Retrato da cidade

A chuva que caiu ontem em Macapá alagou vários pontos da cidade. Na avenida Raimundo Álvares da Costa, entre Hildemar Maia e Professor Tostes, moradores usaram até canoa para sair de casa

  • O Amapá não é o único agraciado com este tipo de situação. Aqui em Brasília as chuvas também causam verdadeiro estrago em pleno Plano Piloto. A causa é velha conhecida: impermeabilização do solo e entupimento de bueiros, que impedem a vazão das águas pluviais.

  • Concordo com Motta é resposta da natureza, a quantidade de aterro que entrou em terrenos das ruas: Carlos Gomes,Raimundo Alvares, Procópio Rola e FAB ( entre as Avenidas Hildemar Maia e Prof. Tostes, nos últimos 5 meses), agravou mais a situação, essas ações estão mais presentes, ao lado da Panificadora Dielles, na Raimundo Alvares, na esquina da Carlos Gomes com Prof. Tostes, que teve o canal aterrado de forma mais absurda e na Procópio Rola, em um terreno que fica atrás da Auto Escola Oliveira e o do lado que dava acesso a um canal que atravessava a FAB, essas ações ocorrem sempre na sexta-feira a partir das 16:30h,onde chegam carradas e carradas de aterro e logo a seguir um trator, já morei na Raimundo Alvares e denunciei várias vezes esse tipo de ação e nunca tinha quem resolvesse a situação no MOMENTO DO ACONTECIDO, chamamos a imprensa algumas vezes e nada foi resolvido, porém a falta de limpeza dos canais deste o canal do Jandia e outros que atravessam a cidade agrava muito mais, está na hora de verificar essas ocorrências, caso contrário o centro da cidade vai no fundo, a RAIMUNDO ALVARES fica cheia com pouca chuva e não é só isso, o mais curioso é que após esse espaço secar a quantidade de placas de carros que fica na rua e enorme.

  • Esse alagamento que acontece sempre nesse trecho da Raimunda Álvares da Costa é a resposta da natureza. Ali, era área de ressaca que foi aterrada sem nenhum critério.

  • que contraste interessante: de um lado uma tecnologia de ponta – automóvel – e de outro lado uma rude e humilde – canoa, se encontram em um cenário de descaso e falta de respeito com o ser humano macapaense… Será que aqui no Amapá alguns dias na cadeia são sinonimo de justiça??? E o dinheiro desviado, não será devolvido??? Ações para o descaso com população. “Assim não dá, assim não pode”…

  • Coisa bonita de ver é o projeto em combate ao desemprego. Cadastro já tá sendo feito? Transporte… Teremos JetStaxi e taxicanoas.
    Turismo… Podemos colocar os pedalinhos da Pça. Floriano Peixoto nas ruas hehehe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *