Situação da saúde pública é alarmante

Em discurso ontem na tribuna do Senado,   Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) disse que a situação da saúde pública no Amapá é alarmante. Ele enfatizou o aumento no número de casos de dengue registrados no estado: somente na capital, Macapá, foram 501 casos na última semana. Randolfe falou também sobre os casos de febre tifóide.
Só nos dois primeiros meses do ano foram notificados em Macapá 45 casos. Um número assustador, superior à incidência anual em São Paulo.
No sábado e no domingo, por telefone, o senador conversou com os secretário estadual da Saúde, Evandro Gama, e com o prefeito de Santana, Antônio Nogueira. Com eles colheu dados e se colocou à disposição para fazer gestões junto ao Ministério da Saúde.
No sábado mesmo Randolfe conversou com um diretor do Ministério da Saúde e ontem protocolou no Ministério um documento onde pede uma série de providências para o Amapá, entre as quais melhorias das vigilâncias epidemiológicas do estado e dos municípios para melhor notificação de casos e utilização dos estudos epidemiológicos como ferramenta de controle; ações de saneamento ambiental para baixar os níveis de infestação do mosquito vetor.
Randolfe pediu ainda a estruturação das unidades básicas de saúdepara que prestem atendimento inclusive no período noturno; capacitação dos médicos, enfermeiros e técnicos de toda a rede de saúde; provimento da rede laboratorial com meios para diagnóstico e acompanhamento dos pacientes; medicamentos e insumos para toda a rede.

ENTREVISTA
Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) será o entrevistadode  hoje, terça-feira, do programa Tribuna Independente da Rede Vida para todo o Brasil. O Tribuna é um programa ao vivo, exibido em rede nacional (UHF nas capitais, em 500 cidades + cabos) e interativo. Os telespectadores enviam perguntas por telefone, fax, e-mail e twitter.
Randolfe será entrevistado pelos jornalistas Leandro Mazzini, do Informe JB, e Denise Rothenburg, do Correio Braziliense.
O programa tem quatro blocos e vai ao ar de 22h15 às 23h30.

  • Senador no programa SAÚDE EM FOCO um profissional da Secretaria de Saúde do Estado do Amapá elogiou os equipamentos do setor de nefrologia do hospital geral de Mácapa. dizendo ele que os mesmos são de PRIMEIRO MUNDO. aconteçe que os preços praticados pela empresa que faz o serviço de hemodialise é coisa do OUTRO MUNDO conforme funcionários do setor. fiscalizar a aplicaçao dos recursos é tão importante quanto a busca destes recursos. boa sorte Senador!

  • Desculpem, mas não se trata de civilização moderna e tampouco civilização das selvas e sim de um uma sociedade a qual sempre foi negligenciada de infraestrutura basica por ser considerada territorio de exploração mineral e atenuar as tensões socias de outros centros do país. Hoje este estado tem luz propria e as interferencias externas estão se aposentando. Eu creio que esta nova geração de politicos e gestores poderão mudar a cara do Amapá, onde malaria, febre tifoide, tuberculose e outras doenças provindas do descaso poderão ser coisa do passado.

  • Só existe uma única solução contra febre tifóide: a civilização e o saneamento básico que é trazido junto com ela…Essa terra selvagem precisa de esgoto e abastecimento de água tratada.

      • Civilização Moderna, acho que os 2 nem sabem o que significa. Não somos selvagens, mas, nem vou entrar no mérito da discussão pra não me alongar… Tô ocupado trabalhando, vivo em sociedade capitalista e civilizada! Querer falar de estrutura é diferente, a estruturação física é um gomo da Civilização em qualquer tempo.
        O homem é a base.

        • só por nascer (não é naiscer) na selva já é selvagem… por não conhecer outras localidades é mais ainda

  • Alcinéia, parabéns pelo blog,sou assiduo. o Amapá escolheu um defensor justo, senador Randolfe. parabens e continue sempre assim,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *