Sabe que escola é esta?

escolaFoi nesta escola que fiz meu curso primário  e dela guardo boas lembranças, que conto aqui.
Aproveita e fala aí na caixinha de comentários sobre a escola onde você aprendeu o ABC e se quiser pode contar também as traquinagens que aprontou por lá.

    • Provavelmente vc foi meu professor, estudei no ginásio entre 71 e 74 e lembro perfeitamente de vc, era o professor mais novo e tímido que tínhamos. Eu adorava o colégio, bons tempos!

  • Trabalhei lá. Fui professor de História, de 1972 a 1975. Em 1976 passei no vestibular da UFPA (em economia) e vim pra Belém, onde estou até hoje. Gosto muito dessas fotos antigas de Macapá.
    Não aprontei nenhuma traquinagem, mas aprontaram para mim. Num dos intervalos, entre um cafezinho e outro, além de um mingau que a Irmã Maria José sempre levava para nós, o professor Tiago foi embora e levou minha pasta 007 (pensando que era a dele). Quando cheguei na sala e abrí a pasta, ao invés de livros de História me deparei com flauta, clarinete (desmontado) e outros apetrechos musicais). E anunciei solenemente para a turma: hoje nossa aula será de música. Risos. Pena que na época não existiam as videocassatadas da vida para registrar o mico. Na saída, passei na casa do professor Tiago fazer a troca e só então ele percebeu o engano.
    Lá conviví com colegas como o José Guilherme Guerra, de História; Bernardo, de Educação Moral e Cívica e OSPB (disciplinas da época do regime militar); Tiago, de música; Lindoval, de Geografia; Leite, de Matemática; e outros que não lembro agora.
    Bons tempos aqueles.

  • Na época,Ginásio Santa Bartoloméa Capitanio.
    Estudei todo o primário e ginasial .
    Quantas saudades!!!!
    Muito obrigada , por esta bela lembrança.

  • É a Baretolomea? égua, do tempo que ela era de madeira, mas já e onde é hoje? Porque as primeiras instalação dela foi em uma sala no Santina Rioli.
    Minha primeira escola foi uma lá na Fab chamada Castelinho do Saber, depois mudei pro Pequeno Príncipe > Princesa Izabel > Bartolomea > Guanabara > Bartelomea e o segundo grau no Meta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *