O aniversário da cidade

Macapá completa na próxima sexta-feira 253 anos de fundação. E, ao contrário dos que acham que nada temos para comemorar, acho que devemos sim festejar o aniversário dessa cidade banhada pelo rio Amazonas, cortada pela Linha do Equador e protegida por São José.
Temos sim que amar e declarar nosso amor a essa terra com alvorada festiva, cultos, marabaixo, gengibirra, música, poesia, bolo e tudo o mais.
Hão de dizer: festejar o que? A cidade está abandonada, esburacada, infestada de mosquito da dengue, o prefeito está preso, crianças estão na rua se drogando e se prostituindo, as frentes das casas estão cheias de mato, o trânsito é um caos, a saúde não funciona… enfim, são mazelas que não acabam mais.
E eu digo que acontece tudo isso porque falta amor.
Precisamos aprender a amar nossa cidade. Se houvesse amor, autoridades, empresários, funcionários públicos, políticos não estariam roubando os cofres públicos; se houvesse amor as autoridades tratariam com carinho essa bela cidade; se houvesse amor o povo não jogaria lixo nas ruas e no majestoso rio Amazonas, não entulhava as calçadas, não poluía o meio ambiente, não sujava a cidade.
Se houvesse amor Macapá voltaria a ser “a cidade jóia da Amazônia”.
Mas o desamor é tanto que nem sequer queremos dar parabéns para a aniversariante.
Gente, vamos aproveitar o 4 de fevereiro para uma reflexão e para despertar em nós os sentimentos de amor e gratidão pela cidade.

  • tenho certeza que o seu pensamento expressa o sentimento da maioria dos macapenses e dos amapaenses, tanto os nacidos como os que , assim como eu, adotaram esta terra e a escolheram para viver…parabens…

  • Claro que temos que comemorar… Afinal, nossa cidade não tem culpa de ser mal administrada. Não estaremos comemorando o aniversário de nenhum desses politiqueiros abusados que temos por aki… E sim, de uma cidade linda que soube conquistar os que chegaram por aki e acabaram ficando, como eu… Amo esse estado… Feliz aniversário, Macapá.

  • Concordo totalmente com vc. O povo tem que querer que tudo isso melhore.Além, precisamos no nosso dia a dia fazer algo por esta cidade, pelas pessoas que vivem aqui. Se é dificil pensar em todas as pessoas que vivem em Macapá, faça algo pelos menos por aquelas que vc conhece e diz que ama.

  • Amiga, concordo plenamente com vc. se houver comprometimento e empenho será fácil resolver. Mas hospedamos pessoas aqui com ótimos salários que ainda se dão ao luxo de dizer que odeiam morar nesta cidade, que os recebe de braços abertos. Mas a luta continua. Fé no que virá, como diz o nosso Senador.

  • Vamos nos tornar uma sociedade participativa, a cidade é o quintal de todos.

    Ah, alguém já parou no semáforo da Elieser Levy com Naçõaes Unidas e reparou um vaso feito com 3 pneus e com a logomarca da prefeitura, acho a idéia fatástica. Vou registrar e mandar pra Néa publicar foto, eu queria ver aqueles vasos pela cidade, é um exemplo de aproveitamento. Além de que ajuda a combater um grande foco de dengue que são os pneus abandonados.

  • Obrigado Néa. A realidade é ruím, mas tem razão o amor fortalece.
    Eu ando envergonhado de Macapá, estamos “sucateados” de revolta.

    Só acho que tem manifestação melhor pra ser feita que um bolo, música… Todos merecem presente no aniversário, sinto falta de uma coisa simples em Macapá. Árvores nas vias públicas. Uma cidade descampada na Amazonia.
    Comemorem plantando uma árvore, deixando a cidade mais bonita é verde para nossos filhos e netos e com espírito de continuidade. O poder público deve incentivar uma política de plantio, as sementes de hoje serão a proteção de amanhã, nos escondemos dentro de nossos carros no ar condicionado e perdemos a sensibilidade. Vamos refrescar Macapá, integrar a natureza ao concreto.

  • Parabéns a vc Alcinéa… por vc ter a gentileza de postar algo de muita reflexão aos amapaenses, não sou daqui, mora a 29 anos longe de minha família.. mais não troco nunca no Brasil.. essa paz que tenho aqui.. mesmo com tds esses transtornos que a nossa cidade passa… Adoro Macapá.. que pena que os que passaram no “PODER” esqueceram de ama-la também…

  • Oi pessoal, pra quem curte uma boa música e gosta da terrinha tucuju, segue o link com o movie maker “Canção pra Macapá”, de Miguel Jr, vencedora do Festival Alma Amapaense. Espero que gostem!

  • Alcinéia, você expressou o sentimento de muitos moradores da cidade de Macapá. Lamentavelmente, as pessoas que deveriam cuidar da cidade com carinho e do povo que dá oportunidade para que cheguem no primeiro escalão da administração pública,
    apenas cuidaram de questões pessoais. Mas não podemos perder as esperanças de que podemos ter uma cidade melhor com qualidade de vida.

  • Concordo com vc.
    A cidade tá precisando de carinho de parte de todos nós e compromisso por parte dos gestores dos poderes públicos.
    Bjs
    Mano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *