O que diz Bala Rocha

Nota à Imprensa

 Em resposta à matéria divulgada pelo jornal Folha de São Paulo, desta terça-feira, 15/11/11, página A4, o Deputado Federal Bala Rocha (PDT/AP), esclarece que:

– A afirmação de que o parlamentar “afirma ter se valido da proximidade partidária com o ministro” não procede, pois em entrevista à reportagem, na última sexta-feira, 11/11/11 o parlamentar disse exatamente o contrário, que não teve nenhum contato com o ministro sobre este assunto. Na ocasião, o congressista disse que o acompanhamento de solicitações desta natureza ocorre única e exclusivamente pela assessoria parlamentar, como determina o ministro.

– O parlamentar não tem nenhum vínculo com os sindicatos citados na reportagem, até porque o deputado não é ligado à sindicatos patronais e sim à sindicatos de trabalhadores. Para conseguir o registro, os sindicatos citados devem ter cumprido todos os requisitos solicitados. Considerando que a organização sindical é livre e o MTE abre prazos para recursos, contestações e denúncias.

– A interveniência feita pelo deputado se resume a solicitar programas federais, como bolsas de qualificação, que são executadas diretamente pelo Governo do Amapá ou por prefeituras, sem a interferência de organizações não governamentais.

– É imperioso ressaltar que o nome do deputado foi citado em razão de disputas paroquiais envolvendo a presidência da Federação das Indústrias do Amapá, na qual não tem nenhum interesse.
– O deputado não compactua com qualquer ilegalidade e defende a investigação sobre os sindicatos e caso confirmadas as irregularidades, que o MTE tome as providências cabíveis.
  • e como suplente do [ PRTB/AP ] entrei no [ TSE ] com o PROCESSO: PET N- 166210 – petiçáo UF: AP//////N- ÚNICO:166210.2011.600.0000/////PROTOCOLO:247672011 – 21/10/2011 16:32/////REQUERENTE:AMARILDO PORTO ARAUJO////REQUERIDO: VINICIUS DE AZEVEDO GURGEL /////REQUERIDO:PARTIDO DA REPÚBLICA ( PR ) NACIONAL///// ASSUNTO: AÇÁO DE PERDA DE CARGO ELETIVO POR DESFILIAÇÁO PARTIDARIA – DEP- FEDERAL ESPERO ASSIM PROVAR O QUE ESTOU POSTANDO AQUI. E P/ VCS TOMAREN CONHECIMENTO QUE ESTA DISCUSSAO ER PELO PODER DA [ FIEAP ] ASSEÇE O [ TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÁO ] O PROCESSO: 0010727 – 79.2011.4.01.3100///// ASSUNTO DA PETIÇÁO: FALSIFICAÇAO DE DOCUMENTO PARTICULAR ( ART:298 ) – CRIMES CONTRA A FÉ PÚBLICA – PENAL//// LOCALIZAÇÁO : MPF – MPF. ENTRE E VEJAM.

  • lembro a todos que a posse dos dep- federais de todo o BRASIL foi em 02/02/2011 e ja no més 05/2011, poucos dias após ter tomado posse ao cargo de dep- federal, pelo [ PRTB/AP ] que o Sr: vinicius gurgel assinou ficha de adesáo ao partido do prefeito de S.PAULO GILBERTO KASSAB, COMFORME IMFORMACOES DO CARTORIO DO 2- OFICIO DE BRASILIA ( DF ) entao ja apartir desta data o mesmo ja nao era dos quadros de filiados do [ PRTB/AP ] entao a nacional entrou no [ TSE ] COM O PROCESSO: PET N- 143957 – petiçáo UF: AP/////N- ÚNICO:143957.2011.600.0000////PROTOCOLO:198002011 – 29/08/2011 16:15////REQUERENTE: PARTIDO RENOVADOR TRABALHISTA BRASILEIRO ( PRTB )- NACIONAL//// REQUERIDO: VINICIUS DE AZEVEDO GURGEL////ASSUNTO; AÇÁO DE PERDA DE CARGO ELETIVO POR DESFILIAÇÁO PARTIDARIA – DEP- FEDERAL. CONFORME O PROCESSO O Sr: vinicius gurgel nao pode e nen poderia Citar o nome do PRTB/AP em nenhuma matéria jornalistica, pois o mesmo nao pertence mais os quadros de filiados DO NOSSO PARTIDO, E O PRTB/AP – NACIONAL, NAO TEM NADA CONTRA NINQUEN QUE FOI CITADO NA MATÉRIA JORNALISTICA EXIBIDA EM NIVEL NACIONAL E LOCAL EM QUE O EX: DEP- FEDERAL DO PRTB, VINICIUS GURGEL, FAZ ÁS CITAÇOES Á ALGUMAS AUTORIDADES, COMO: MINISTRO DO TRABALHO, [ CARLOS LUPI ] E O DEP- FEDERAL [ BALA ROCHA ].

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *