Poeta José Édson em Macapá

Nome conhecido no cenário cultural brasiliense, o escritor e poeta José Édson dos Santos (foto) está  em Macapá, revendo amigos e familiares.

José Edson é amapaense, radicado em Brasília há mais de 30 anos.

Seus primeiros poemas foram publicados em Macapá, no livro “Xarda Misturada”, com Ray Cunha e José Montoril em 1972.

Em Brasília, Édson já lançou vários livros, entre os quais “Latitude Zero”, “Bolero em Noite de Cinza” e “Ampulheta de Aedo”. Faz parte de importantes antologias e coletâneas de poesias e contos e leciona Artes Cênicas no CEAN.
Na quinta-feira recebi a visita dele (somos amigos desde a adolescência). Recebi seu carinho, seu abraço, presenteou-me com um livro e depois saímos, com outros amigos, para jantar um camarão no bafo. O poeta retorna nesta segunda-feira para Brasília.

Nuanças
José Edson dos Santos

Se acaso você chora
arco-iris
a cotovia arrefece

Lágrimatiz na natureza
anunciando primavera

Teu corpo deságua
cachoeira
a flor do abismo amanhece

Chove amor do céu inquieto
em teu paraíso arquiteto a barca
e amante espero dilúvio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *