Sindicato cobra transparência no processo de federalização da CEA

Nota do STIUAP

A direção do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbana do Estado do Amapá (STIUAP) enviou no início desta semana 20.06.2012, ofício ao governador do Estado, Camilo Capiberibe, solicitando maior participação nas decisões que estão sendo tomadas para federalizar a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA).

O Sindicato enfatizou a importância do acesso às informações geradas no âmbito do poder público em todos os níveis que foram contemplados na Lei 12.527/11 que garante o acesso à informação de interesse público, independentemente de solicitações, ratificando os princípios da publicidade dos atos da gestão pública e do controle social promovido pelas Entidades e sociedade civil organizada,  aprovada recentemente pela presidenta Dilma Roussef.

Por se tratar de interesse público, o Sindicato lembra que a população amapaense vai arcar com as despesas decorrentes do empréstimo necessário para quitar as dividas e equilibrar o patrimônio líquido da empresa que se encontra negativo, sendo condição essencial para a entrada da Eletrobrás na gestão. Outra preocupação do Sindicato diz respeito à situação dos funcionários no quadro efetivo da CEA, que até o momento não foi levado em consideração pelo GEA nesta negociação e deveria constar no Protocolo de Intenções.

No ofício, o STIUAP solicita ao governador que encaminhe cópia do Protocolo de Intenções, contendo os termos da negociação da federalização da companhia, bem como projetos de lei encaminhados à Assembléia Legislativa do Estado, calendário com datas previstas, acordo de gestão com a Eletrobrás e demais documentos que constam no processo até a sua conclusão.

Por fim, no documento enviado, o sindicato solicitou agendamento de uma audiência com o governador Camilo Capiberibe para o período de 25 à 29 deste mês, tendo como pauta a “Federalização e as expectativas futuras para a categoria dos eletricitários e o governo”.

Macapá-AP, 22 de Junho de 2012
A Diretoria

  • TERÃO QUE VOTAR NO JUCICLEBER PARA VEREADOR. ETÂ LUGAR PARA FAZER CANDIDATO AO PODER. SÓ PT E PSB.

  • Eh a CEA continua sendo uma caixa preta. O interessante eh q o Presidente continua dizendo q estão usando de toda a trasnparência…..bem, eu tenho as minhas dúvidas!!!!

  • Duas variáveis básicas formam uma empresa, CAPITAL E TRABALHO, neste processo de federalização da CEA. só temos conhecimento da parte relativa ao capital, quanto ao trabalho não se sabe nada, pois o quadro de trabalhadores da companhia é composto por funcionários: Antigos, concursados, federais, estaduais e bandeirinhas. Historicamente, sabe-se que uma empresa que se encontra financeiramente como a Cea. quando troca de dono, a primeira ação e enxugar o quadro de pessoal, acreditamos que com a Cea não vai ser diferente, por isso o sindicato, como legitimo representante desses trabalhadores encontra-se no direito de saber e discutir o fato, selar acordo, para que quando se concretizar o processo de federalização, o trabalhador não tenha surpresas desagradáveis.

    • muito lucido seu comentario parabens….e a cea vai eleger o filho do zé ramalho e o jucuicleber….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *