Ratos e baratas no supermercado Yamada

Técnicos da Vigilância Sanitária estão dando batida agora no supermercado Yamada e tropeçam em ratos e baratas.
Muitos produtos com prazo de validade vencidos e com embalagens violadas estão sendo apreendidos.
A panificadora acaba de ser interditada.

  • estou chocada, pois comprei comida lá esses dias,ninguém merece, tinha gosto de bicho frito mesmo.

  • Espero que nós consumidores usemos o poder que temos em nossas mãos e ensinemos aos empresários que queremos qualidadde, que EXIGIMOS respeito.Para baixar preços é só não comprar, pra melhorar é só reclamar em uníssono, todos devem incansavelmente reivindicar direitos e conhece-los.
    Código de Defesa do Consumidor :LEITURA OBRIGATÓRIA!!!!

  • QDO A FISCALIZAÇÃO VAI CHEGAR NO SUPERMERCADO FORTALEZA? PRINCIPALMENTE FORTALEZA DO SHOPPING?? JÁ VI BARATA PASSEANDO EM CIMA DE DOCES, EU NÃO, TODOS QUE ESTAVAM NAQUELE ESTABECIMENTO. AVISAMOS A ATENDENTENTE, E SABE O QUE ELA DISSE? VOU FALAR COM O SUPERVISOR, DEPOIS DE UMA RISADINHA….. É MINHA GENTE, SE FICAR O BICHO COME, SE CORRER O BICHO PEGA.

  • Nos supermercados, quando o presunto e/ou queijo estão vencidos, a solução e fatiá-los e vendê-los em bandejas de isopor. Esse fato foi denunciado na Procuradoria da República por ex empregados. Eles nada puderam fazer. Isso cabe a Promotoria do Consumidor e ao Procon. Esse último até tem agido. A primeira, deixa prá lá. E o resto? e os restaurantes da orla?; e as panificadoras cujos sacos de trigo são visitados por catitas?; e as farmácias que aplicam injeções no balcão? (atrás da prefeitura tem uma assim); e os quartos mofados dos hotéis cujos banheiros têm louças quebradas?; e os motéis,onde chuveiro elétrico não existe, registros que não abrem, porta que não tranca, fechadura sem chaves, cheios de baratas, traças, piolho, pelos, pulgas e chatos?; que nojo…! e os assados cheios de poeira, vendidos em quaisquer cantos desta Capital?; e as frituras feitas em gordura velha, repleta de toxicinas, que o amapaense tanto gosta de saboreá-las, desde que a mesa esteja na calçada, para todos verem o quanto ele(a) come?; e as “vitaminosas” (meu Deus) feitas em carrinhos, no centro da cidade, sem o mínimo de higiene? que horror…! Como vender o turismo do Amapá se “todos”, repito, “todos” os serviços oferecidos são de péssima qualidade. Assim, a vigilância ainda está só no início de uma atuação que tanto almejávamos há décadas. Mas pelo menos, deu o primeiro passo. Aguardemos pois, os subsequentes.

  • Esse é papel da Vigilãncia sanitária, que continue indefinidamente fiscalizando supermercados, comércios, feiras,etc., pela cidade toda e em todo o Estado.

  • Antes de mais nada queria dizer que esse tal de Roque é um imundo.A não ser que seja biólogo ou biomédico,queria saber se só de olhar ele sabe se um tapurú x é benéfico à saúde??!!É para imundice tem desculpa p tudo.
    Agora digo que todos os macapaenses devem para de comprar nos supermercados visitados pela vigilância sanitária.Todos.é melhor comprar nas Box da esquina,lá também aceitam visa,martercard,até cartão esplanada.E verduras,frutas e legumes sem tapurus,é melhor ir nas baiucas das esquinas.
    ah,já ia esquecendo:praga também resiste a agrotóxicos,e essas são piores!!

  • Só não vale a vigilância sanitária ir “agora” no Santa Lúcia e Fortaleza, pois esses já fizeram o descarte dos produtos inadequados para o consumo. Precisa agora dar um tempo para fazer nova fiscalização surpresa.

  • Que MARAVILHA, em tempo, parabens pra Vigilancia Sanitaria e tambem p vc Alcinea para divulgar essa materia, detalhe, é importante verificar os outro….

  • ratos e bartas e alimentos vncidos estão na escola estaduais do ap tem dia que o leite esta fedendo so barata eu ja ouvi de uma merendeira que tinha ate acucar roido de rato

  • Amém! Vigilância ativa, evitando de pagarmos por produtos inadequados pro consumo. Cumprimento da legislação, dever do município sendo cumprido. Parabéns pelas ações, e que sejam permanentes.

  • É uma vergonha os supermercados de nossa cidade, uma falta de higiene….. a vigilância tem mais que fechar mesmo, o risco que a população corre, tem que fazer essa fiscalização em todos os supermercados da cidades, não dá para confiar.

  • O que dá deixar de pagar o “jabá”. É a primeira vez que leio notícias sobre devassas em supermercados aqui em Macapá e de tamanha gravidade. Estas inspeções deveriam ser feitas de 6 em 6 meses, ou melhor, de 3 em 3 meses. Tem açougue pela ai que dá até medo de vc entrar nele.

    • Se pagavem jabá não sei, mas que a VISA/PMM tá fazendo o correto está, e isso que me importa, não podemos reclamar da efetividade. Que detonem ns fiscalizações e interditem belo bem do povo.

  • Note-se que em Belém-Pa., os supermercados YAMADA não são tão avacalhados assim. Diga-se de passagem.

  • Não bastasse a falta de higiene dos restaurantes da cidade agora sabemos que esses restaurantes compram produtos vencidos ou contaminados nesses supermercados…

  • Pessoal, qual o problema? A questão é meramente cultural. Isso pros asiáticos é comida… Ratinhos, baratas, vermes tudo no espetinho…hummmm que delícia!

    • Credo!!! Pra eles é cultura, pra mim é nojeira!!! Isso não quer dizer que precisamos seguir a mesma cartilha deles! Esse é um grande problema: achar que todo mundo tem que ser igual! Não ralo o dia inteiro para receber no final do mês e chegar no supermercado e tá tudo sujo e com data de validade vencida! Já parei de comprar em dois supermercados por conta disso! É ILEGAL!!! Não é cultural, senhor!!!

  • A vigilância deveria também agir em relação aos açougues e padarias espalhadas pelos bairros da cidade… é um verdadeiro atentado a saúde pública.

  • Gente! tem q veh q os ratos, baratas e outros, querem fazer compras tbm como clientes ou são funcionarios dos supermercados!! kekekek

  • Já dizia meu avô: “cozinha de restaurante e prostituta de 20, se neguinho conhecer por dentro não vai lá de jeito nenhum”. Brincadeiras a parte é válida tal fiscalização e deveria se estender aos restaurantes e lanchonetes da cidade, sobretudo os localizados no canal da Mendonça Junior, ali se não estão comendo merda estão cheirando, e não conheço local mais inssalubre para se fazer uma alimentação do que às margens de um rio de bosta!

      • Menina deixa de ser besta tbm!!! aki no amapá, os nossos reporteres são muito eficiente, conseguem reportagem de tudo! vc num acha que se tivesse esse tal video ja num tava no ar!!! hein
        Esse tal Helio(reporte) que viu o suposto video é um fanfarão! quer chamar atençaõ! como que um video no celular dele vai desaparer sozinho?? fala seio

  • Não há como evitar isso. Se eles residem na rede de esgotos, lógico que darão um jeito de respirar ar puro de vez em quando, afinal, também são filhos de Deus.
    A respeito dos restaurantes, um dia desses resolvi comer lasanha num shopping da capital federal. Havia comido a metade da porção e, por curiosidade, resolvi levantar a camada de massa para ver o recheio. E estava a metade de uma barata. Ou seja, comi a outra metade.
    Noutro, tinha um tapuruzinho andando na folha de almace. Analisei: se tem tapuru, a folha está saudável, porque se houvesse agrotóxico, ele não estaria ali. Tirei o bichinho para completar seu ciclo e comi a folha.
    O certo é buscar um convívio pacífico com esses seres indesejados, já que, querendo ou não, eles fazem parte do nosso dia-a-dia.

  • Esse supermercado já deveria ter sido fechado definitivamente.Não é a primeira vez que isso acontece.

  • É BOM PASSAREM TBEM NO NA COZINHA DO SUPERMERCADO DO NO SHOPPING, COMIDA PASSADA DA VALIDADE BRINCA DE PIRA…

  • Perdoem o tracadilho barato mas, literalmente, o bicho estava solto no supermercado citado. A esta hora tem empresário botando metade dos empregados pra arrumar a casa. Eita…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *