Operação Voucher – Presidente da Conectur pode voltar pro Iapen hoje

Wladimir Furtado, presidente da Conectur – empresa envolvida no desvio de recursos do Ministério do Turismo – pode voltar hoje à tarde para uma das celas da penitenciária do Amapá.
O  cheque de R$ 109 mil depositado mais uma vez em juízo sexta-feira para pagamento da sua fiança deve de novo receber o carimbo de “sem fundos”.
Apesar da “vaquinha” que fez entre amigos, fiéis da sua igreja e familiares, Wladimir não conseguiu dinheiro suficiente para cobrir o cheque.
De Brasília, seu advogado Maurício Pereira informou ao blog que está entrando com pedido de habeas-corpus  no STJ e  também pedindo a redução do valor da fiança.
Se o STJ negar, como o fez o TRF-1, Wladimir Furtado volta para a cadeia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *