O Bala Rocha não foi preso na Operação Sanguessuga. Portanto essa foto não existe.
      5 – Hummm, quer dizer que fotos antigas “tendenciam”opiniões? Nunca tinha pensado nisso. Será que devo deletar meu arquivo de fotos? Você é do tipo que ficaria feliz queimando arquivos, livros de histórias, apagando a memória?
      Bom domingo pra você. Evite arquivos, memórias, livros de história, objetos antigos, passar perto da Fortaleza e da Igreja São José … isso pode lhe causar mal estar.
      Beijos.

      • São meras fotos.Passado.Hoje o Capi e a Janete têm realizações admiráveis e o povo só tem a agradecer. Ao contrário dos demais políticos aí na foto que se perderam no decorrer do tempo e (…)

  • credo!vejam só,estiveram juntos no passado para se promoverem,e agora no presente se dizem inimigos!mas acho que WG foi aluno de CAPI.Hummm,tem que ser Lucas mesmo!

  • Sobre essa foto histórica, que retratou um momento no qual, os hoje adversários, eram aliados e eram liderados pelo Capi, já deu atá para alguns, num momento,ao meu ver infeliz, tecer comentários sobre pessoas, donas de blogs, respeitadas e com credidilidade inquestionável. Sou eleitor do Camilo, Capi e Randolfe, tinha outra candidata a federal,de outro partido, mas com a sacanagem de quererem cassar novamente a Janete, resolvi que vou votar nela( eu e minha família), e tenho direito de falar aqui que esses “companheiros” tem que focar em mostrar propostas dos nossos canditados, em vez de acusar a ou b. Essa foto, na minha opnião, não insinua que eles são aliados e sim que FORAM. Logo é uma inverdade que estão colocando, e quero aqui, como simpatizante do PSB, deixar claro que esse pensamento, não é de todos os eleitores do PSB, e que esse blog e o da Alcilene, tem muita credibilidade perante a população. Logo certos comentários que vi no twiter, é um tiro no pé, e passa a impressão que o desesperado é quem postou o comentário no twiter….

  • 24/09/2010 19h58 – Atualizado em 24/09/2010 20h29
    Presidente do TCE do AP mantinha relação sexual com menor, diz PF
    Polícia gravou telefonema entre Miranda Coelho e menina de 14 anos.
    Segundo inquérito, ele fazia pagamentos mensais à mãe da menina.

    Nathalia Passarinho Do G1, em Brasília
    imprimir
    Inquerito 681 / AP-STJInquerito 681 / AP-STJ (Foto: Reprodução/G1)

    O inquérito 681, que investiga um suposto esquema de corrupção no governo do Amapá, revela que o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AP), José Júlio de Miranda Coelho, 63 anos, teria mantido relações sexuais com menores. Segundo relatório da Polícia Federal enviado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), Coelho mantinha financeiramente uma mulher e duas filhas dela em troca de favores sexuais.

    Coelho é apontado pela Polícia Federal como um dos pivôs do escândalo no Amapá. De acordo com o relatório da PF, por meio do TCE, respaldava contratos fraudulentos do governo estadual. Na casa de praia do presidente do TCE, na Paraíba, a PF apreendeu cinco carros de luxo, entre os quais uma Ferrari e uma Maserati. Também foi localizado um jato pertencente a ele, “escondido” em um aeroporto de Minas Gerais.

    Além disso, o documento afirma que Coelho é dono de várias empresas por meio de “testas de ferro” e que tinha movimentação bancária incompatível com a remuneração como presidente do TCE. Segundo o inquérito, ele fez saques bancários da conta do tribunal num valor total de mais de R$ 7 milhões, sem especificar a finalidade.

    O G1 telefonou às 18h58 para o celular do advogado de Coelho, Eduardo Vilhena Toledo, e deixou recado na secretária eletrônica. O escritório de advocacia onde ele trabalha informou que o advogado estava em uma reunião e não podia ser interrompido. O escritório informou ainda que a defesa do presidente do TCE ainda não obteve cópia do inquérito, que se encontrava em segredo de justiça até esta quinta.O G1 voltou a ligar outras quatro vezes para o celular do advogado, entre 19h05 e 19h32, mas não obteve resposta.

    Nesta quinta (23), o ministro João Otávio de Noronha, do STJ, determinou o fim do segredo de justiça de parte do inquérito, que reúne cerca de 800 páginas. Conversas telefônicas gravadas em 26 de maio deste ano pela Polícia Federal com autorização judicial e transcritas no inquérito mostram a negociação do presidente do TCE com a mãe das menores. A mulher reclama por telefone o pagamento de R$ 500, que teria faltado no último depósito mensal feito por Coelho.

    Mulher – Olhe, deixe eu te falar uma coisa: aquele dinheiro de banco que você depositava para mim e para C., né? Aí, sobrava R$ 2.500 para mim e R$ 1.500 pra C. Aí, o senhor pegou e deu R$ 2.000 pra C. e tirou os meus R$ 500. Sabe que eu pago empregado, pago energia.
    Coelho – Todo mês agora eu vou depositar R$ 2.500, não se preocupe, tá? Na segunda-feira eu boto os R$ 500 que tá faltando.
    saiba mais

    * STJ remove sigilo de parte do inquérito do Amapá; leia trechos
    * Polícia Federal apreende R$ 1 milhão e cinco carros de luxo no Amapá

    A pessoa identificada como C. a que a mulher se refere é a filha dela de 17 anos, segundo o documento da PF. Até esse ponto do texto do inquérito, era possível interpretar que Coelho mantinha relações com a mãe das meninas. No entanto, o restante do diálogo, segundo demonstra a PF, deixa claro que o interesse dele é nas menores. De acordo com o relato, depois de assegurar o pagamento de R$ 500, o presidente do TCE pede à mulher para falar com a outra filha dela, J., que, segundo a PF, tem 14 anos.

    Coelho – Agora, passe pro amor da minha vida, pra minha vida.
    Menina de 14 anos – Oi.
    Coelho – Oi, linda, tudo bem?
    Menina de 14 anos – Tudo.
    Coelho – Sonhei com você essa noite.
    Menina de 14 anos – Foi?
    Coelho – Foi. Um sonho lindo, fazendo amor contigo. Melhor ainda, porque naquele dia foi show. Naquele dia…
    Menina de 14 anos – Legal, né?

    No mesmo diálogo, descreve o texto, o presidente do TCE dá a entender que tirou a virgindade da menor. Ele encerra a conversa assegurando à menina que cumprirá o pedido da mãe dela de depositar mais dinheiro.

    Coelho – Na última vez, foi quando você realmente virou mulher, sabia? Foi uma loucura, uma loucura. E, atendendo a seu pedido, vou botar R$ 1.000 na conta da sua mãe. Tá certo? Tá beleza?
    Menina de 14 anos – Boa noite.
    Coelho – Te amo, te amo, te amo. Quarta-feira te ligo para a gente sair, tá?
    Menina de 14 anos – Tá.
    Coelho – Te amo. Tchau, tchau.

    De acordo com o inquérito, em 30 de maio deste ano, Julio Miranda Coelho passou para um funcionário dele os dados bancários da mulher e pediu que fosse efetuado um depósito de R$ 1 mil. Com os dados bancários revelados na conversa telefônica, a PF confirmou a identidade da mulher e das filhas dela. No inquérito, constam cópias de comprovantes de depósitos bancários na conta da mãe das garotas.

    “Os fatos narrados mostram que o presidente do TCE/AP, Júlio Miranda, que tem 63 anos, mantém relacionamento amoroso com a menina J., de apenas 14 anos de idade, contando para isso com a aquiescência da mãe da garota […] que, conforme ficou claro nos diálogos, tem contrapartida financeira”, diz um trecho do relatório da PF.

    O presidente do TCE foi uma das 18 pessoas presas pela Polícia Federal em 10 de setembro na Operação Mãos Limpas, que investiga a formação de uma suposta quadrilha formada por membros do governo para desviar recursos estaduais e da União. Eles é um dos dois que continuam presos na PF de Brasília, por determinação do presidente do inquérito no STJ, ministro João Otávio de Noronha. O outro é o secretário de Segurança do estado, Aldo Alves Ferreira. Também foram presos o governador do Amapá, Pedro Paulo Dias e o ex-governador do estado Waldez Goés, soltos no último sábado (18) junto com outros 14 presos.

  • Ano de 1994, coligação de Esquerda com PT, PSB, PDT, PRONA.Teve o Capi candidato ao Governo do estado, vice:Idelgardo Alencar, 2 Candidatos ao Senado Sebastião “Bala” Rocha e Wagner Gomes, Janete e Waldez Candidatos a Deputado Estadual, sendo que o Waldez estava concorrendo a reeleição e Bala era deputado Estadual e estava tentando o Senado. Papaléo Paes, era Prefeito de Macapá, eleito em 92. Néa, Corrige se eu estiver errado. Um forte abraço!

  • não se vocês não soltarem esse saco mucho ele vai rasgar, vcs sonham ainda voltar ao poder mas ta dificil vcs estão atacando os politicos errados, afinal quem tá na frente hen……alcinéia capiberibe

  • “TODOS OS POLÍTICOS SÃO AMIGOS…ATÉ NÃO DISPUTAREM O MESMO CARGO!!!

    DEU A IMPRESSÃO QUE ERA O CAMILO.

    É A XEROX…

  • Não quero ser o advogado do diabo e posso até estar sendo ingênuo, mas o PDSA nos protegeu de empresários em pele de políticos populistas. Quando o plano de desenvolvimento sustentável findou, o único desenvolvimento visível foi o das empresas de tais políticos (ou famílias).

    Quando essa foto foi batida, eu ainda estava no berço. Mas é bom conhecer o passado pra não errar no presente, já que agora minha opinião pode fazer alguma diferença.

    • descordo Klinger!!!
      Ja pensou que se não fosse pelo “P.D.S.A” o estado estaria mais desenvolvido com empresas de caracter multinacional e até transnacional, desenvolvendod o setor de serviços e deixando a economia amapaense cada vez menos dependente do setor público. Se hj alguma familias de empresarios tem um pequeno império é graças as barreiras comerciais do P.D.S.A!
      PDSA igual estagnação!!!!!!!!!!!

      • Se o PDSA não tivesse sido abortado, o Amapá poderia estar recebendo investimentos internacionais decorrentes da “onda verde” que se espalha pelo mundo. Ao contrário, estamos vendo o Estado ser dividido entre alguns políticos, que grilam terras públicas para garantir investimentos que destroem o meio ambiente e cujos resultados ninguém consegue ver. Antes de se criticar, é bom adquirir, pelo menos, um mínimo de conhecimento sobre o assunto, deixando de lado os partyidarismos.

        • uahuahuah
          parece que quem não conhece o assunto é você, me diz como iriamos chegar a essa evolução, apenas com ” a onda verde” deixa de ser sonhador e seja realista.
          o pdsa nao é o melhor pro amapá, é sim um programa muito lindo de ser pensado, mas pra chegar a uma evolução não se pode pensar apenas em desenvolvimento sustentavel, o estado tem que ter empresas, expandir o setor de serviços, almentar a produtividade do setor primario.
          repense seus conceitos pois o partidário aqui é você não eu!!!!
          uauahua

  • O povo precisa ter consciência política para entender que quando o vento bate e dependendo de que lado está a vela do barco ele pode trazer para o porto ou levar de uma vez só para além mar e serem náufragos. É isto gente, que ocorre com a política.
    Agora, temos que saber que será o próximo comandante deste barco e seus marujos, pois os passageiros será o povo mais uma vez a busca de um porto seguro e na esperança de que sejam levados para uma cidade com uma estrutura capaz de suprir suas necessidades.
    Quanto a situação é, simplesmente, uma evolução pois hoje é assim e amanhã a inversão dos papéis. Porém amapaense que sou fico só no aguardo de que os ventos que trazem o barco seja pilotado por amapaense e afinal já chega de termos pessoas querendo expor outro estado dentro de outro. Pense….

    • Olha Palpiteiro, acredito que não sabe nem o significado do que é PDSA. Imagine você que hoje em dia é o que mais se fala pelo Brasil afora, e não foi o Capi que inventou. Vai pesquisar e depois pode comentar. E lhe digo mais o Capi não aceitava corruptos do lado dele é por isso que os diabinhos não querem ele no poder de novo.

      • Não aceitava corruptos do seu lado? Então o que vc me diz do Antenor Ferrari que deu um rombo na Secretaria da Saúde? Se esqueceu? Quanta ingenuidade…

  • Gente vamos parar de ser alienados, parar de ficar dizendo que capi eh santo, ele só não esta envolvido na operação mãos limpas pq ta fora do poder! Vejo gente dizendo que essa união foi em prol da população para neh gente? Nunca foi assim e dificilmente será! Todos sabemos que se for de interresse políticos comum veremos eles juntos novamente! A PF desmascarou alguns políticos que não merecem receber votos, vota neles quem quer afinal eh democracia neh? Mais depois não digam que não foram avisados! E já diria bezerra da silva “se gritar pega ladrão, não fica 1 meu irmão…”

      • asuaushuhsahuas.. Meu Deus. Vocês do PSB são incríveis. Alcinea, me diga, vc conhece alguém que passou em concurso público realizado pelo CAPI? Eu conheço, mas eles só foram chamados pelo Waldez. Vc sab o q aconteceu com os 992? Eu sei, eles foram reintegrados pelo Waldez. Vc sabe qual a taxa de Analfabetismo no AP? Eu sei, 4%, só empata com Brasília, sendo a média nacional 9%. Divulgue isso! Vc já foi ao Calçoene? Eu já, uma vez antes da estrada, e outra com a Estrada Pronta. É uma ótima viagem. E no fundo, no fundo, todos são amigo. Dias atrás Camilo Capiberibe foi visto saindo do Escritório de Alberto Góes, e no intervalo do Debate no CEAP, Camilo e Lucas conversavam ao pé do ouvido.

        • Você precisa se informar meu caro Eduardo, pra poder fazer seus comentários e defesa de quem você achar que merece. Eu sou professor concursado do Estado, no concurso de 1996, feito pelo governo Capiberibe. Aliás, um concurso sério e que não precisava você colocar o seu nome na listinha de deputados.

  • Conta uma novidade. A política é cíclica, quem sabe se a história não se repete nos próximos dois pleitos… tudo pode se esperar… o que podemos garantir é que ninguém é santo!!!!!!

  • Essa foto faz parte do passado e por lá ela ficou, pior foi eleger um Senador da República por 24 anos pára representar o estado do Maranhão.

  • Faz parte de nossas historia política, não podemos desprezar totalmente. Na época era necessário em beneficio da população Amapaense.

  • João Capiberibe na época era o Governador do Amapá, e,nesta foto ele estava apoiando o Sr. Waldez Góes para prefeito do municipio de Macapá, nada relevante, isso faz mais de 15 anos.

  • ESSE TEMPO NÃO VOLTA. ERA A ÉPOCA EM QUE OS POLÍCOS ERAM UNIDOS EM PROL DA POPULAÇÃO. HOJE A MAIORIA PENSA EM BENEFÍCIO PROPRIO.

  • Algumas pessoas que aparecem nesta foto ao lado de Janete e de Capi debandaram, passaram a ser inimigos, e não adversários, por terem seus interesses pessoais, suas intenções,seus projetos que agora mostram-se claríssimos através da Operação Mãos Limpas da PF, porque não encontraram eco ao lado de Capi para realizá-los! Capi nunca compactuou com o tipo de prática que motivou a última operação da PF em Macapá. Capi 401 para o Senado!

  • é assim ….na política as mãos dadas se dão de acordo com os interesses pessoais, e não da população, como deveria ser.

  • é assim….na política nada vai mudar…apenas os que sentarem na cadeira do PODER, como eles falam. Politica é muito mais que estar ou não apoiando aquele ou aquele….

    • Foi em 1996, na campanha para prefeito de Macapá, o Capi não tinha candidato próprio, porém demorou um pouco para manifestar apoio ao Waldez, e quando o fez já era tarde o Barcellos levou fácil a eleição. Logo depois em 1998 o Waldez tentou o governo ai levou peia do Capi, e depois foi inevitável ele se elegeu em 2002, onde disputou com a fraquissíma Dalva, além de contar indiretamente com o apoio do Capi, que ficou chatedo porque queria que ela ajudasse o Cláudio Pinho a se eleger.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *